BOLA CHEIA - 21/01/2019

BOLA CHEIA
 
Mesmo não jogando uma boa partida, mas mostrando muita determinação, conseguiu o Santos vencer em sua estréia no Paulistão derrotando a Ferroviária pela contagem mínima. Um gol de Jean Motta aos 77 minutos determinou os três primeiros pontos do Peixe, mas que precisa, e muito, melhorar. Cinco Cartões Amarelos com 3 para o Santos e 2 para a Ferroviária, a bola rolou por 64,00 minutos em jogo de 32 faltas, sendo 14 do Peixe e 18 da Ferrinha.
De muito bom nivel a arbitragem de Vinicius Gonçalves Dias Araujo, e da mesma forma de seus auxiliares Anderson José Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizzo. Sem problemas de ordem técnica, boa movimentação e colocação, controlou bem a disciplina na partida.
 
 
E quem "arrebentou" no inicio do Paulistão foi o São Paulo que "dando cartas de mão" nada permitiu ao Mirassol no Pacaembu. Numa infelicidade tomou 0x1 num gol contra, não se apavorou e com muita condição na segunda etapa goleou seu adversário por 4x1. Mostrou variações ofensivas de muita qualidade, requerendo apenas algumas correções defensivas. Jogo de 4 Cartões Amarelos (2 a 2) e uma expulsão (que mudou o jogo) de Leandro Amaro do Mirassol aos 56 minutos. Aqui a bola rolou por 60,00 minutos com 28 faltas marcadas (14 a 14).
 
 
Quem também se deu bem na estréia foi o Bragantino que em jogo de muitas tradições do passado conseguiu, à duras penas, vencer ao Guarani pela contagem mínima. Partida tecnicamente ruim, muita correria, e em que um empate teria "caido bem", mas a vitoria do Braga foi absolutamente legítima. Quatro Cartões Amarelos aplicados sendo dois para cada equipe, 59,42 minutos de bola rolando, e uma grande diferença de comportamento nas faltas marcadas: 22 do Bragantino e somente 9 do Guarani.
Arbitrou Salim Fende Chaves, auxiliado por Neuza Ines Back e Evando Melo Lima, mostrando bastante evolução em relação ao inicio de carreira na Serie A1. Tecnicamente bem, interpreta a maioria dos lances de maneira correta, sempre atento às vantagens, melhorou demais a sua postura e uso dos sinais de apito e gestos. Porém necessita encontrar seu melhor caminho nas questões disciplinares pois nesta partida deixou de aplicar alguns absolutamente necessários e aplicou alguns até desnecessários. Não é determinante mas torna-se marcante o fato de uma equipe "bater" 22 vezes, a outra apenas 9 e sairem ambas com dois Cartões Amarelos cada uma.
 
 
Guarani, São Paulo, Corinthians, e Vasco da Gama chegaram às semifinais da Copinha e com méritos totais. As chances de se ter um Corinthians x São Paulo na grande final são grandes e em acontecendo agitarão o futebol paulista.
 
 
Parabéns ao Palmeiras que surpreendendo a todos conseguiu manter sob contrato o atacante Dudu. Dizemos surpreendendo pelo fato de que, em nosso país, ninguem resiste á dolares ou euros vendendo seus astros para "garantir" financeiramente sua temporada. Dudu assinou por cinco anos e seu contrato estará vigente até 2023.
 
 
O ONTEM NÃO VOLTA, MAS O MUNDO DÁ VOLTAS...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440