Bola Cheia - 06-01-2014

Continue sendo uma Bola Cheia em 2014. Mantenha suas atitudes de correção e procure melhorar algumas deficientes. Talvez por ser alguém correto, muitas dificuldades a vida lhe trará, mas terás sempre, e eternamente, seu nome lembrado com orgulho pelos seus filhos e por aqueles que o admiram. Assim será um elo de uma corrente que tem de crescer e fazer esquecer neste país a Lei de Gerson...
 
Mais uma vez para o Cruzeiro. Depois de proibir a torcida organizada de usar o símbolo do clube, na semana passada os expulsou da missa de Ação de Graças por comemoração do seu aniversário de fundação. Parabéns Cruzeiro...
 
Flamengo e Santo André fizeram uma partida tranqüila para a arbitragem de Tiago Luiz Scarascati. A boa disciplina e a inexistência de lances polêmicos facilitaram sua condução. Acertou na primeira etapa ao definir como simulação de Renan, do Flamengo, e não penalidade máxima, aplicando corretamente cartão amarelo. Teve algumas deficiências na sua movimentação, mas nada que interferisse no seu trabalho. Ao final, Flamengo 4x1 Santo André não tiveram influencia da arbitragem.
 
Mais difícil foi a missão de Sergio Rocha Gomes em Vasco 0x2 Audax. Expulsão correta de Gabriel, atleta do Audax ainda na primeira etapa, expulsão de vascaíno Venicio com amarelo seguido de vermelho, expulsão de Wendel, do Vasco da Gama, cartões amarelos por jogadas bruscas e simulação bem aplicados, penalidade máxima favorável ao Audax sem nenhuma contestação. Erros e acertos dos Assistentes Oswaldo Medeiros e Klelson Pires, com este e o Arbitro Reserva Luiz Gonzaga Monteiro parecendo-nos algo “gorditos”, mas se lá estavam passaram nos testes físicos, e se passaram nada contra.
 
Na primeira grande “baba” das muitas que virão na Copinha, Renato de Carlos conduziu Cruzeiro 8x0 São José. Facilidade absoluta para a equipe mineira vencer de goleada, e para o arbitro “passear” pelo gramado do Joaquinzão em Taubaté. Destaque-se, porém a excelente participação disciplinar da equipe do Amapá que em momento algum, pela goleada sofrida agiu dolosamente, e respeitou a superioridade absoluta dos mineiros.
 
Apesar de apresentar problemas com colocação e movimentação, necessitando adequar melhor tal conceito devido á sua estrutura física, Norberto Luciano Santos Silveira não se comprometeu em Palmeiras 1x0 Fluminense de Feira de Santana. Nenhuma polemica, disciplina mantida, e sem interferência negativa na partida, mas não pode determinar de quem é a posse de bola após uma bola ao chão, o que fez erroneamente. E nesta ocasião um nome mostrou merecer ser mais observado: Pavão, goleiro do Fluminense.
 
Um verdadeiro Bola Cheia em toda sua carreira acaba de nos deixar: Faleceu Eusébio, atacante do Benfica e Seleção de Portugal. Jogava muito o chamado Pantera Negra. 571 jogos e 574 gols marcados. Dois desses gols eliminaram o Brasil da Copa do Mundo em 1966.
 
 
 
 
JAMAIS HAVERÁ ANO NOVO, SE CONTINUAREM A COPIAR ERROS DE ANOS VELHOS...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440