REGULAMENTO DA COPA MAGENTTI MARELLI

 

 
 

3º COPA ADMINISTRATIVA DE FUTSAL 2013

 

 
   


Fim das Inscrições: 29 de Maio, quarta-feira.

  

Inicio do Campeonato: 14 de junho, sexta-feira.

 
  
 
 REGULAMENTO
 
 
ARTIGO 1 – OBJETIVO
 
 
 
 A ABR Magneti Marelli promove a 3º Copa Administrativa de  Futsal 2013 com objetivo de integrar e sociabilizar todos os colaboradores administrativos, proporcionando durante a competição momentos de descontração, visando uma melhor qualidade de vida para todos participantes.
 
ARTIGO 2 – COORDENADORIA DO EVENTO
 
 

Presidente da ABR Magneti Marelli Cofap

Odemir Valuto
Coordenador Geral
Paulo do Nascimento Diniz
Coordenadores do Campeonato
Rafael Maffei
Coordenadores Operacionais
Rafael Amorim
Maiara Santos
Gustavo Rufino
Maisa Castro
Luana Lazaro
 
 
ARTIGO 3 – REGRAS INTERNAS
 
 
Parágrafo 1º - Qualquer tipo de indisciplina realizada por qualquer jogador, técnico ou massagista será julgado pela coordenadoria do evento. Sendo a punição decidida pela coordenadoria de acordo com o ato ocorrido ou descrito pelo arbitro na súmula. Os atos individuais, podem prejudicar toda a equipe.
 
Parágrafo 2º - O jogador só poderá jogar com a identificação do crachá funcional, RG, carteira de habilitação ou carteira profissional.

Parágrafo 3º - Durante a partida, só poderão ficar no banco de reservas apenas os funcionários relacionados na ficha de inscrição. O técnico e/ou massagista poderão jogar apenas se tiverem inscritos também entre a lista de jogadores;
 
Parágrafo 4º - O jogador que chegar durante a partida, poderá normalmente participar do jogo, não importando em qual período estiver;
 
Parágrafo 5º - A equipe terá que ter no mínimo 3 atletas para iniciar a partida, caso contrário será decretado WO;
 
Parágrafo 6º - O uso de caneleiras é recomendado por motivo de segurança dos atletas, entretanto, será obrigatória. Caso o atleta não esteja de caneleira não poderá participar da partida.  O jogador que retirar a caneleira durante a partida receberá cartão amarelo, se repetir o ato receberá cartão vermelho;
 
Parágrafo 7º -Poderão entrar em quadra os atletas com tênis de futsal, não podendo jogar com chuteiras de futebol de campo ou society;
 
Parágrafo 8º - Cada equipe interna terá disponível no dia de seu jogo 1 jogo de uniformes contendo 10 camisas, 10 shorts e 10 meiões. O uniforme terá que ser retirado com um dos representantes. O funcionário que retirar o uniforme terá que assinar um termo de responsabilidade pelo uniforme;
 
Parágrafo 9º - Um jogador inscrito em tal equipe não poderá de maneira alguma entrar ou participar de outra equipe, lembrando que o jogador poderá apenas jogar em seu respectivo departamento. Para inclusão e exclusão de jogadores da equipe deverá que ser avisado anterior a partida, caso contrário apenas no próximo jogo.
 
Parágrafo 10º- O jogador que consumir bebida alcóolica durante sua partida ou mesmo durante o intervalo será expulso;
 
Parágrafo 11º- As inclusões de jogadores poderão ser efetuadas até a 1º fase, ou seja, antes do último jogo da equipe na 1º fase;
 
Parágrafo 12º - Exceto as modificações inseridas nesse regulamento, as regras serão de acordo com a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (www.cbfs.com.br).
 
