Bola Cheia - 23

Às duras penas, mas Bola Cheia para o São Paulo 1x0 San Lorenzo pela Libertadores da America. O golldquo, partida, final, equipe, acabou, duras, Cheia, poderia, penas, jogar, contra, defensivamente, forte, postada, procurou, diferente, fazer, Libertadores, Lorenzo, Paulo, America, Michel, justiça, minuto, Bastos de Michel Bastos no minuto final de partida acabou por fazer justiça a quem procurou jogar, e não poderia ser diferente, contra uma equipe bem postada, defensivamente forte, além de “copeira e manhosa”. Se não saísse o gol tricolor teríamos uma grande injustiça, pois um gol legitimo lhe foi tirado por impedimento inexistente. Excelente arbitragem de Vilmar Roldan e sob qualquer aspecto que seja analisado, pois, técnica, física e disciplinarmente se houve com perfeição e nada a desabonar sua conduta. Teria seu trabalho totalmente prejudicado, em não saindo o gol, pelo erro de seu assistente Humberto Claviijo anulando gol tricolor sem que existisse o impedimento.
 
Bola Cheia para Santos 1x0 Audax com o peixe vencendo ás duras penas mais uma, e numa partida aberta e franca, com incríveis e inúmeras oportunidades claras perdidas pelas duas equipes, e gol marcado com “chapéu” dado por Ricardo Oliveira no goleiro Felipe Alves (que troco hein) do Audax. Na arbitragem José Claudio Rocha Filho mostrou que vem evoluindo nas suas oportunidades, colocando-se e movimentando-se bem, aplicando com correção os Cartões Amarelos, assinalando com perfeição penalidade máxima para o Santos e acertando na cor do cartão pois não existia situação clara de gol, e com defensor “embaixo dos paus”, mas acabou tendo erro que poderia alterar o resultado final, não marcando penalidade máxima, e esta para o Audax aos 10 minutos da segunda etapa. Sem isto teria “passado batido” e muito bem.
 
Para mais uma bola dentro do Palmeiras e agora com patrocínio também do Banco do Brasil. O projeto é atualíssimo, vai premiar torcedores, e traz no bojo novidades que por aqui nunca se viu. É só aguardar...
 
Capivariano 2x3 Corinthians até que fizeram uma partida bem disputada, mas absolutamente atrapalhada pela péssima condição do gramado. Destaque-se ainda a bravura dos locais que, desde o final do primeiro tempo jogaram com um a menos e exatamente aquele que vem sendo o destaque da equipe, seu goleiro Douglas. Na arbitragem Guilherme Cereta de Lima com duas etapas completamente distintas. Inicialmente com alguns critérios distintos ás equipes, punindo com Cartão Amarelo jogadores do Capivariano, sem o mesmo critério com relação a Emerson, do Corinthians. Expulsão sem contestação do goleiro Douglas, mas o nascedouro da jogada pareceu-nos irregular com falta de Renato Augusto e esta ocorrência alterou totalmente a seqüencia da partida. Na segunda etapa nenhuma observação quer seja positiva ou negativa. Fisicamente mostrou-se bem nesta ocasião, colocando-se e movimentando muito bem.
 
São Bernardo 0x1 Palmeiras “marcaram” a sétima partida sem marcar gols do time do ABC, e mais uma “goleada” do time que joga bonito, mas sofre para marcar gols. Douglas Marques das Flores no apito, mais uma vez demonstrou que é do ramo, mas necessita muita rodagem. Agilizou a partida, mas deixou de marcar muitas faltas. Conversou demais quando necessitava algumas vezes usar o cartão. Permitiu na primeira etapa que Canete e Dudu (SB) fizessem e desfizessem em situações de indisciplina. Não se pode “agilizar” jogos deixando de marcar as “chamadas” faltinhas, e não se pode demonstrar aos jogadores que gosta de conversar á punir. Mas em nada interferiu no resultado final. Vitor Carmona “parou” um ataque, com oportunidade de gol, marcando impedimento inexistente do ataque palmeirense, e “virou estatua” sem decidir lance que lhe cabia, se tiro de meta ou tiro de canto, também para a equipe verde.
 
 
 
ENGRAÇADO COMO AS PESSOAS FICAM AMIGÁVEIS QUANDO QUEREM ALGO...

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440