Bola Cheia - 11/08

Bola Cheia para o Barcelona que “pegou forte” em Neymar exigindo do mesmo outro tipo de comportamento em suas atitudes e exposições nas redes sociais. Correto o time espanhol, pois as fotos em baladas, viagens promocionais, iates, mulheres, etc. etc. são pouco condizentes com a carreira de um verdadeiro jogador de futebol, e especialmente de quem esta em recuperação por contusão séria. E equivocadamente “seu papai” está sempre participando das mesmas... O jogador terá que se enquadrar num novo código de conduta criado pelo clube.
 
Bola Cheia para a corajosa matéria do “Apito Nacional” e sobre Sandro Meira Ricci, Funcionário Publico Federal, recebendo R$ 22 mil e com obrigatoriedade de 40 horas de trabalho semanal (mas, como pode se viaja toda semana?). Sendo tudo que se leu verdadeiro, e ninguém seria doido de escrever sem provas, e uma delas é comprovada e mostrada publicamente (Controladoria Geral da União) é uma verdadeira bomba na arbitragem nacional. Informações e acusações extremamente fortes, mas que mostram mais uma faceta da arbitragem e de como também ela é dirigida atualmente. Se a grande imprensa “comprasse” a matéria teríamos, fatalmente, um dos maiores escândalos da arbitragem nacional, não só pelo destacado acima, mas também pelos temas de ordem pessoal acusados na matéria. Curiosamente outro site, o Voz do Apito, já havia tocado neste tema (o pessoal) fazendo parcialmente algumas destas acusações, porém sem ter citado nomes. Detalhe: Esta outra foi retirada do ar no dia seguinte á publicação e não está entre as demais publicadas normalmente e em arquivo no site, ou seja, foi “apagada” no dia seguinte (5/8). Será que “alguém” irá se pronunciar sobre tudo que se leu? E o Ministério Publico? Não estamos acusando ninguém, e somente reportando o que tomamos conhecimento nas matérias.
 
Bola Cheia para o Bahia 1x0 Corinthians pela Copa do Brasil. Mesmo não obtendo a classificação foi bem o tricolor (sem oito titulares, acreditem) quebrando uma invencibilidade de dez jogos do Corinthians. Na arbitragem esteve Charles Hebert Cavalcante que apresentou bom trabalho, mas deixou de marcar penalidade máxima, para o Bahia ainda na primeira etapa. Poderá ser mais bem observado, pois mostrou condições.
 
Red Bull e XV de Piracicaba jogaram em Campinas pela Copa Paulista e tudo seria muito normal se não fosse pela execução do Hino Nacional: O sistema de som falhou e alguém, com muita criatividade, posicionou um veículo estrategicamente, abriu todas suas portas, e com um CD cumpriu com a obrigação. Ficamos na duvida entre Bola Cheia e Bola Murcha... O jogo? Terminou 1x1 para um publico de 76 pagantes, e na “casa” de quem acabou de subir para a Primeira Divisão. Salve, salve Futebol Paulista e Brasileiro...
 
Ponte Preta 1x0 Bragantino fizeram uma boa partida pela Série B do Brasileiro. Muitas alternativas, chances de gol para os dois lados, mas vitoria merecida da macaca campineira. Na arbitragem Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza teve bom trabalho nos aspectos técnicos e disciplinares, mas não marcando penalidade máxima para a Ponte no minuto final. E quem quiser um atacante jovem, e de altíssima qualidade, procure por Cafu na Ponte Preta. Já o conhecíamos do XV de Piracicaba, e joga muito...
 
Santa Cruz 3x0 Náutico fizeram uma partida acirrada, com direito á golaço de Keino e arbitragem de Péricles Bassols. Mais acertos do que erros, gol do Náutico bem anulado por impedimento, mas penalidade claríssima para o Timbu não assinalada quando o jogo estava 0x0.
 
Bola Cheia para o bom nível na arbitragem de Flavio Rodrigues Guerra em Fluminense 1x1 Coritiba. Nenhum erro técnico marcante, disciplinarmente bem, credenciou-se a novas oportunidades. Excelente também o trabalho, moderno e atento, de Bruno Salgado Rizzo numa das bandeiras.  Nenhuma razão nas reclamações de Comissão Técnica, jogadores, suplentes e torcedores do Flu, e aqui mais um golaço, o de Germano para o Coritiba.
 
 
 
‘“O DINHEIRO FAZ HOMENS RICOS; O CONHECIMENTO FAZ HOMENS SÁBIOS; E A HUMILDADE FAZ HOMENS GRANDES”

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440