Bola Murcha - 17-02

  Para a CBF que definiu o Morumbi como local para o ultimo jogo amistoso do Brasil antes da Copa do Mundo. Se não é gozação, até parece, ou seria “troco” a Andrés Sanches?
 
O Corinthians que estará pagando 400 mil/mês para Alexandre Pato jogar no São Paulo é realmente uma “boa mãe”. Douglas, transferido para o Vasco da Gama receberá, também do Corinthians 150 mil/mês, ou seja, como Alexandre Pato e para jogar na equipe carioca. Pior que tudo isto ainda é a “transferência” de Edenilson para a Udinese, e agora retornando ao clube. O Blog do Paulinho provou com documentos que isto nunca existiu e que muitos encheram os bolsos, além de antes ter salário de 80 mil e agora, no retorno, irá receber 200 mil. Uma “tacada de mestre” de alguns “probos” dirigentes do futebol brasileiro.
 
Para os idiotas torcedores peruanos do Real Garcilaso nas suas manifestações racistas contra Tinga. Aqui como lá, e no resto do mundo, existem esses tipos nocivos ao futebol e ao esporte em geral e que sempre deverão ser punidos com rigor.
 
Uma autentica “carne de pescoço” foi o que encontraram Flavio Rodrigues Guerra e sua equipe em São Paulo 0x0 Portuguesa. Inúmeras situações polemicas com erros e acertos da arbitragem, senão vejamos: Dois erros em impedimentos de Miguel Ribeiro, não marcando um existente e marcando outro inexistente e ambos de Luis Fabiano, porém nesta etapa “acertou um caminhão deste jogador”. Flavio Guerra mal posicionado ”dividiu” a bola com dois jogadores, “tomou um toco” por baixo e ficou sem a chuteira. Herman Vanni invalidou gol da Portuguesa em situação de mesma linha, mas lance só definido por TV. Um Arremesso Lateral para a Portuguesa virou Tiro de Canto e dois Tiros de Canto para o São Paulo viraram Tiros de Meta. Penalidade máxima, para nós não marcada, de William Magrão em Anemilson para o São Paulo. Acertou em não marcar penalidade máxima de Luis Fabiano para a Portuguesa (bola na mão). Foi ou não foi uma autentica carne de pescoço?
 
Esta garantimos que no mundo não existe: Na Paraíba o Sport Campina Grande, que nunca venceu uma partida desde sua fundação, disputa a Primeira Divisão local. Em 2012 disputou a Segunda Divisão e não ganhou nenhuma partida, e em 2013 continuou sem vencer, mas foi convidado pela Federação a disputar a Primeira Divisão em 2014. Mas a grande novidade é que acaba de dispensar seu sexto treinador, e sabe qual a razão? Neste ano jogou nove vezes no campeonato, perdeu oito e empatou uma. Brasil, meu Brasil brasileiro...
 
Paulo Henrique Ganso disse após jogo com a Portuguesa que esta equipe não veio para jogar. O repórter que o entrevistava perdeu a oportunidade de fazer uma pergunta: “E você Ganso, quando vai vir jogar?”
 
Realmente espetacular a pose do Adicional 2, Rodrigo Saraiva Castanheira no Vasco x Flamengo no Maracanã. Uma pose digna das melhores fotos, uma pose digna daqueles que estão absolutamente atentos á sua função. Pernas bem abertas, tronco abaixado, mãos nos joelhos, munhequeiras grandes e amarelas, olhos na direção da linha de meta, uma imagem espetacular. Tudo isto se viu quando Douglas, do Vasco da Gama, bate uma falta, a bola bate embaixo do travessão, e quica 33 centímetros dentro da meta, e do lado do arbitro adicional, voltando ao campo de jogo. E o detalhe mais importante: Como diria Milton Leite no SPORTV: ‘SEGUE O JOGO...”
 
Barbaridade. Este é o verdadeiro “cone inútil”.
 
 
 
SAIBA QUE UM BURRO CARREGADO DE LIVROS NÃO É DOUTOR...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440