Bola Murcha 29/06

Inadmissível, coisas de bandidos, nojento... A mais nova “descoberta” de roubo na arbitragem e aqui na Libertadores da América não tem adjetivos para ser definida. Desta vez é Carlos Amarilla o pivô deste escândalo que tirou o Corinthians da competição, mas a coisa não é nova, pois o Palmeiras em 2001 também foi garfado contra o mesmo Boca Juniors, e com Ubaldo Aquino no apito. A descoberta não se limita única e exclusivamente a estas duas situações, mas ao futebol argentino mais especificamente. Porém a nós nada surpreende e estejam certos, não acontecia somente na Conmebol...
 
 
E nem começou a semana lá se vai o décimo treinador demitido no Brasileirão. Após os “tombos” de Luxemburgo, Drubsky, Marcelo Oliveira, Milton Cruz, Felipão, Hemerson Maria, Oswaldo de Oliveira, Doriva, Marquinhos Santos agora chegou a vez de Helio dos Anjos no Goiás. Quem será o primeiro clube a trocar os já “trocados”?
 
 
Preso na semana passada Flavio Lucio Magalhães foi solto na terça feira e, por justiça á informação dada semana passada, registramos aqui. Fica na Bola Murcha, pois quem não deve nada deve temer, e ele, em todas as imagens e fotos que vimos sempre cobria seu rosto, quando deveria enfrentar de cabeça erguida e sem se esconder.
 
 
Bola Murcha para Jara, do Chile que na partida contra o Uruguai fez no adversário Cavani um “exame de próstata” e ainda levou vantagem. Cavani revidou com uma tapa e foi expulso e ele não. Se Suarez na Copa do Mundo por dar uma mordida no adversário acabou levando uma suspensão de nove jogos, qual será a punição pelo exame se Jara “nem médico é”. Só rindo...
 
 
E a CBF então que tomou o “maior chapéu” e a MP do futebol foi aprovada sem nenhuma das emendas por ela proposta? Seus dois representantes na sessão que discutiria tais emendas atrasaram cinco minutos para chegar e os demais “fecharam o caixão” aprovando... Chapéus não somente se usam e às vezes também se... tomam. 
 
 
Bola Murcha para Fátima Bernardes que, em seu programa, e ao vivo na TV Globo enviou condolências aos familiares pela morte de Cristiano... Ronaldo.
 
 
Bola Murcha para o péssimo futebol brasileiro que nem mesmo do pior Paraguai que já vimos ao longo dos anos consegue ganhar.  Brasil 1x1 Paraguai com o “menino mimado” Tiago Silva mais uma vez mostrando todo seu desequilíbrio, com Elias “proibido” de atacar o que é seu forte nas chegadas de surpresa á área, com Firmino jogando “enfiado” quando no clube joga vindo buscar, e com o time ucraniano do Shaktar Donetsk “comandando” o que chamamos de ”nossa” seleção. Mais uma vergonha que, com certeza nos fará sofrer muito nas eliminatórias da Copa do Mundo, e com grandes possibilidades de não estarmos por lá. A eliminação nos deixa fora também, pela primeira vez, da Copa das Confederações além de Neymar ficar fora das duas primeiras partidas das eliminatórias da Copa.  E pela primeira vez uma ótima arbitragem na competição, do uruguaio Andrés Cunha com pequenos erros normais e comuns ás arbitragens.
 
 
Bola Murcha para nos todos sendo feitos de palhaços por quem comanda, dirige e joga na Seleção Brasileira. Perder ou ganhar é coisa do futebol, mas continuar mantendo o “engana trouxa, ou palhaço” é o sentimento que se tem ao ver Dunga sorrindo largamente ao cumprimentar os paraguaios, e não mostrando nenhum desconforto com a derrota. É o sentimento que se tem ao ver Dunga na coletiva dizer que a Copa America “foi ótima” para o futebol brasileiro. E o sentimento que se tem quando o “menino mimado” perguntar se foi ele quem meteu a mão na bola e que não se lembrava de nada. É o sentimento que se tem ao saber que pela primeira vez na historia não estaremos na Copa das Confederações.
 
 
Sandro Meira Ricci, depois das lambanças, será o arbitro de Argentina x Paraguai. Olha, se você souber qual é o segredo nos conta? Até sabemos, mas só seria uma... simples confirmação.
 
 
“E SE UM DIA VOCE DESCOBRIR QUE TUDO ISSO QUE VOCE DEFENDE É UMA TREMENDA MENTIRA, E QUE VOCE SOMENTE ESTÁ SENDO USADO?”

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440