Bola Murcha - 14/09


Bola Murcha para dois “espertos” da segunda feira passada: O Presidente do Flamengo soltando nota á imprensa lamentando pelo gol irregular marcado por sua equipe contra o Fluminense, e o Treinador Tite dizendo-se preocupado com as próximas arbitragens de sua equipe e por causa das “ondas de favorecimento” anteriores. Duas distintas formas de pressão sobre os próximos árbitros de seus jogos...
 
Bola Murcha para o mau futebol de Internacional 1x0 Palmeiras e com a equipe paulista desfalcada de seis titulares e mais outros cinco que poderiam ser opções. Um gol “achado” de Nilton e novamente de “bola parada” decidiu para os gaúchos. Wagner Reway na arbitragem apesar de não interferir diretamente no resultado final mostrou-se sem nenhum critério quer técnica como, e especialmente, nas questões disciplinares. Ficou devendo vários Cartões Amarelos, deveria ter expulsado Leandro Almeida já na primeira etapa, não o fez e o expulsou no inicio da segunda. Acertou na expulsão de Nilton com Cartão Vermelho direto, mas “afinou” ao não expulsar ao zagueiro Paulão. É efetivamente árbitro de poucas condições.
 
Bola Murcha para Cleber Machado durante a transmissão de Santos x São Paulo que, entre outras “mancadas” cometeu uma impagável: Com a imagem mostrando um papel cheio de anotações disparou; “Olhem as anotações que já fez Juan Osório. E estão todas em azul”.  Pisou feio na bola, pois as anotações eram de um papel usado pelo repórter da TV Bandeirantes Nivaldo de Cilo.
 
Bola Murcha, mas muito murcha para Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza pela penalidade máxima escandalosamente não marcada para o Cruzeiro, e quando a partida com o Flamengo estava empatada sem gols. Não pode um árbitro deixar de marcar e claramente afinar e ter medo de cumprir a regra. Confessamos nossa decepção, pois nenhuma desculpa o absolve...
 
Bola Murcha para a proposta da CBF á FIFA no que diz respeito ao uso da tecnologia nas partidas de futebol. O problema da proposta é a forma e não o uso da tecnologia da qual somos e seremos sempre favoráveis. Porém, no moldes apresentados deve ser uma brincadeira de mau gosto. Mostra cada vez mais a visão curta das pessoas que dirigem algo tão sério. Ou seria neste momento uma maneira de desviar a atenção para os problemas maiores?
 
Bola Murcha para Raphael Claus em Coritiba 0x1 Internacional com os gaúchos batendo muito, especialmente em Kleber, recebendo sete Cartões Amarelos pelo rodízio de faltas no estilo típico de Argel Fucks, seu treinador, mas sem nenhuma expulsão. Porém entendemos que, teoricamente, o resultado poderia e deveria ser outro se Claus não deixasse de marcar duas penalidades máximas, a primeira até discutível, mas a segunda absolutamente clara, nos moldes da não marcada por Marcelo Ribeiro e acima comentada. É inadmissível que um árbitro faça “vista grossa”, pois viu que a infração aconteceu. Como Marcelo Ribeiro merece ver algumas rodadas pela TV, e como punição mínima. Não da para aceitar lances como estes dois sem punição.
 
Heber Roberto Lopes voltou depois de não passar nos testes físicos e ficar afastado das escalas e, provavelmente ainda mal condicionado, encontrou uma maneira para “levar o jogo” que teve somente 52% de bola rolando: Não deixou ter jogo. Amarrou tudo o que podia, encurtou os acréscimos necessários, e arbitrou para si e não para o espetáculo. E logo aos seis minutos “afinou” não expulsando a Durval, do Sport, que cometeu falta, recebeu apenas Cartão Amarelo, quando o atacante do Fluminense tinha clara oportunidade de gol e deveria ter sido expulso.
 
E para finalizar a coluna o ilustre Leandro Pedro Vuaden que vem errando seguidamente e trazendo prejuízos a clubes e ao campeonato, voltou a aprontar em Cruzeiro x Atlético, parecendo que tem “careta branca” para errar e seguir nas escalas. Será que nas próximas ira fazer companhia a Marcelo Ribeiro, Raphael Claus e quem sabe outros mais?
 
 
“CUIDADO COM O QUE VOCE FAZ HOJE, POIS A VIDA LHE COBRA COM JUROS AMANHÔ
Leia mais
  1. bola murcha - 03/12/2018
  2. bola murcha - 26/11/2018
  3. Bola Murcha - 19/11
  4. bola murcha - 12/11/2018
  5. bola murcha - 05/11/2018
  6. bola murcha - 29/10/2018
  7. bola murcha - 22/10/2018
  8. bola murcha - 15/10/2018
  9. bola murcha - 08/10/2018
  10. bola murcha - 01/10/2018
  11. bola murcha - 24/09/2018
  12. bola murcha - 17/09/2018
  13. bola murcha - 10/09/2018
  14. bola murcha - 03/09/2018
  15. bola murcha - 27/08/2018
  16. bola murcha - 20/08/2018
  17. bola murcha - 13/08/2018
  18. bola murcha - 06/08/2018
  19. bola murcha - 30/07/2018
  20. bola murcha - 23/07/2018
  21. bola murcha - 18/06/2018
  22. bola murcha - 11/06/2018
  23. bola murcha - 04/06/2018
  24. BOLA CHEIA - 04/06/2018
  25. bola murcha - 28/05/2018
  26. bola murcha - 21/05/2018
  27. bola murcha - 14/05/2018
  28. bola murcha - 07/05/2018
  29. bola murcha - 23/04/2018
  30. bola murcha - 16/04/2018
  31. bola murcha - 09/04/2018
  32. bola murcha - 09/04/2018
  33. bola murcha - 26/03/2018
  34. bola murcha - 19/03/2018
  35. bola murcha - 12/03/2018
  36. bola murcha - 05/03/2018
  37. bola murcha - 26/02/2018
  38. bola murcha - 19/02/2018
  39. bola murcha - 14/02/2018
  40. bola murcha - 05/02/2018
  41. bola murcha 29/01/2018
  42. BOLA MURCHA - 22/01/2018
  43. bola murcha 15/01/2018
  44. BOLA MURCHA 22/12
  45. Bola murcha 04/12
  46. Bola murcha 27/11
  47. BOLA MURCHA 20/11
  48. BOLA MURCHA 13/11
  49. bola murcha 06/11
  50. bola murcha 30/10
Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Próximo

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440