Bola Murcha - 15/06

E a noticia mais “manjada” do pós rodada do brasileirão não deixou de aparecer na segunda feira novamente: Marquinhos Santos, treinador do Coritiba, já é o sétimo demitido em seis rodadas da competição; Luxemburgo, Drubscky, Marcelo Oliveira, Milton Cruz, Felipão e Hemerson Maria já tinham seus “bonés solicitados”. Mas aí vem a terça feira e o que além de esperado era necessário: Oswaldo de Oliveira torna-se o oitavo ainda em seis rodadas e três dias após Alexandre Mattos dizer que ele estava “100% garantido”. Como a semana tem sete dias eis que, na sexta feira é a vez do Santos “dispensar” Marcelo Fernandes e, para nos dar razão na matéria “E você, faria o que?” levaria de volta Oswaldo de Oliveira e já com salários acertados e que ficaria apenas três dias “desempregado”. Mas a tarde o Conselho Gestor do clube não aceitou Oswaldo e Marcelo “voltou”.  E para quem acha que ficará por aqui é só aguardar a próxima rodada...
 
O que merece o tal Jack Warner, vice presidente da FIFA que recebeu um milhão de dólares para ajuda ao seu país, o Haiti, em terremoto que matou 200 mil pessoas e agora que se sabe ter ele embolsado o dinheiro? Destacamos este fato, mas outros existiram, como um de dez milhões de dólares para ajuda á programas sociais na África do Sul. Só cadeia? Se for deveria ser perpétua... E Ricardo Teixeira? Esta escondido na lua?
 
Para o Palmeiras que esta abrindo mão do zagueiro Nathan indo para o Atlético Paranaense. Anotem ai que, rapidamente, os palmeirenses estarão lamentando sua saída. Aliás, qual a razão também para que Andrei Giroto, que é craque, não tem oportunidades de jogar? Vão esperar seu empréstimo terminar?
 
Bola Murcha para a CBF que, lá em Portugal, deve estar sendo motivo de piada de brasileiro: A Série C do Campeonato Brasileiro foi paralisada tendo-se em vista a realização da Copa América, mas as Séries A e B continuam normalmente. Ora, pois... Será que se continuasse tiraria o interesse pela competição do Chile? Ou seria uma “preservação” aos clubes disputantes pelos “jogadores convocados” á Seleção Brasileira? Ria mas, por favor, ria baixinho...
 
Marcelo de Lima Henrique, seis escalas na Série A, quatro em São Paulo em jogos de Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Corinthians pela ordem.  Wilton Pereira Sampaio, cinco escalas na Serie A, sendo quatro de equipes paulistas (Palmeiras, Corinthians, Santos, São Paulo) e todas fora de casa. Coisas da arbitragem nacional onde as arbitragens são definidas por sorteio... Que coisa hein?
 
Bola Murcha para o árbitro alemão Felix Swayer que dirigiu Brasil 0x0 Portugal na Copa do Mundo sub20. Não que o Brasil merecesse vencer com facilidade até porque Portugal, para nós, foi melhor e perdeu muitos gols tanto no tempo normal como na prorrogação, mas há muito tempo não víamos um árbitro absolutamente voltado a nada marcar ou interpretar a favor da equipe brasileira. Nunca o vimos atuar, não podemos falar em má fé, mas nenhuma duvida temos que direcionou totalmente sua arbitragem. Depois de 0x0 em tempo normal, e 0x0 em prorrogação, o Brasil saiu classificado para as semifinais nos tiros desde o ponto penal por 3x1. Mas arbitragem á parte não gostamos da equipe nesta partida.
 
Bola Murcha para Wagner Reway e a penalidade máxima absurdamente visível e não marcada a favor do Avaí no clássico contra o Figueirense e aos cinqüenta minutos (acréscimos) da segunda etapa. O time inteiro do Avaí partiu para cima reclamando, “amarelou” um jogador e encerrou a partida. Pisada feia de bola Sr. Reway...
 
Não vimos e não damos Bola Murcha, mas são grandes as reclamações do Flamengo contra a arbitragem de Guilherme Cereta de Lima na vitoria sobre o Coritiba no Couto Pereira, mas o dado curioso é que após a polemica da final do Campeonato Paulista (vimos e não gostamos), esta não é a primeira reclamação e agora tanto na Copa do Brasil (vimos e não gostamos) como em anterior no Brasileiro. Que anda acontecendo já que sabe arbitrar?
 
Brasil 2x1 Peru. Gente, o tal de Dunga tem estrela. Agora (só Deus sabe como) são onze sem perder...
 
 
 
“AS DECEPÇÕES FAZEM ABRIR OS OLHOS E FECHAR O CORAÇÃO...”

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440