Bola Murcha - 17/11

Bola Murcha para aqueles que, ao longo dos tempos, acabaram com um campeonato que era referencia em todo Brasil, forte e competitivo, repleto de craques, e levado por TV á vários países do mundo. O Campeonato Paulista de 2015 corre serio risco de desinteresse através dos grandes. O São Paulo inclusive já estuda a possibilidade de disputá-lo com equipe de juniores...
 
O Ministério Publico concluiu semana passada que dirigentes da Portuguesa venderam a escalação de Heverton, mas ainda não sabem a quem. Aliás, o que descobriu agora todo mundo já sabia faz tempo, até mesmo lá dentro da Lusa. Somente continua nos intrigando qual a razão de não se entregar esse (s) nome (s) publicamente. Quem sabe algum Sherlock com sua lupa possa ajudar?
 
Bola Murcha para a arbitragem de São Paulo 1x1 Internacional onde somente a mulher se salvou (Nadine Bastos). Difícil numa partida se ver tantos erros como aqui se viu, como gol impedido, penalidade máxima não marcada, agressão sem punição, etc. etc. Heber Roberto Lopes (gordo) mostrou, claramente, que não tem mais nenhuma motivação para arbitrar, além de sempre procurar “acomodar” para os dois lados. Mas o grande absurdo foi a validação do gol do Internacional: Kleber Lucio Gil teve um erro que nem mesmo alunos de escola de árbitros, e que nem estudaram ainda a regra 11, errariam. Grotesco, inexplicável, de alguém que ostenta o escudo FIFA, o que, aliás, ultimamente não quer dizer competência. Neste lance além do Assistente, tanto o árbitro como o “cone” tinham a obrigação (por posicionamentos e visão ampla) de invalidar.
 
Bola Murcha na quarta feira para a “melhor arbitragem do mundo” que decidiu com seus erros dois jogos de extrema importância e determinantes para equipes que buscam por seus objetivos, tanto na Copa do Brasil como no Campeonato Brasileiro.  Ela anda tão murcha que até agora não percebeu que os arremessos laterais, cobrados por Marcos Rocha do Atlético Mineiro, tem sido a maior “arma” ofensiva para marcação de gols, decidiu varias partidas, e é cobrado de maneira totalmente irregular...
 
Rodadas atrás os erros ocorridos no Campeonato Brasileiro foram debitados á “SINALÉTICA” vocês lembram-se disso não é? Pois bem, agora já se descobriu mais um culpado para os novos erros que decidiram partidas como Atlético x Cruzeiro e São Paulo x Internacional: a “ZONA CINZENTA” e a “VELOCIDADE DO FUTEBOL”. Como diria José Simão: Bla, bla, bla, bla, bla, bla... e “vamos que vamos”. Aliás, como se pode ainda falar em “ZONA CINZENTA” com ARBITROS ADICIONAIS e hoje, ÁRBITROS ASSISTENTES e não mais os antigos “BANDEIRINHAS”?  Até o discurso hoje é antigo, pois os gramados, após varias mudanças na arbitragem, são “totalmente na cor verde”, sem ZONAS CINZENTAS e quando muito com alguns pontos de “sombra em dias de sol”... A gente agüenta isso?
 
E não é que o fantasma da Série B voltou a ameaçar o verdão após São Paulo 2x0 Palmeiras? Pouco fez a equipe esmeraldina para vencer a partida e o resultado final não pode ser contestado. Não gostamos, como um todo, da arbitragem de Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza que aparentou estar bastante intranqüilo na primeira etapa, colocando muita “pilha” no jogo e talvez por, para nós, não ter entendido como infração penal um lance no inicio de partida e favorável ao Palmeiras que se marcado poderia mudar o rumo das coisas. Não interferi u, pelo menos diretamente no resultado final, mas não foi o mesmo bom árbitro de outras ocasiões.
 
E fechando a Bola Murcha ela vai em homenagem a Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza que não “teve peito” para marcar a penalidade máxima indiscutível, com três minutos de jogo, e favorável ao Palmeiras. Merecedor também da homenagem ao, nesta ocasião, “cone” Vinicius Furlan.
 
 
HÁ QUEM SE FAÇA DE SÁBIO, MESMO NÃO SABENDO NADA. E HÁ QUEM SE FAÇA DE BURRO, TENDO GR ANDE SABEDORIA...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440