BOLA CHEIA - 22/07/13

Para Paulo César de Oliveira na validação do gol do Grêmio frente ao Botafogo. O “vacilo” foi de Marcelo Van Gasse e o arbitro acertou em cheio na sua decisão. O que agora se divulga como “novo” na regra do impedimento, o pode ser textualmente, mas de há muito tem no seu espírito esta interpretação. Basta que se leiam as instruções das mudanças anteriores, E QUE SE INTERPRETEM CORRETAMENTE AS MESMAS, pois, para situações semelhantes, claro sempre esteve que “punível” somente era a situação em que se TOCASSE NA BOLA.
 
Mais uma para o ”Profexo” Luxemburgo. Semana passada mais uma grana alta em sua conta corrente: Um milhão de reais a menos na conta do Corinthians. O valor diz respeito a direitos de imagem não recebidos em 2001. Paga o Cintra Luxa...
 
Atlético Goianiense 0x1 Cruzeiro fizeram uma partida, pela Copa do Brasil, que poderia ser bem arbitrada por qualquer principiante. Mas como não tem nada a ver com isso Raphael Claus cumpriu sua missão, e “com um pé nas costas”. Nenhuma polemica, um único cartão amarelo, e tranqüilidade total.
 
Na decisão da Recopa voltamos a ver um Paulo César de Oliveira que, pelo menos nós, não víamos há algum tempo. Não que a partida tivesse lances polêmicos e ele acertasse, não que houvesse violência e ele punisse, mas fez valer de toda sua experiência, especialmente na primeira etapa para “acomodar” algumas situações sem prejudicar com isso as equipes ou o espetáculo, e por conseqüência não incendiar a partida. Decisões claras e acertadas, controle absoluto sobre os jogadores e excelente colaboração de seus Assistentes Marcio Eustaquio e Fabrício Vilarinho. Ao final Corinthians 2x0 São Paulo não teve a mínima interferência da arbitragem.
 
Entra aqui, pois não chegou ser uma Bola Murcha, mas muitos altos e baixos na arbitragem de Marcos André Gomes em Figueirense 2x3 Palmeiras. Tecnicamente sem problemas maiores, penalidade máxima bem marcada para o Palmeiras, mas primeiro tempo ruim na sua postura para com os jogadores, ausência de cartões necessários, e deixando-se levar por catimbas e reclamações. Melhor na segunda etapa, expulsão bem definida. Parece-nos arbitro para jogos intermediários necessitando ainda crescer muito.
 
Nenhuma dificuldade para Heber Roberto Lopes em São Paulo 0x3 Cruzeiro. Tanto técnica como disciplinarmente conduziu com acerto todos os momentos. “Sobrou” numa partida sem dificuldades.
 
De boa qualidade a arbitragem de Junior César Lossavaro em XV Jaú 4x2 Palmeirinha. Acertou a imensa maioria de decisões técnicas, esteve muito presente nas questões disciplinares, puniu com Cartão Amarelo nos momentos certos, e correto também nos dois Cartões Vermelhos, um para cada equipe.
 
Um primeiro tempo irrepreensível de Marcelo Lima Henrique em Fluminense 1x3 Vasco. Muito bem tecnicamente e perfeito disciplinarmente. Expulsão de Fred aos 25 minutos corretíssima e Cartões Amarelos aplicados com acerto. Na segunda etapa não tão perfeita, mas também muito bem, e acertando em mais uma expulsão, desta feita de Digão, também do Fluminense.
 
 
 
 
A MELHOR DECISÃO É MANTER SUA DECISÃO EM SEGREDO, ATÉ O MOMENTO DA EXECUÇÃO...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440