Bola Cheia - 26/01/16


BOLA CHEIA
 
A AAGSP cumprimenta e apóia a indicação dos novos integrantes da arbitragem paulista.  Dionísio Roberto Domingos, Ednilson Corona e José Henrique de Carvalho, na certeza de que o melhor possível farão nas novas funções. Novos nomes ainda não divulgados a eles se juntarão proximamente. Nós torceremos por um bom trabalho, esperando que nosso quadro volte a ser o monitor deste país, e em que se fizer necessário estaremos dando nossa colaboração.
 
Bola Cheia para Cruzeiro 2x1 Sport, resultado que levou a equipe mineira á semifinal da Copinha e com méritos totais. Teve maior domínio da partida, Fez dois gols de diferença e administrou bem a vantagem, levando o Gil somente nos minutos finais e após uma reposição de bola errada de seu goleiro. Mais uma boa arbitragem de Luciano Monteiro dos Santos (2004/35 anos), tecnicamente bem, colocação e movimentação adequadas, e disciplinarmente com comando dos jogadores a quem aplicou corretamente todos os Cartões Amarelos além de Amarelo seguido de Vermelho á jogador do Sport. Aproveitou bem as três oportunidades que teve ate aqui na Copinha e merece ser mais bem observado.
 
Bola Cheia para Corinthians 6x1 Ituano num ótimo jogo de futebol e onde, pelas oportunidades perdidas pelas duas equipes poderíamos ter um numero muito maior de gols. Encontrou aqui o Corinthians um excelente adversário que jogou de igual para igual e a goleada sofrida não condiz com sua apresentação em campo, mesmo que curiosamente o Timão dela tenha se feito merecedor. Arbitragem de Thiago Luis Scarascati (2004/32 anos) com acertos e poucos erros e da mesma forma que seus dois assistentes. Duas penalidades máximas para o Corinthians marcadas com acerto, mas na primeira o zagueiro merecia Cartão Vermelho por ter impedido uma oportunidade de gol, uma bola ao chão logo no inicio de jogo executada de maneira incorreta, e gol bem anulado do Corinthians ainda na primeira etapa.
 
Bola Cheia para America 2x2 Bahia em partida de absoluta igualdade, oportunidades iguais, com mais méritos ao Bahia que atuou grande parte da segunda etapa com um jogador a menos, por expulsão. Beneficiado pelo regulamento o Bahia chegou até aqui mesmo depois de ser “eliminado”, marcou 2x1 aos quarenta e levou o empate aos 44 minutos na etapa final. Nas penalidades máximas foi mais feliz o time mineiro (3x2) que passou á semifinal. Gostamos muito do trabalho de Leonardo Ferreira Lima (2003/31 anos) na partida, com decisões claras e oportunas, ótima movimentação e colocação, bom uso do apito, controle total sobre os jogadores, cartões amarelos bem aplicados e expulsão de jogador baiano corretíssima pelo segundo amarelo na partida. Que tenha um ano promissor é o que lhe desejamos.
 
Bola Cheia para Corinthians 2x1 Cruzeiro em partida de excelente nível técnico e que levou o Timão a mais uma final da Copa São Paulo de Juniores, e diga-se com méritos totais, tanto pela campanha como por esta “virada” frente á ótima equipe mineira e marcando dois gols que foram verdadeiras “pinturas” de arte. Arbitragem de bom nível de Thiago Duarte Peixoto (2003/36 anos), poucos erros e nenhuma interferência negativa na partida.
 
Com uma difícil vitoria sobre o America Mineiro por 2x1 o Flamengo conquistou o direito de enfrentar ao Corinthians na grande final da Copinha, e o Pacaembu verá uma decisão entre as duas maiores torcidas deste país. Partida de muita igualdade, Flamengo e America apresentaram vários jogadores que certamente em breve estarão em suas equipes principais, e a vitoria poderia ter surgido a qualquer um dos dois. Muito bom trabalho de Marcio Roberto Soares (2000/36 anos), tranqüilo e determinado, sem situações polemicas e total controle sobre os jogadores.
 
