Bola Cheia 29/06

Bola Cheia para Chile 1x0 Uruguai que levou os chilenos á Semifinal da Copa America e com total justiça. Partida renhida e difícil mais parecendo um ataque contra defesa, com o Chile buscando o gol e o Uruguai se defendendo e “arriscando” uma ou outra saída ao ataque. Partida que começou a se definir aos 20 da segunda etapa quando Cavani foi expulso de campo desequilibrando ao valente Uruguai. Sandro Meira Ricci não teve problemas técnicos, aplicou corretamente os Cartões Amarelos (sete), exceção feita ao primeiro, para Valdivia no inicio da partida (coisa de arbitro esperto), mas também “recebeu” pelo menos uns três Cartões Amarelos dados pelos jogadores fugindo destas situações. Errou na expulsão única de Cavani, como errou na de Fuccili ambos do Uruguai. Na de Cavani seu adversário Jara fez nele um “exame de próstata” antes de receber o tapa no rosto. Várias vezes rodinhas á sua volta e somente observando sem ações, e acréscimos finais pessimamente determinados visto que, quando dos fatos (ultima expulsão) faltavam três minutos, a partida ficou paralisada seis minutos e Sandro acresceu somente quatro. Jogo difícil, mas para nós mais uma arbitragem muito ruim, daquele que entendemos “inteligente” demais em “determinadas partidas”, e como foi nesta ocasião também sua “inteligente” escalação.  Permitam-nos a observação de que nossos olhos enxergam de maneira diferente do torcedor, o que diz respeito á Comissões de Arbitragem, Árbitros e arbitragens e se quiserem melhor nos entender leiam em “colunas” a matéria “O que é árbitro inteligente?” postada tempos atrás e talvez vocês comecem a enxergar também com olhos diferenciados...
 
 
Bola Cheia nos noventa minutos regulamentares para Argentina 0x0 Ospina, numa das maiores atuações de um goleiro dentro de uma Copa America. Uma equipe jogou e outra não quis jogar e nitidamente tentando a todo custo levar a decisão para os tiros desde o ponto penal, o que acabou conseguindo graças a seu goleiro Ospina. Na decisão por tiros desde o ponto penal muita emoção até o 4x4, mas ai a coisa “pegou” e os cinco tiros seguintes foram desperdiçados. No ultimo coube a Tevez marcar e levar com Argentina 5x4 Colômbia á semifinal da Copa. Arbitragem mais uma vez de baixo nível nos aspectos disciplinares, “recebeu” vários cartões amarelos dos jogadores, como Sandro Meira Ricci. muitas faltas não marcadas, mas tecnicamente nenhuma polemica no trabalho do mexicano Roberto Garcia.
 
 
Bola Cheia para o zagueiro Durval, ex Santos e hoje no Sport, que no sábado jogando contra a Chapecoense completou os nove jogos do Brasileirão sem cometer uma única infração. São, no mínimo, 810 minutos jogados além dos acréscimos nas partidas e uma marca difícil de ser conseguida em se tratando de zagueiros.
 
 
Bola Cheia para o Corinthians 2x1 Figueirense cm o Timão tendo dificuldades na primeira etapa, mas deslanchando na segunda e fazendo seus dois gols. Um time praticamente novo e ainda sem certeza que dará certo, mas aqui pelo menos faturou os três pontinhos. Arbitragem de Igor Benevenuto sem maiores problemas, destacando-se anulação de gol do Figueirense, corretamente, e na ação do assistente Paulo Costa. Disciplinarmente “aliviou” para Cereceda, do Figueirense, que deveria ter recebido o segundo amarelo e conseqüente expulsão. Tecnicamente mais acertos que erros e penalidade máxima marcada com acerto e convicção para o Corinthians.
 
 
Bola Cheia para Palmeiras 4x0 São Paulo numa tarde inspirada esmeraldina, mas com detalhes que, fatalmente, nos remetem á ações de seu novo treinador. Do outro lado um São Paulo que até começou bem na partida e que desmoronou após o primeiro gol. Se esta partida não for uma “ação isolada” por parte do Palmeiras, repetindo a boa atuação as coisas mudarão de cara no Verdão. Excelente arbitragem de Anderson Daronco, sem nenhum problema técnico, administrou dois amarelos para o São Paulo, mas isso não o comprometeu, e agiu sempre preventivamente quando possíveis entreveros poderiam ocorrer usando sua presença física.
 
 
 
“UM VENCEDOR CAMINHA SEM PISAR EM NINGUÉM”

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440