Bola Cheia - 29/09

Coritiba 1x2 Cruzeiro fizeram uma partida bastante igual, reafirmando-se o Cruzeiro de Bola Cheia, e principal candidato ao titulo. Na arbitragem de Vinicius Furlan, equilibrada, mas com um erro fatal e determinante ao não marcar penalidade máxima existente e por agarrão em Zé Eduardo. Um erro que, teoricamente, interferiu no resultado final da partida, pois marcou um absolutamente igual á favor do Cruzeiro. Dois dias depois lá estava Furlan, novamente, e em Vasco 2x0 Joinvile, com boa atuação e mais um erro cometido: Não houve o recuo entendido como deliberado marcado contra o Joinvile, e depois não soube posicionar corretamente os jogadores sobre a linha de meta, não sabendo como se impor perante os jogadores catarinenses para a cobrança.
 
Para o futebol bem jogado do Flamengo na partida contra o São Paulo. O empate (2x2) no ultimo minuto não fez justiça á equipe carioca que, a nosso entendimento merecia vencer. E o que se falar da arbitragem de Andre Luis Freitas Castro? Nenhuma das decisões polemicas foram tomadas por ele na partida, senão vejamos: Penalidade máxima para o São Paulo lhe foi indicada pelo Adicional 1,Elmo Resende num lance de alguma duvida. Segunda penalidade máxima para o São Paulo absurdamente lhe foi indicada pelo Adicional 2, Bráulio Machado que errou bisonhamente e num lance que não lhe cabia interferir. Expulsão de Michel Bastos, correta por sinal, lhe foi informada pelo Assistente 1, Fabrício Vilarinho. Verdade que o trabalho deve ser de equipe, mas que é fato incomum é inquestionável e mostra incapacidade deste goiano que curiosamente a nada via.
 
Se não deixou nesta ocasião a zona do rebaixamento pelo menos o Palmeiras 2x0 Vitoria pode dar novo alento á equipe na briga contra a degola. Partida sem complicadores para a arbitragem de Wilton Pereira Sampaio e vitoria esmeraldina sem contestação. E desta vez as bolas que entravam o goleiro defendeu e os gols que eram perdidos foram marcados. Elementar não é meu caro Watson...
 
De acordo com Sergio Correia da Silva, perguntado no SPORTV, afirmou que a melhor arbitragem no mundo é a brasileira, e que o Livro de Regras com a melhor tradução, no mundo, é o da CBF. Damos Bola Cheia pelo fato de que pelo menos não disse que ainda somos o melhor futebol do mundo. (é que a pergunta não lhe foi feita). Perdeu isto sim, a grande oportunidade de dizer que arbitrar no Brasil, pelas características na participação de jogadores, treinadores, dirigentes, imprensa, etc. é a coisa mais difícil do mundo, isto sim é uma verdade. E com relação ao livro de regras será que conhece os editados no Cazaquistão e na Botsuana?
 
Bola Cheia para a “Nega veia” que na Ponte Preta 3x1 Ceará chegou á liderança da Serie B do Brasileiro. Parabéns á equipe campineira e que consiga voltar á Serie A. Arbitragem normal, mas de pequenos erros de Péricles Bassols. Na reserva Aurélio Santana Martins, boa gente e bom árbitro, mas que foi incluído neste ano no Quadro Nacional, aos 38 anos de idade. Quando querem tudo pode não é mesmo? Em dois meses trabalhou em 17 reservas, dois apitos de Série C (jogos domésticos e do Guarani) e um no feminino. Nessa idade teria de entrar para arbitrar e como solução, e não para atender á amizades, tomando lugar de gente nova que poderia estar amadurecendo nas reservas. Nos discursos trabalho sério, mas e nas ações?
 
Apesar do 0x0 Sport e Cruzeiro fizeram uma boa partida de futebol, com disciplina e busca de vitória não conseguida. Na arbitragem Marielson Silva que já havíamos destacado anteriormente como a melhor promessa deste momento, não decepcionou. Tem o estilo do árbitro que apreciamos, joga junto com o jogo, vive o jogo, vibra com o jogo e não atrapalha o jogo. A Bahia, e não Minas Gerais como observamos recentemente sentira orgulho, brevemente com seu árbitro. Que ninguém mude suas características e estrague sua carreira.
 
 
 
 
PALAVRAS SÃO PALAVRAS. ATITUDES SÃO MUDANÇAS...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440