Um Pais sem vergonha

 O recente acontecimento envolvendo “bandidos” e jogadores, diretores e funcionários do Corinthians, nos mostra em mais um exemplo, pequenino perto dos demais, da vergonha que sentimos de como se conduzem aqueles que tem a responsabilidade de nos comandar, a vergonha que sentimos por estarmos desprotegidos, a vergonha que nos sentimos a cada noticia de corrupção, a vergonha que nos sentimos por não mais sairmos de casa, como bem disse Murici Ramalho em entrevista, a vergonha que nos sentimos por encher nossas casas de grades, alarmes e cercas elétricas de proteção, a vergonha que nos sentimos quando nossas casas são invadidas e tudo que lutamos para conseguir nos é surrupiado, a vergonha que nos sentimos de ter estado por doze vezes sendo assaltado á mão armada, a vergonha que nos sentimos, quando após abrir comercio no interior termos sido roubados por oito vezes, a vergonha que nos sentimos quando nossos netos chegam ás nossas casas e são orientados a correrem para dentro de casa com medo de assalto.
 
Poderiam nos perguntar qual a razão de, pela noticia de invasão do CT do Corinthians, estarmos “misturando as estações” com os detalhes acima, mas raciocinem que tem tudo a ver:
 
‘VIVEMOS NUM PAÍS SEM VERGONHA E DE COMANDANTES SEM VERGONHA”
 
Se “bandidos” travestidos de torcedores invadem uma propriedade particular, pulando muros, cortando cercas, danificando veículos, agredindo funcionaria, “esganando” Guerrero, roubando celulares, não é CRIME reafirma-se que vivemos num país sem vergonha. Ao invés de serem detidos de imediato pelo contingente policial lá presente, ainda passamos a vergonha de ver seu comandante procurando os lideres dos invasores para... dialogar.
 
MEU DEUS!!! MAS QUE VERGONHA...
 
Exemplo pequenino perto dos demais, não é mesmo?
 
 
Raciocine em cima deste exemplo mínimo do ocorrido e se pergunte se você também não está com vergonha...
 
 
VERGONHA DE UM PAÍS SEM VERGONHA, VERGONHA DAQUILO QUE UM DIA FOI UM ORGULHO, O ORGULHO DE SER BRASILEIRO...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440