Entrevistado do Mês - Fevereiro

futebol, fazer, Santos, árbitros, muito, comecei, Farias, curso, regras, Barbosa, idade, esposa, filhos, Informe, conhecer, completo, tinha, arbitrar, Alexandre, queria, Evangelista, Noberto, apaixonado, Felipe, NeideInforme seu nome completo, idade e de sua esposa e filhos.
Noberto Evangelista dos Santos 42 anos, esposa Vera Neide Farias B. dos Santos, Felipe Barbosa dos 
Santos e Alexandre Barbosa dos Santos.
 
O que fez você fazer o curso de árbitros?
Sou um apaixonado por futebol e queria muito conhecer suas regras; comecei a arbitrar aos 15 anos 
mas não tinha conhecimento das regras, até porque venho do interior de Alagoas. 
 
Você começou onde? Tem ideia de quantas partidas já realizou? 
Comecei no Estado de Alagoas. Foram muitas partidas, não faço ideia de quantas.
 
Há quanto tempo é formado e por qual Entidade e modalidade? 
Sou formado desde 2011 na AAGSP embora já atuasse em Alagoas, informalmente. 
 


Ainda lembra de sua primeira escala?
Impossível esquecer....... no bairro da Mooca, nos Jogos  da Cidade no Clube Escola onde trabalhei 
como árbitro assistente.
 
Como chegou até a AAGSP? 
Fui assistir a uma partida de futebol no Bom Retiro, Jogos da Cidade. Quando cheguei lá, me deparei 
com aqueles árbitros uniformizados entrando em campo com camisas amarelas e faixas azuis nas 
laterais e então fiquei encantado. Fui até o organizador da sub prefeitura e me informei qual era 
aquela empresa de arbitragem.

Qual sua partida inesquecível?
Tenho algumas mas vou citar duas:  como iria esquecer, Campo do Nacional , Arena Kaiser , jogo entre 
São Carlos X Noroeste; Copa Kaiser estádio completamente cheio fiquei bastante emocionado mas 
com a confiança em dar o melhor de mim; final do Jogos da Cidade em 2012 no Estádio Pacaembu,  
jogo entre Mistura Fina  X Onze Garotos da Lapa, árbitro da partida Marcela Rogerio  onde trabalhei 
como árbitro auxiliar, foi maravilhoso.
 
Qual aquela que gostaria de esquecer? 
Para ser bem sincero não tem,  já que todas foram muito importantes e  fizeram com que eu 
apreendesse muito mais.
 
Deixe uma mensagem ao seu colega árbitro como você. 
Gostaria que os meus amigos árbitros entrassem em campo e dessem o seu máximo sempre, não 
importando a categoria ou o campeonato.
 
Filme preferido. 
Dois Filhos de Francisco.
 
Prato que mais gosta
Arroz, feijão, um belo bife, peixe.
 
Seu sonho é.....
Adquirir minha própria casa, coisa que ainda não tenho, e formar  meus  filhos, já que não tive essa 
oportunidade.
 
O que é ser inteligente? 
Ser honesto, sincero. 
 
Na escola da vida você se considera um aluno nota 1000?  
Pelo ensinamento dos meus pais, sou uma pessoa correta e justa, em tudo que faço;  já passei por 
muitos  momentos difíceis mas sempre me superei.

O que você faz nas horas vagas? 
Vou passear com meu filho menor de bicicleta no parque .   
 
Fato marcante na sua carreira. 
Sem duvida foi fazer esse curso de árbitro, com grandes árbitros do Brasil, como, Sálvio  Spínola 
Fagundes , Daniel Luis Marques, Hélio Ricardo de Araujo Marmo, Sergio Cenedezi  , André Luis Felix da 
Costa . Roberto Perassi.
 
Qual o jogo mais importante da sua carreira? 
Todos porque de uma forma ou de outra, tiveram sua Importância.
 
De que arbitro mais procurou assimilar postura?
Tenho alguns, Daniel Marques, Sálvio Spinola , Carlos Alberto Farias , Fábio Florindo, Luiz Bernardes,  
com quem trabalho.
 
O que a família representa para você e para a arbitragem? 
Tudo e mais um pouco.
 
Em que percentagem a arbitragem contribui na sua renda Familiar?  
20%
 
Quais suas pretensões na arbitragem mesmo na Várzea? 
Participar de grandes jogos mesmo que na Várzea, grandes finais essa é minha pretensão,  já que 
depois dos quarenta não poderei mais fazer parte do quadro da FPF.
 
Quando e como você decidiu ser árbitro de futebol? 
Meu pai foi árbitro, vendo ele apitar, comecei a gostar, comecei a apitar uma partida de futebol com 
meus 15 anos de idade,  jogos de marmanjos.

Quais são as maiores dificuldades da carreira? 
As Injustiças, que fazem conosco.  Árbitros nunca podem errar,  temos que acertar sempre ou somos 
massacrados .
 
Quais são seus objetivos a curto, médio e longo prazo na arbitragem? 
O meu objetivo é fazer grandes jogos, grandes finais, mesmo que como assistente. e nunca prejudicar 
o próximo ou a  empresa para quem presto serviço.

Deixe aqui uma mensagem. 
Gostaria de agradecer do fundo do coração, a oportunidade dada por esta maravilhosa empresa que é 
AAGSP, de atuar como árbitro de futebol.  Não posso deixar de lembrar os dirigentes da mesma como 
Dona Rita, Sr. Marcos , afinal não é fácil sair do extremo interior de Alagoas e chegar na maior cidade 
do país para atuar com grandes nomes da arbitragem Brasileira como Marcelo Rogerio, Marcelo 
Alfieri, Hélio Ricardo, Wagner Rizo, Fabio, Farias, Luiz Bernardes, Nilson Toda, Marco 
Antônio, Carlos Roberto Stracke e tantos outros. Agradeço também aos meus amigos e amigas 
mesários, pessoas de quem gosto muito.  Mesmo atuando no futebol amador, sou a pessoa mais feliz 
do mundo, pois pouquíssimos atuam nos grandes Estádio como Morumbi, Pacaembu, Juventus,  
Arena Kaiser.
Só tenho a agradecer: Obrigado Senhor.

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440