Que absurdo...

Realmente o STJD gosta de aparecer com decisões que, ao nosso ver, não lhe dizem respeito e já deixam mais complicado o já complicadíssimo futebol brasileiro. Nesta semana tiveram o desplante de punir Tiago Alves, do Palmeiras, por uma “penalidade máxima” não marcada pelo árbitro.
Ou seja, o STJD “marcou a penalidade máxima para o Criciúma e, além disso, ainda expulsou o jogador”, levando-o a julgamento e o suspendendo por uma partida... Nenhuma duvida que a penalidade máxima, absurda, e não marcada pelo Sr. Marcos André Gomes da Penha foi claríssima mas punir o jogador para um lance como este é algo inimaginável.
 
Duas perguntas aos “brilhantes” julgadores:
 
  • Se a penalidade máxima fosse marcada pelo árbitro o jogador seria punido pelo STJD, ou tudo seria encarado como algo normal no futebol, e de responsabilidade de quem arbitrava a partida?
  • E o Sr. Marcos André Gomes da Penha será punido? Alguém lembrou que, se algo absurdo aconteceu foi a não marcação da penalidade?
 
Provavelmente a segunda resposta se tenha muito brevemente e configurada na próxima escala do apitador. Essa faremos questão de acompanhar bem de perto para voltar ao assunto.
 
Enquanto isso o que se vê nas partidas são pancadas e mais pancadas sendo distribuídas, árbitros “punindo fortemente” com Cartões Amarelos e o glorioso STJD não faz, aqui sim, o que deveria fazer: Punir por imagem como, erradamente, puniu Tiago Alves.
 
A penalidade máxima existiu, a sua não marcação foi uma das maiores aberrações que vimos na arbitragem mundial, mas o que queremos alertar é para o fato de que o jogador, agora punido, não teve nenhuma intenção de atingir ao adversário. Atingiu sim, por inabilidade ou imprudência, mas nunca por querer usar a violência...
 
É o fim da picada...
 
 
Gustavo Caetano Rogério

Leia mais
  1. UM ERRO
  2. DE NOVO O VIDEO ?
  3. COMPLICANDO O VIDEO
  4. Inversão de Mando
  5. MAS... QUEM ′FEZ O GATO′ ?
  6. HORA DE REPENSAR?
  7. OLHA O VÍDEO AÍ.....
  8. ′′OBRIGADO CHAPE..′′
  9. ESSAS REGRAS....
  10. MASOQUISTAS
  11. REGRAS ESQUECIDAS
  12. O USO DE IMAGENS
  13. COBRANÇA LEGAL, GOL IRREGULAR
  14. UM ANO DIFICIL DO APITO
  15. SÓ “JESUS CRISTO”?
  16. NÃO HÁ VÍDEO QUE RESOLVA...
  17. MAIS ENGANAÇÃO?
  18. ARBITRAR NÃO É ISSO
  19. O PAÍS DO FAZ DE CONTA
  20. E VOCÊ, FARIA O QUE?
  21. QUEM MAIS, QUEM MENOS?
  22. O ERRO DE LUIS FLAVIO...
  23. TORCIDA MISTA?
  24. SOU CHATO, EU SEI...
  25. Para parar e.......pensar
  26. UM LANCE DIDATICO (Correção)
  27. Um lance didatico
  28. A BOLA AO CHÃO...
  29. QUEM MANDOU NASCER COM BRAÇOS?
  30. E AGORA, CORINTHIANS?
  31. PAGAR DIVIDAS OU GANHAR TITULOS?
  32. COMANDO EQUIVOCADO, ARBITRAGEM RIDICULA...
  33. EDUARDO JOSE FARAH
  34. TEREMOS DUAS COPAS DO MUNDO?
  35. O caso Icasa...
  36. FUTEBOL PAULISTA PREOCUPA
  37. A MÃO NA BOLA E A BOLA NA MÃO
  38. VALEU, E COMO VALEU A PENA...
  39. E agora Lusa
  40. AMADORISMO PURO
  41. FINAL DA COPA PAULISTA
  42. NA VARZEA ATÉ QUE SE ACEITA...
  43. ÉTICA DESPORTIVA?
  44. OPORTUNISTAS DE PLANTÃO
  45. O DIA 9 DE JULHO
  46. Epa... Só Tem Árbitro “Velho”...
  47. Que acontece seleção?
  48. O Caso Braghetto
  49. Uma Formula Para o Paulistão
  50. Algumas “Irrisórias Diferenças”
Anterior 1 2 Próximo

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440