Bola Murcha - 10/02

 Para o presidente do Corinthians que, em entrevista coletiva, depois da partida contra a Ponte Preta usou e abusou de falar bobagens, e entre elas que o ocorrido no CT do Corinthians não foi uma invasão. Afirmar que a sua administração não possui nenhum tipo de relação com as uniformizadas chegou a ser cômica, se não fosse trágica. Ao final lavou as mãos dizendo que não era o Corinthians quem deveria tomar providencias ou atitudes. Já imaginou ele como Delegado? Bola Murcha para ele...
 
A PM por sua vez emitiu comunicado afirmando que a segurança interna do CT é de empresa particular contratada pelo clube, e que ela somente atende ocorrências pelo 190... Mas se a PM estava lá dentro e a tudo assistiu não tem “poder de policia?” Com segurança interna se pode agredir e roubar as pessoas sem ela agir? Bola Murcha para ela...
 
Mais uma para o Corinthians: Alexandre Pato tem salário de 650 mil reais e Jadson de 250. Na troca efetuada acordou-se que o Corinthians pagará o salário de Jadson e o São Paulo pagará 250 para Pato. Não bate né? A Bola Murcha é pelo fato de que a diferença de 400 mil reais será paga pelo...Corinthians. Se contar isso “lá na terrinha” ninguém vai acreditar.
 
Futebol profissional? Oeste 1x2 Ituano jogaram na sexta feira para um publico monstruoso, (monstruoso de feio e não de grande) e lhes garantimos que tinha mais gente dentro de campo que fora: 32 heróis testemunhas estiveram em Catanduva vendo a vitória do Ituano que fez o Corinthians, dormir na lanterninha do seu grupo.
 
No futebol carioca, conforme o UOL, o campeonato dá prejuízo financeiro em 87% das partidas. Dos 47 jogos realizados até aqui as equipes pagaram para jogar em 41. Futebol profissional?
 
Coisinha ridícula foi o “campo” onde se jogou Guaratinguetá 0x0 Osasco pela A2. Zero a zero foi nota, e retrato fiel de quantas dificuldades tiveram os jogadores, que “apanharam” da bola nos noventa minutos. O estádio Stravos Papadopoulos em Jacareí, como poderia dizer Vicente Mateus, é “desgramado e emburacado” somente lembrando um campo de futebol pelas linhas demarcatórias. Regildenia de Holanda Moura teve bom trabalho e Jumar Nunes Santos “inovou” trabalhando de boné...
 
Pelo conjunto da obra não foi bom o trabalho da equipe de arbitragem em Mogi Mirim 1x1 Corinthians. Arbitro Alessandro Darcie com muitas deficiências nas técnicas de arbitragem, critérios nem sempre definidos, deixou para nós de marcar penalidade máxima para o Mogi Mirim, de Gil aos 15 minutos da segunda etapa, mas acertou em outra reclamada aos 28 minutos, para a mesma equipe e que não existiu. Correto na expulsão de Mirica do Mogi Mirim por pontapé sem bola no adversário, mas não teve o mesmo critério com Emerson, do Corinthians, aplicando Cartão Amarelo. Jornada infeliz dos Assistentes Marcio Luis Augusto e Ricardo Pavanelli Lanuto, e em especial este, nas questões relacionadas a impedimentos.
De uma inversão de arremesso lateral saiu o gol do Corinthians,,,
 
 
 
QUANDO UM CAVALO GANHA UMA CORRIDA, NINGUÉM ABRAÇA O CAVALO...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440