Bola Cheia - 01/09

Bola Cheia, e muito Cheia par a o Yokohama Marines equipe do futebol japonês. Um torcedor que mostrou uma banana ao jogador brasileiro Renatinho foi banido, e proibido de entrar no estádio da equipe pelo resto de sua vida. O Presidente do clube, Akira Kaetsu julgou o ato como ato imperdoável.
 
Bola Cheia para o Bragantino que, após eliminar o São Paulo aprontou mais uma e agora na Arena Pantanal. A Bola Murcha da vez foi o Corinthians, derrotado por 1x0 na partida de ida da Copa do Brasil. E mais uma vez, para Mano Menezes, a culpa foi da arbitragem. Já passou da hora de parar de falar...
 
E o Ceará que foi ao Rio de Janeiro enfrentar ao Botafogo sem cinco de seus titulares (acreditem se quiserem: poupou os jogadores) e venceu a partida da Copa do Brasil por 2x1. O vozão anda com a Bola muito Cheia ultimamente...
 
Bola Cheia para o Avaí e a sonora goleada de 5x0 em cima do Vasco da Gama, e em pleno São Januário. Um resultado que certamente fará muitas cabeças rolarem, mas que também é fruto da péssima administração de Roberto Dinamite. E no apito, Francisco Carlos Nascimento com altos e baixos e marcando uma penalidade máxima para os cariocas (desperdiçada) que ocorreu fora da área, mas melhor que na maioria das ocasiões em que o víamos atuando.
 
Nenhum trabalho e boa arbitragem de Cássio Luis Zancopé em Sumaré 0x1 Primavera pela Segundona Paulista. Nenhuma polemica maior, pequenos erros, controle absoluto sobre os jogadores.
 
Bola Cheia para Álvaro Pereira, lateral do São Paulo e a quem recentemente havíamos criticado por algumas jogadas mais duras. No Papo de Boleiro com Fernandinho Fernandes deu para entender as razões de sua “gana” e vontade. Uma historia de vida belíssima de um ser humano com inúmeras dificuldades, que saiu do nada para ser alguém na vida e melhorar a condição dos seus entes queridos. Deu para entender, mas sempre é bom ser mais bem orientado em suas ações de campo.
 
Corinthians 1x1 Fluminense fizeram uma partida de dois tempos absolutamente distintos, com domínio dos cariocas no primeiro e equilíbrio dos paulistas no segundo. Mas nem um e nem outro mereciam a má arbitragem de Paulo Henrique Godoy Bezerra, errando contra os dois, mas com prejuízo maior ao final para o Fluminense. Além dos erros tentou se impor aos berros dirigidos aos jogadores, e mesmo assim nenhum deles acreditou. O erro mais grave debite-se a Albino Andrade Junior pela anulação de gol do Fluminense por impedimento inexistente, onde um Assistente de melhor nível não erraria.
 
Bola Cheia para Mario Gobbi, Presidente do Corinthians que escancarou a situação financeira vivida, de outros, mas especialmente de seu Clube. Sem receita, pois o que entra vai para o “fundo” para pagar o estádio, com folha de pagamento de 10 milhões, observou não ter dinheiro para pagar os próximos salários. E estamos comentando sobre o Clube que mais ganha da TV, o Clube que mais torcedores leva ao estádio, o Clube que tem um dos maiores patrocínios (Caixa). Em tempo: Folha de Pagamento não é a única despesa de um Clube com o porte do Corinthians... Já pensaram o que vem por ai? Mas o dado curioso é que, como o Corinthians, todos se queixam de estar á beira da falência, mas não deixam de contratar e pagar salários irreais...
 
 
ANTES GOSTAVA DE TER RAZÃO, HOJE EM DIA PREFIRO TER PAZ...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440