BOLA MURCHA - 02/09

 Um dos “inocentes” que ficou por quase seis meses preso em Oruro, na Bolívia, já se meteu de novo em encrenca. Imagens da briga com vascaínos o mostram, sem camisa, participando da confusão. Como pode? O que faz da vida? Quem financia?
Até onde dirigente corintiano tem participação nisto? Mais uma razão para punição pesada. Aliás, é por gente deste tipo que nossos governantes saíram em defesa na Bolívia. Querem mais? Na mesma confusão um vereador do PT, associado dos Gaviões da Fiel, é visto sem camisa e todo tatuado, dando um pontapé no peito de um policial.
 
Pelo que se tem visto na arbitragem nos últimos tempos, Luis Flavio de Oliveira, teoricamente o melhor candidato, não ocupará a vaga que será deixada por Wilson Luis Seneme na FIFA. Tem 38 anos de idade, com mais 7 anos de carreira, mas os “iluminados” acharão que já está velho. Mas tenham certeza que São Paulo não perderá uma vaga e vai “pintar” um jovenzinho nela.
 
E a festa continua na arbitragem brasileira( para alguns). Altemir Hausman foi Assistente em Curitiba no domingo, na terça e na quarta feira. E “um montão” de gente boa em casa sem escala... Mas façamos justiça: neste domingo não esteve em Curitiba novamente. Veio á São Paulo em Corinthians x Flamengo...
 
A Câmara dos Deputados proporcionou mais uma vergonha e mostrou que não tem nenhuma preocupação com a honestidade e legitimidade. Natan Donadon (RO) teve seu mandato mantido, não sendo cassado numa votação própria de bandidos organizados. Condenado a 13 anos de prisão por fraude em desvio de R$ 8,4 milhões da Assembléia de seu estado teve seu mandato garantido. Sabe gente, é complicado, mas o povo tem que dar uma resposta muito mais forte de que as tentadas recentemente. Mais uma vez somos feitos de idiotas.
 
Depois de absolvido por duas vezes pelo TJD-RJ o meia Carlos Alberto acabou sendo suspenso por um ano pelo STJD. A punição diz respeito á doping ocorrido no dia 2 de março, quando do jogo entre Vasco e Fluminense.
 
Bola Murcha para a entrevista de Paulo Nobre, o bom Presidente do Palmeiras, fazendo uma cobrança exagerada pela derrota frente ao Atlético Paranaense. Tem todo direito de cobrar, mas o fazer como fez, publicamente, poderá criar no elenco a mesma instabilidade que o fez ir á segunda divisão. Foi mal, Presidente.
 
Gilberto Rodrigues de Castro Junior, guardem bem este nome. A penalidade máxima que marcou a favor do São Caetano contra o América é uma das coisas mais ridículas que já vimos. Estava ele a três metros do lance, com visão aberta, e conseguiu não ver, mesmo com o atacante sem adversários próximos, uma grosseira e escandalosa simulação. São os “jovens” do futuro de nossa arbitragem. É arbitro de Pernambuco e na CBF é categoria 1.
 
A coisa anda feia, e faz tempo, para o “Profexô”. Andou mal pelo Grêmio e agora repete no Fluminense, Seria o Palmeiras a... “próxima vitima”? Gastar o que se gasta com essa gente não vale a pena e faz tempo. Tem muito Treinador, bom e barato, fazendo bons trabalhos por ai, mas o dirigente burro prefere “nome”. E se falando em Treinador, Bola Murcha para o Vitória que deu bilhete azul para Caio Junior. Foi o 14º. dispensado em 17 rodadas do Brasileirão.
 
E mais uma vez o arbitro Wilton Pereira Sampaio demonstra sua incompetência: Não conseguiu discernir uma simulação grotesca de Emerson (ou é Marcio?) Sheik, marcando, e errando novamente, a penalidade máxima. No meio de semana fez vistas grossas a uma situação clara de gol, onde deveria expulsar jogador do Botafogo, e não o fez. O premio foi arbitrar Corinthians 4x0 Flamengo. Viva o Quadro FIFA dos acordos e aconchavos...
 
 
 
APRENDA A RECEBER CRITICAS, POIS NEM TODO CRITICO É UM INIMIGO...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440