bola murcha - 04/02/2019

bola murcha
 
Abrindo o hexagonal final do Sulamericano Sub20 mais uma vez a Seleção Brasileira foi decepcionante. Empate contra a Colombia por 0x0, sem grandes oportunidades de gol e sofrendo varios sustos. Se as coisas não mudarem iremos ficar, mais uma vez,  fora do Mundial da categoria.
 
Novamente uma atuação abaixo do esperado teve o Corinthians contra o RB Brasil, perdendo por 2x0 dentro da Arena Itaquera. Já era tempo de, pelo menos, jogar um pouco mais de futebol neste inicio de competição mas o Timão até aqui vai de mal a pior. Time lento e de poucas opções, não finaliza, erra passes demais e fica sempre na dependencia de "uma bola" para fazer gol. Tem boas opções para organizar uma boa equipe mas até aqui seu Treinador nada conseguiu. 61 minutos de jogo efetivo, 23 faltas (9 a 14) e 3  Cartões Amarelos (1 e 2) foram os numeros do jogo.
Atuação de altos e baixos de Vinicius Furlan, sem interferir no resultado, mas sem a personalidade e postura necessárias para conduzir a partida, "curvando-se" várias vezes às "broncas" dos jogadores. Fagner em determinado momento lhe "deu Cartão Vermelho" com dedo em riste num erro em Arremesso Lateral. Trabalho normal de Herman Brumel Vani, e um erro na marcação de impedimento de Vitor Carmona Metestaine.
 
Alô FPF, avisem aos árbitros que um minuto tem 60 segundos, pois Novorizontino x São Paulo, Mirassol x Novorizontino e Palmeiras x Oeste tiveram "exatos" 61,75, 61,95 e 62,65, e 62,75 "minutos de jogo" lançados nas Sumulas. Marcio Henrique Goes, Lucas Caneto Belloti, Salim Fende Chaves e Ilbert Estevam da Silva produziram tais preciosidades...
 
E lá pelos lados do Morumbi a coisa anda feia pois a equipe não se acerta, é confusa, executa sempre os mesmos movimentos ofensivos, sem variações e pelos lados do gramado cruzando bolas para a defesa adversária rebater com facilidade. Nesta partida "divertiu-se" a zaga do Guarani rebatendo "trocentos" cruzamentos previsíveis. Ao final São Paulo 0x1 Guarani colocam novamente "fogo nos seus bastidores" e aqui saiu novamente vaiada por seus torcedores. Teve a infelicidade de levar um gol com menos de dois minutos de jogo, teve total dominio sobre o adversário que somente se defendia, teve gol corretamente anulado, "parou" em defesas do goleiro bugrino Klever, mas foi incompetente para mudar as coisas. 64 minutos de jogo efetivo, 37 faltas marcadas ( 15 a 22) e 4 Cartões Amarelos, todos para o Guarani.
Novamente bom trabalho de Douglas Marques das Flores, "jogando com o jogo" por sua presença corporal sempre que necessário, mostrando claramente mais uma vez que o jogo tinha comando, sem estardalhaços ou gestos desnecessários, e assim inibindo totalmente eventuais indisciplinas ou reclamações maiores. Dois lances de área onde se reclamaram penalidades máximas, mas que ficamos com suas decisões: foram duas bolas na mão e não mão na bola de defensores bugrinos dentro de sua area defensiva e portanto não existindo as penalidades máximas. Tomara que siga assim, é jovem, e a continuar terá futuro brilhante na arbitragem. Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo e Gustavo Rodrigues de Oliveira bem no jogo, com destaque para este quando da anulação de gol tricolor.
 
Sexta feira Brasil x Venezuela jogaram pelo Sulamericano Sub20 no Chile. Resultado? Mais uma vergonha dos meninos "enfeitados", de cabelos estilosos, brinquinhos, fones de ouvido, e um futebol rudículo. Venezuela 2x0 Brasil deixam a nossa seleção em ultimo lugar, aliás ela que nos ultimos três anos não conseguiu classificar para o Mundial. E pelo jeito, não será agora diferente. E o pior, perderam a cabeça, deram pontapés maldosos, Rodrygo expulso com uma "voadora" criminosa no adversário. Que estão fazendo com o futebol do Brasil? Esta equipe está ha 369 minutos sem fazer sequer um gol com bola rolando...
 
Quem poderia imaginar que o Santos depois da espetacular apresentação do meio da semana fosse a Itu, e com vinte minutos de jogo já levaria 3x0 no lombo, e ao final da primeira etapa 4x1 para o Ituano. A linha de zaga antes elogiada, desta vez falhava constantemente e não se entendia, o meio campo não conseguia jogar e o time do interior "nadava de braçada" perdendo ainda outros gols. Veio a segunda etapa e nada mudou, apesar do Ituano se tornar mais cauteloso na partida e levar um gol em impedimento. E ao final o 5x1 acabou mostrando claramente que o "bicho papão" foi o Ituano e não o time que todos elogiaram (inclusive nós) durante a semana. 63.30 minutos de jogo efetivo, 23 faltas ( 13 a 10) e 5 Cartões Amarelos ( 2 e 3).
Raphael Claus teve muito boa participação na partida, atento e com elevado controle sobre os atletas  e componentes de banco de reservas, e como nós gostamos, sem fazer alardes ou estardalhaços. Nada a observar em suas ações diretas quer seja tecnica, quer seja disciplinarmente, e com gol do Santos irregular (lance dificilimo) na ação do Assistente Danilo Ricardo Simon Manis. Luiz Alberto Andrini esteve bem nas suas ações.
 
E falando-se em VERGONHA, nada mais vergonhoso foi tudo que aconteceu no Senado Federal na eleição de seu novo Presidente. Um país que quer crescer, ser grande, ser forte, não pode ter tantos "bandidos" no seu comando. A tudo assistimos e jamais poderiamos imaginar tanta baixaria, tanta incompetência, tanta subserviência como vimos daqueles que, infelizmente, nos representam. Somente que não se esqueça que foi o povo que os colocou lá... Foi eleito Davi Alcolumbre (um jovem) e se Deus quiser "enterrando" Renan Calheiros.
 
 
CARATER:  POUCOS TEM, ALGUNS FINGEM TER, E MUITOS ESQUECERAM O QUE SIGNIFICA...
 

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440