Bola Murcha - 01/06

Viram só? No futebol brasileiro não é difícil fazer esta previsão, e semana passada falávamos das demissões de Felipão e Drubischy e listávamos mais alguns “com cabeça á premio” e entre eles Wanderley Luxemburgo. Já não esta mais com a cabeça á premio: foi demitido na segunda feira após derrota para o Avaí. Detalhe: Há um mês o São Paulo mostrou interesse por Luxa, o Flamengo não o liberou, pois “era imprescindível para o projeto do clube” conforme seu Presidente. Na terça feira o São Paulo informa a contratação de José Carlos Osório e por conseqüência a “demissão” de Milton Cruz.
 
“Ói nois aqui traveis” na Bola Murcha. Palmeiras 0x0 ASA teve pelo menos algo de novo: A torcida começou a reagir e já elegeu o culpado, ou seja, Oswaldo Oliveira. Mas novamente “o azulão”, pois nem de “Verdão” joga mais, causou indignação e perplexidade. Domínio absoluto (?), toques “mágicos” de calcanhar (?), 70% de posse da bola (?) e somente quatro defesas do goleiro adversário nos cinco minutos finais. Falar mais o que? Aliás, afinal quais são os onze titulares deste time? Craques no banco é somente ostentação, ou é invenção? Na arbitragem um arbitro jovem, mostrou ate que tem condição, mas é mais um a “seguir o canto das sereias” e achar que todo contato físico é legal e não existindo infração. Mostrou-se empolgado e a percepção disto foi demonstrada por sua maneira de correr e gesticular pelo gramado, andou revertendo arremessos laterais por posição, mas não puniu pelos pés levantados em algumas cobranças. Mas Rodolfo Toski Marques, do Paraná, tem condição se for bem orientado e mostrar menos preocupação com sua aparência física e estética.
 
Processar Dudu por estar sendo “zombado nas ruas” foi a decisão tomada por Guilherme Cereta de Lima o que discordamos frontalmente, e anotem ai que nunca ganhará um processo como este. Respeitamos, sempre fomos favoráveis a que os árbitros se defendam, mas a razão apresentada é até cômica. Que tal se processasse, não lhes parece mais lógico, cada um dos que o “zombam nas ruas?”...
 
Bola Murcha para Rodrigo Guarizzo Ferreira Amaral que, em Oeste 0x0 Mogi Mirim foi protagonista de um momento inusitado: Na cobrança de um Tiro de Canto o defensor do Mogi Mirim (Romarinho) arrancou por completo (saiu pela cabeça e sem rasgar) a camisa do atacante do Oeste (Ligger), dentro da área penal e a única providencia foi a de mandar o jogador recolocar a camisa. Detalhe: o fato ocorreu com a bola “viajando” para dentro da área e o atacante fica totalmente sem a camisa.
 
Bola Murcha também para Carlos Berkenbrock que, num lance de extrema facilidade, deixou de marcar impedimento claríssimo de Ricardo Oliveira no Santos 2x2 Sport e que impediu a vitoria dos pernambucanos. Lance simples que somente requeria atenção, participação ativa, e na seqüência gol de Robinho,
 
 
 
“O DINHEIRO COMPRA AQUILO QUE TEM PREÇO, O QUE TEM VALOR A GENTE CONQUISTA”

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440