 
 
ARTIGO 4 – REGRAS DE JOGO
 
 
Parágrafo 1º -A partida será disputada por duas equipes, cada uma composta por cinco atletas, onde um dos quais, obrigatoriamente, será o goleiro. É obrigatório, para se iniciar o jogo, no mínimo 03 atletas, podendo a equipe ficar reduzida a até 03 atletas durante a partida.

Parágrafo 2º- Quando uma ou ambas as equipes ficarem reduzidas a menos de 03 atletas, seja por qual motivo for, a partida deverá ser encerrada e esta equipe perderá os pontos do jogo, seja qual for o placar.

Parágrafo 3º- Poderá ser registrado em súmula o máximo de 14 atletas por equipe, podendo este número ser completado até o final da partida.
 
3.1 -As substituições são ilimitadas, não havendo necessidade de paralisação do jogo, ficando restritas aos atletas registrados em súmula.
 
Parágrafo 4º - Toda paralisação por motivo de contusão, ou outro motivo qualquer, será acrescida em qualquer dos períodos, sempre a critério dos árbitros.

Parágrafo 5º-Será permitido ao treinador ou ao capitão de cada equipe solicitar um pedido de tempo por período de jogo, sendo que o capitão deverá pedir a um dos árbitros ou otécnico ao representante do jogo.
·A solicitação será concedida na próxima paralisação do jogo.
·A paralisação terá 01 min, devendo ser acrescida ao término de cada período.
·Quando do pedido de tempo as equipes deverão, obrigatoriamente, reunirem-se dentro de sua área de meta e só poderá entrar em campo o técnico e o massagista, desde que registrados em súmula.
 
Parágrafo 6º - A duração das partidas será de 20 X 20 minutos corridos, com intervalos de 5 minutos;
 
Parágrafo 7º -O Campeonato será realizado em turno único, todos contra todos. Classificando-se para a 2º fase as quatro melhores equipes.
A 2º fase será uma semi-final com jogos de ida, composta da seguinte maneira:
1º colocada x 4º colocada
2º colocada x 3º colocada
A 3º fase será composta da seguinte maneira:
Perdedor 1 x Perdedor 2
Vencedor 1 x Vencedor 2
 
7.1 -Em caso de empate na 1º fase, os critérios de desempate são: Menor número de cartões vermelhos, menor número de cartões amarelos, saldo de gols, confronto direto, maior nº de gols realizados, menor nº de gols sofridos e em último caso sorteio;
 
7.3 -Em caso de empate nas semi-finais, o melhor colocado na 1º fase passará de fase diretamente, não precisando haver cobranças de pênaltis.
 
7.4 –Em caso de empate nas finais, será realizado cobranças de pênaltis.
 
Parágrafo 8º- Meses previstos para o Campeonato, serão nos meses de  Junho  e Julho.
ARTIGO 5 – PENALIDADES
 
 
Parágrafo 1º - Serão concedidos 15 minutos de tolerância somente para o primeiro jogo da rodada, se a equipe não estiver em quadra no horário estabelecido de acordo com a tabela, será considerada perdedora por WO. A equipe que der 2 wo’s estará eliminada da. A equipe vencedora de WO ganhará a partida por um placar de 5  X  0.
 
Parágrafo 2º - O jogador, técnico ou massagista que receber 2 (dois) cartões amarelos ou 1 (um) cartão vermelho, estará automaticamente suspenso por uma partida. Caso o mesmo atleta venha tomar o 2º cartão vermelho durante o campeonato, o mesmo será eliminado da competição.
 
ARTIGO 6 – PREMIAÇÕES
 
 
Parágrafo 1º - Receberão troféus e medalhas os quatro primeiros colocados da competição;
 
Parágrafo 2º - Será entregue 1 troféu para o artilheiro e 1 troféu para o goleiro menos vazado (o goleiro menos vazado terá que participar pelo menos da semi-final);
 
Parágrafo 3º- Estamos estudando a possibilidade de uma festa de encerramento com todos os participantes envolvidos;

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440