COISAS DAS COPAS DO MUNDO (6)

Ao oficializar a Itália como o país sede da Copa do Mundo de 1990, a FIFA escapou de ter um grande problema com a organização do mundial. Chegaram á disputa final para sediar o evento, além dos italianos, os soviéticos. A decisão de 1984 ratificou a Itália, enquanto a União Soviética chegaria em 1990 já no processo de dissolução do país em várias repúblicas.
 
Foi durante a Copa de 1990 que a FIFA determinou que, se gols contra, gerados a partir de uma finalização do ataque, deveriam ser atribuídos a quem chutou. A nova regra beneficiou o jogador brasileiro Muller, que converteu o único gol da seleção contra a Costa Rica.
 
Na Copa do Mundo de 1990 pela primeira vez na história dos mundiais uma seleção africana alcançou as quartas de final. Camarões com o veterano atacante Roger Milla, de 38 anos, que já havia disputado a Copa de 1992, classificou-se em primeiro lugar de seu grupo (que contava com a Argentina) e só foi parado pela Inglaterra Poe 3x2 na prorrogação.
 
Em 1990 Bebeto e Romário ficaram no banco de reservas durante toda a competição. Romário declarou, assim que voltou ao Brasil, que aquela seria a primeira e sua ultima vez em um mundial. Bebeto era mais otimista. Ainda bem que o baixinho mudou de opinião e, quatro anos depois, tornou-se protagonista do tetra brasileiro.
 
Pela falta de tradição no futebol, muitos achavam que os Estados Unidos não se interessariam pelo mundial de 1994, mas o país surpreendeu e teve a maior media de publico da história das Copas. 68.413 torcedores por jogo.
 
O brasileiro Mario Jorge Lobo Zagallo tornou-se o primeiro e único a vencer quatro Copas do Mundo. Em 58 e 62 como jogador, em 70 como treinador e em 94 como coordenador técnico.
 
No jogo Rússia 6x1 Camarões valido pela terceira rodada do Grupo B, ainda na primeira fase, o atacante Salenko marcou cinco vezes e estabeleceu o recorde de gols em um mesmo jogo em Copas.
 
O jogo que garantiu o Brasil nas quartas de final foi contra os Estados Unidos no dia 4 de Julho, o dia da Independência Norte Americana. A data comemorativa não trouxe sorte á seleção anfitriã, já que o Brasil venceu por 1x0 com um gol solitário no segundo tempo numa jogada entre Bebeto e Romário.
 
A Copa do Mundo de 1994 foi a primeira da história a ser decidida nos pênaltis. Brasil e Itália empataram no tempo normal e na prorrogação por 0x0. Nas penalidades os brasileiros levaram a melhor e venceram por 3x2, ficando com o tetra campeonato.
 
Antes da Copa de 1994, a International Board, entidade que regulamenta o futebol, promoveu numa série de mudanças nas regras. Pela primeira vez em um mundial a vitória valeu três pontos. Também ficaram autorizadas três substituições por jogo, desde que uma delas fosse o goleiro. Outro detalhe, as camisas passaram a ter o nome dos jogadores e a numeração na parte da frente. Foi também a primeira Copa com a proibição de o goleiro pegar com as mãos uma bola recuada pelo companheiro, mudança ocorrida em 1992.

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440