Bola Murcha - 11/05

Bola Murcha para o Corinthians que foi ao Paraguai com “panca” de favorito absoluto e, por incrível que possa parecer deve levantar as mãos ao céu pelo resultado final. Guarani 2x0 Corinthians não refletiram o que em campo se viu, e com os paraguaios perdendo gols feitos á frente de Cássio, e este falhando no primeiro gol, Arbitragem de boa qualidade de Daniel Fedorczuk, do Uruguai, que em nada interferiu.
 
 
Bola Murcha também para o futebol do Paraná que vive, com suas principais equipes, um de seus piores momentos. No Campeonato Paranaense nem Atlético nem Coritiba chegaram ao titulo e sim o pequeno Operário. Na Copa do Brasil o Atlético foi eliminado pelo modesto Tupi de Minas Gerais, e o Coritiba já foi derrotado, na primeira partida e dentro de sua casa, pelo Fortaleza. Está feia a coisa na terra das araucárias.
 
 
Para quem busca mais explicações ainda sobre os 7x1, de novo uma se viu nesta semana: Alexandre Tadeu Gallo foi demitido pela CBF, alguns dias depois de convocar a Seleção Sub 20 que ainda neste mês disputa o mundial e não mais podendo trocar os convocados. Se tinha que ser demitido qual razão para não ter sido antes de convocar? Ou teria sido convocação á quatro mãos e, para variar, Gallo em nada mandava? Está certo que em “terra de cegos quem tem um olho é rei”, mas e lá na terrinha, vão dizer que é piada de brasileiro ou irão acreditar que isto é verdade?
 
 
Palmeiras 2x2 Atlético jogaram uma partida de muita disputa, pouca técnica, erros de passes e características distintas. Um mal posicionado defensivamente e outro mais equilibrado e chegando nos contra ataques quase mortais. E Bola Murcha para o Palmeiras que não começa bem o Brasileiro e, pelo grupo que contratou necessita apresentar muito mais. Defesa absurdamente exposta, criação deficiente, e para variar muito “toquinho” no ataque. Felipe Gomes da Silva, apesar de não interferir no resultado, mais uma vez não nos convenceu e por detalhes de personalidade que lhe faltou em diferentes situações. Faltas não marcadas, não puniu nem inibiu a cera atleticana, “escondeu-se” na necessidade do segundo Cartão Amarelo para Patrick. Prende-se á pequenos detalhes e omite-se nos mais relevantes.
 
 
Pouca gente se deu conta, mas na partida Palmeiras x Atlético no Allianz Parque as placas com o nome da Arena tiveram a marca ALLIANZ coberta por outras placas brancas, e impedindo que o nome completo da Arena fosse mostrado. Será que a Rede Globo já está interferindo aqui também, e como fez no Paulistão com o Red Bull? CBF e especialmente o Palmeiras precisam aclarar mais este absurdo no país dos 7x1. Ou será que é mais uma “ação” de Globo e CBF dando-nos mais justificativas para o tal... 7x1?
 
 
 
“TUDO TEM UM FIM, PORISSO FAÇA VALER A PENA...”

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440