Bola Cheia - 17-02

 Se foi realmente o gol MIL, ou se foi somente nos seus apontamentos não importa. Ele merece aplausos por, aos 44 anos de idade, chegar “ao seu” momento mágico. Irreverente, inteligente, tipos que fazem falta ao futebol. Túlio Maravilha merece todos os elogios. Marqueteiro por excelência sempre soube “vender bem o seu peixe”, e com certeza faturou muito com isso. Após o “gol mil” e a contusão de Fred mandou mais uma pérola: “Felipão, se precisar estou aqui”. Um figuraço...
 
Em partida sem grandes dificuldades para condução, foi normal o trabalho de Marcio Henrique de Góis no Santos 2x0 Comercial. Nenhum lance de maior polemica, ficou devendo Cartão Amarelo para Arouca e exagerou no dado á Leandro Damião, por simulação, e que no nosso entendimento não aconteceu. Expulsou acertadamente William Simões, do Comercial e não interferiu no resultado numérico.
 
Em partida de muitas alternativas algumas dificuldades para Marcelo Rogério conduzir XV Piracicaba 3x2 Oeste. Penalidade máxima para nós existente, e a favor do XV no inicio do primeiro tempo não marcada, mas que acabou por não interferir no vencedor. Expulsões, uma de cada equipe corretissimas, Cartões Amarelos bem aplicados, exceção de um á jogador do Oeste que recebeu a falta e o árbitro não marcou. Se marcasse o jogador não reclamaria e não seria punido. Na penalidade máxima que para nós existiu, o árbitro entendeu como bola na mão e não mão na bola, respeitamos sua decisão, mas para nós mão na bola.
 
Não assistimos na totalidade a partida entre Sorocaba 1x0 Ponte Preta, mas no que vimos esteve bem Adriano Assis Miranda. Boa movimentação, decisões firmes, cartões bem aplicados e nada de anormal.
 
De excelente nível foi a arbitragem de Raphael Claus em Corinthians 1x1 Palmeiras. Mínimos erros, nenhuma polemica, mas ninguém conduz um Derby sem que tenha condição e controle sobre os jogadores. Pouco a se comentar, mas somente a elogiar.
Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse também estiveram muito bem na partida.
 
Outra boa arbitragem foi de José Cláudio Rocha Filho em Penapolense 4x1 Santos. Penalidade máxima cometida por Leandro Damião bem marcada e expulsão de Gustavo Henrique acertada. Colocação e movimentação dentro da normalidade, mas uma precipitação: Expulsão equivocada de Petrus, do Penapolense no minuto derradeiro da partida.
 
 
 
SE NÃO APRENDES CONFIAR NOS DEMAIS, DIFICILMENTE ELES CONFIARÃO EM TÍ...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440