Bola Cheia - 02/12

 Depois de Djalma, agora Nilton Santos nos deixa e aos 88 anos. Muito o vimos jogar e nenhum medo temos de afirmar que foi ele, a Enciclopédia do Futebol, o maior lateral esquerdo que este país já teve. Bicampeão mundial, 729 jogos pelo Botafogo, e inúmeros títulos nacionais e internacionais. Que Deus o tenha Nilton...
 
E quase ao mesmo momento dois desconhecidos, funcionários das obras da Arena do Corinthians, também perdiam a vida num acidente trágico. Não conhecidos como Nilton, mas também “mestres” nas suas funções: Fabio Luis Pereira, 42 anos e Ronaldo Oliveira dos Santos de 44 anos. Que Deus os tenha também...
 
Depois de uma primeira etapa onde seu critério foi não ter critério, e tanto técnico como disciplinar, equilibrou-se Carlos Vera na segunda etapa de Ponte Preta 1x1  São Paulo, não tendo nenhuma interferência na classificação da Ponte ás finais da sul-americana. Por ser árbitro selecionado para a Copa do Mundo esperávamos muito mais do equatoriano.
 
Para o C.R Flamengo legitimo campeão da Copa do Brasil e para a A.A. Ponte Preta que chega, também legitimamente, á final da Sul-americana. No título do Flamengo, dois destaques: O vencedor Jayme de Almeida e o derrotado Mano Menezes que não conseguiu fazer esse time jogar...
 
Trabalho muito tranqüilo de Wagner Magalhães em Chapecoense 1x0 Palmeiras. Dois lances polêmicos por uso de mãos, ambos de Juninho do Palmeiras e, no primeiro caracterizando bola na mão, mas no segundo penalidade máxima bem assinalada e por mão na bola. Acertou nas duas decisões. No mais nada a se destacar positiva ou negativamente.
 
Para o Joinville que, mesmo sabendo poder beneficiar um de seus rivais de Santa Catarina, foi ao Ceará e venceu por 3x0 e colocando o Figueirense na Primeira Divisão. Assim se faz futebol com seriedade...
 
Tecnicamente bem, mas disciplinarmente poupando aos cariocas de Cartões Amarelos, Marcos André Gomes da Penha não teve lances polêmicos ou interferência no resultado final de Fluminense 2x2 Atlético Mineiro. Com este resultado ficou “muito feia” a coisa para o Flu.
 
Pelo gol que decidiu a partida ter sido irregular, Francisco Carlos Nascimento deveria estar na Bola Murcha, mas “tadinho” do Chicão: A tal da Katiuscia Mendonça que alias tem retrospecto de erros gritantes, desta feita foi a responsável maior por livrar o Criciúma do rebaixamento, independentemente de se, na seqüência do lance houve  a penalidade máxima ou não. A origem da jogada já mostrava, claramente Sueliton impedido, e pasmem, 1,82 m. de posição irregular no momento do lançamento. E o  Chicão, além de arbitro fraco é azarado. Tudo acontece em seus jogos...
 
Para o Santa Cruz, Campeão da Serie C do Brasileiro. Venceu na final ao Sampaio Correia por 2x1 e estará na Seria B ano que vem. É garantia de estádios lotados no Recife, e alias o que também acontecerá no Maranhão com o Sampaio Correia...
 
 
 
O SOL NASCE PARA TODOS, MAS BRILHA PARA POUCOS...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440