“ARBITRAR É PENSAR”

Muito tenho me pronunciado em minhas colunas de que o noviciado, se não for bem trabalhado, ira acabando com árbitros de qualidade no futebol brasileiro. Quando faço alusão á redução de idade para ingresso no quadro nacional, quero dizer que na arbitragem nunca se pode dispensar a experiência, a vivencia, e até mesmo a “malandragem” no bom sentido que algumas situações requerem, e que, por razões obvias os mais jovens não tem.
 
Determinei-me a este tema, novamente, após assistir a ação de Raphael Claus e Katiuscia Mendonça na partida entre Cruzeiro e Atlético Paranaense. São maus árbitros? Claro que não, mas claramente ficou o que questiono: Faltou experiência, faltou vivencia, faltou “malandragem”. E, se um árbitro ou um assistente por azar tiver uma seqüência de erros, pela inexperiência e super-exposição, o futebol não o perdoará e o “fará sumir do mapa”.
 
O arbitro mais jovem sempre será mais impulsivo, será mais impaciente, e somente o tempo lhe trará as condicionantes acima descritas que impedirão a jovens como Raphael Claus e Katiuscia Mendonça, além de outros muitos lançados ou usados repetitivamente, de errarem como erraram na anulação do gol do Cruzeiro.
 
A sorte estava ao lado deles e o prejudicado ganhou a partida. Se tivesse perdido ou empatado, até agora se estaria discutindo a capacidade dos árbitros citados e, provavelmente mais uma ou as duas carreiras estariam balançando.
 
Ver, e esperar para decidir, quem traz é a experiência...
 
Pior ainda, e se verdadeiras as palavras trocadas, foi o que a leitura labial de ambos nos fez ouvir: Inexperiência pura, insegurança, e uma conclusão na fala da assistente que nos mostrou estar “num meio estranho” e até de forma prepotente.
 
Resumindo: CA/CBF, não percam, por precipitação ou como costumo dizer, por “oba-oba” os poucos bons árbitros que tem surgido, ou seja, como recentemente escrevi por aqui:
 
                                          “DEVAGAR COM O ANDOR QUE O SANTO É DE BARRO”
 
 
Gustavo Caetano Rogério
 

 

Leia mais
  1. DECISÕES DA ARBITRAGEM (14)
  2. DECISÕES DA ARBITRAGEM (12)
  3. DECISÕES DA ARBITRAGEM (11)
  4. DECISÕES DA ARBITRAGEM (10)
  5. DECISÕES DA ARBITRAGEM (9)
  6. DECISÕES DA ARBITRAGEM (8)
  7. DECISÕES DA ARBITRAGEM (7)
  8. DECISÕES DA ARBITRAGEM (06)
  9. DECISÕES DA ARBITRAGEM (4)
  10. DECISÕES DA ARBITRAGEM (03)
  11. DECISÕES DA ARBITRAGEM (2)
  12. DECISÕES DA ARBITRAGEM
  13. ISSO NENHUM VIDEO RESOLVE..
  14. ARBITRAR É PENSAR...
  15. MAS... QUEM ′FEZ O GATO′ ?
  16. A LIÇÃO DE UM POVO...
  17. FALTA DE ORIENTAÇÃO
  18. E ADRIANO PAGA O PATO...
  19. ACREDITE SE QUISER
  20. MUDANÇA NAS REGRAS
  21. A BOLA AO CHÃO
  22. MATERIA FOLHA/UOL
  23. DE NOVO É?
  24. QUE PENA FLAVIO GUERRA
  25. SÓ QUERIA ENTENDER...
  26. Oque é erro de arbitragem ?
  27. UM SETE (a) UM
  28. ARBITRO MENTIROSO PODE?
  29. A MINHA OPINIÃO:
  30. O QUE É ARBITRO INTELIGENTE?
  31. Sou chato, eu sei...
  32. BOA SORTE ÁRBITROS
  33. UMA DECISÃO ACERTADA
  34. INCOMPETENCIA COMPROVADA...
  35. NEM QUERO-QUEROS ESPANTAM MAIS...
  36. O HUMILDE FELIPÃO
  37. INCOMPETÊNCIA OU MÁ VONTADE?
  38. MURICY ME FEZ RELEMBRAR...
  39. Um Pais sem vergonha
  40. GRANDE ACERTO, GRANDE ERRO...
  41. VERGONHA NO PAÍS DA COPA
  42. MAIS UM “ARBITRO INTELIGENTE”...
  43. NÃO É HORA DE MUITOS ERROS
  44. MINHA OPINIÃO COM OUTRAS PALAVRAS...
  45. CUIDADO COM O CACHORRO!!!
  46. A LINGUAGEM DO APITO...
  47. Vergonha de que?
  48. S.O.S Arbitragem
  49. Salve, Salve Futebol Brasileiro!
  50. Murici Disse, Mesmo Sem Dizer...
Anterior 1 2 Próximo

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440