Bola Cheia para o Flamengo, Campeão da Copa São Paulo de Juniores, e com um brilhante Vice Campeão, o Corinthians, que terminou a competição invicto. Corinthians 2x2 Flamengo no tempo normal já deixariam teoricamente como injusto o resultado, e pelo erro de Danilo Ricardo Simon Manis que invalidou, por impedimento inexistente, a gol da equipe carioca. Decisão nos tiros desde o ponto penal e com alguns jogadores “com marra demais nas cobranças” e errando quando era momento de se usar seriedade e responsabilidade. Na arbitragem o novato Rafael Gomes Felix da Silva (2006/32 anos) apesar de não ter sido muito exigido nem técnica nem disciplinarmente mostrou que “é do ramo”, tranqüilo e concentrado, muito boa movimentação e colocação, enfim poderá vingar. Discerniu muito bem (e como determinam as regras) mão na bola e bola na mão, aplicou com absoluta correção os dois Cartões Amarelos aos goleiros durante os tiros desde o ponto penal. E para felicidade do bom Danilo Ricardo Simon Manis (2002/34  anos) que errou no lance acima comentado mas que não interferiu no vencedor da Copinha.
 
Bola Cheia para as arbitragens da Copa São Paulo de Juniores, provando que necessariamente nem “só Jesus Cristo” para arbitrar. Claro que foi uma competição diferenciada, menor pressão, mas eram igualmente onze de cada lado, um árbitro central e dois árbitros assistentes, uma bola e MUITAS CAMERAS DE TELEVISÃO, ou seja, tudo igualzinho aos Campeonatos Nacionais e não se viram os erros primários e absurdos de todo Campeonato Brasileiro de 2015 mesmo com “um caminhão” de jogos diários. Somos adeptos da tecnologia na arbitragem e não contrários a ela, mas a Copinha deixa provado de que quando se deixa o arbitro trabalhar dentro de suas convicções, não o robotizando com instruções “personalistas” a margem de erros é infinitamente inferior. Exigir de todos e que todos sejam “iguaiszinhos” é tirar de cada um o que mais ele necessita para ter tranqüilidade e acertar mais numa partida, ou seja: CONCENTRAÇÃO. Ir para o campo de jogo com a cabeça “cheia de recomendações” não o deixa agir de acordo com suas convicções, nivela a todos por igual robotizando-os, e, aliás, uma das razões de não mais se terem árbitros diferenciados como muitos no passado.
 
 
 
“DE AO HOMEM UMA MASCARA, E ELE REVELARÁ QUEM REALMENTE É”

Leia mais
  1. BOLA CHEIA - 18/09/2017
  2. BOLA CHEIA - 11/09/2017
  3. BOLA CHEIA 28/08
  4. BOLA CHEIA - 21/08/2017
  5. BOLA CHEIA - 14/08/2017
  6. BOLA CHEIA - 07/08/2017
  7. BOLA CHEIA - 31/07/2017
  8. BOLA CHEIA - 24/07/2017
  9. BOLA CHEIA - 17/07/2017
  10. BOLA CHEIA - 10/07/2017
  11. BOLA CHEIA - 03/07/2017
  12. BOLA CHEIA - 26/06/2017
  13. BOLA CHEIA - 19/06/2017
  14. BOLA CHEIA - 12/06/2017
  15. BOLA CHEIA - 05/06/2017
  16. BOLA CHEIA - 29/05/2017
  17. BOLA CHEIA - 22/05/2017
  18. BOLA CHEIA - 15/05/2017
  19. BOLA CHEIA 07/05
  20. BOLA CHEIA 01/05
  21. BOLA CHEIA - 24/04/2017
  22. BOLA CHEIA - 17/04/2017
  23. BOLA CHEIA 11/04
  24. BOLA CHEIA - 03/04/2017
  25. BOLA CHEIA - 27/03/2017
  26. BOLA CHEIA - 20/03/2017
  27. BOLA CHEIA 13/03
  28. BOLA CHEIA - 06/03/2017
  29. Bola Cheia - 26/02
  30. BOLA CHEIA - 20/02/2017
  31. BOLA CHEIA - 13/02/2017
  32. BOLA CHEIA - 06/02/2017
  33. BOLA CHEIA - 30/01/2017
  34. BOLA CHEIA - 23/01/2017
  35. BOLA CHEIA - 16/01
  36. BOLA CHEIA - 09/01/2017
  37. BOLA CHEIA - 19/12
  38. BOLA CHEIA - 12/12/2016
  39. BOLA CHEIA - 05/12
  40. BOLA CHEIA - 28/11/2016
  41. BOLA CHEIA - 21/11
  42. BOLA CHEIA - 14/11/2016
  43. Bola cheia - 07/11
  44. Bola cheia - 24/10
  45. BOLA CHEIA - 17/10
  46. BOLA CHEIA - 10/10
  47. Bola cheia - 03/10
  48. BOLA CHEIA - 26/09
  49. BOLA CHEIA - 19/09/2016
  50. BOLA CHEIA 12/09/2016
Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440