2ª COPA UDV - SUPERLIGAMUNDIAL

SUPER LIGA MUNDIAL – U.D.V

 
2º COPA U.D.V – UNIÃO DA VÁRZEA
 
REGULAMENTO  2016
 
 
 
 
CAPÍTULO I – Objetivo e Disposições Preliminares
 
Art. 1º- A 2º Copa U.D.V – União da Várzea tem por finalidade congregar e proporcionar aos envolvidos um intercâmbio sócio desportivo, incentivando de forma salutar a prática do esporte, bem como estreitar os laços com a comunidade em geral.
Art. 2º- A 2º Copa U.D.V – União da Várzea do ano de 2016, doravante denominado apenas 2º Copa U.D.V, será disputado pelas equipes que fizeram o cadastro e o pagamento da taxa de inscrição até o dia 23/02/2016, relacionadas ao final deste Regulamento.
Art. 3º- O Campeonato será promovido pela Super Liga Mundial de Esportes Amador, regido pelas leis e normas vigentes e por este Regulamento.
Art. 4º- Este REGULAMENTO não poderá ser alterado, quanto à forma de disputa, salvo, se por unanimidade.
Art. 5º- As Equipes participantes do Campeonato reconhecem a JUSTIÇA DESPORTIVA como única e definitiva instância para resolver as questões que surjam entre elas ou, entre elas e a pela Super Liga Mundial de Esportes Amador, renunciando expressamente, assim, de valer-se do Poder Judiciário.
§1º- Cada Equipe é obrigada a participar das partidas nas datas, locais e horários estabelecidos na tabela ou Boletim.
§2º- Cada Equipe é obrigada a aceitar as modificações deste REGULAMENTO, quando tomadas no interesse de todos os participantes, ressalvadas o contido no Art. 4º.
 
CAPÍTULO II - Dos Troféus e dos Títulos
 
Art. 6º - Serão premiadas as 3 (três) primeiras equipes como segue:
 
a) Primeira colocada - Campeã, troféu ouro, medalhas ouro, um uniforme completo da Magnio Sport, 12 lavagens SportClean, Kit Bioleve e premiação em dinheiro R$ 3.000,00 (Três mil reais) pago em até 30 dias corridos depois da partida final.
 
b) Segunda colocada – Vice Campeã, troféu, medalhas e premiação em dinheiro R$ 1.000,00 (Mil reais). pago em até 30 dias corridos depois da partida final.
c) Terceira colocada – Troféu, medalhas e premiação em dinheiro R$ 500,00 (Quinhentos reais). pago em até 30 dias corridos depois da partida final.
d) Artilheiro – Troféu
e) Goleiro Menos Vazado – Troféu
f) Melhor Jogador da Final – Troféu
 
CAPÍTULO III - Da Contagem dos Pontos
 
Art. 7º- A Fórmula de Disputa, as datas, horários e locais desta competição, constam na tabela de Jogos, em anexo a este regulamento:
 
a) por vitória = 3 (três) pontos;
b) por empate = 1 (um) ponto;
c) por derrota = 0 (zero) ponto; e
d) por derrota em função de W.O. = de 3 (três) pontos; e um gol de saldo +
e) por utilização de atleta irregular = perda de 6 (seis) pontos.
 
§ 1°- Caso a equipe infratora seja vencedora da partida, esta será considerada derrotada pelo seu adversário pelo placar de 1 x 0, perdendo 06 (seis) pontos, ou seja, os 03 (três) da vitória alcançada e mais 03 (três) pontos, totalizando 06 (seis) pontos negativos na sua contagem geral de pontos;
§ 2°- Caso a equipe infratora tenha empatado a partida, esta será considerada derrotada pelo seu adversário pelo placar de 1 x 0, perdendo 06 (seis) pontos, ou seja, o ponto ganho do empate e mais 05 (cinco) pontos, totalizando 06 (seis) pontos negativos na sua contagem geral de pontos.
§ 3°- Caso a equipe infratora tenha perdido a partida, será mantido o resultado da mesma e esta ainda perderá 06 (seis) pontos negativos na sua contagem geral de pontos.
 
CAPÍTULO IV - Da Organização e da Tabela dos Jogos
Art. 8º- A tabela dos jogos do Campeonato será elaborada pela Super Liga Mundial de Esportes Amador.
Art. 9º- Na elaboração da tabela, em suas diversas fases, observar-se-á, sempre que possível, o mesmo número de jogos por campo.
Art. 10º- Todos os jogos da Copa serão realizados em 4 campos, CDC CIDADE LÍDER, CDC UNIÃO DO MORRO, CDC SETE DE SETEMBRO, CDC JARDIM SÃO CARLOS.
Art. 11º- Não será permitida, em todo o campeonato, inversão do mando de campo.
 
CAPÍTULO V - Da Organização e Direção da Competição
Art. 12º - O Campeonato será organizado e dirigido pela Diretoria de Futebol da Super Liga Mundial de Esportes Amador, à qual competirá:
a) elaborar as tabelas da Copa;
b) tomar providências de ordem técnica necessária à organização da Copa;
c) aprovar ou não jogos, à vista das súmulas e dos relatórios dos árbitros;
 
CAPÍTULO VI - Do Adiamento e da Suspensão das Partidas
Art. 13º- Qualquer partida, em virtude de mau tempo, ou outro motivo de força maior, poderá ser adiada pelo representante da Super Liga Mundial de Esportes Amador, desde que este o faça até 3 horas antes do seu início, dando-se ciência da decisão aos representantes das Equipes interessadas e à Liga, imediatamente após sua decisão.
Art. 14º- O Árbitro é a única autoridade competente para decidir no campo, por motivo relevante ou de força maior, o adiamento, ou a suspensão de uma partida.
 
CAPÍTULO VII - Da Impugnação da Validade da Partida
Art. 15º - A Equipe que se julgar prejudicada, poderá requerer a impugnação da validade da partida, até dois dias úteis após o dia da realização da mesma e dentro do horário de funcionamento da Liga, por petição, que contenha as razões da impugnação, que será protocolada na Liga.
§ 1º - A petição será dirigida à Junta de Justiça Desportiva e só será aceita para protocolo após o recolhimento da taxa estipulada para tal.
§ 2º - A taxa para eventuais recursos será estipulada em meio salário mínimo, como caução de garantia, e será devolvido à equipe impetrante no caso do mesmo ser julgado procedente; se improcedente, será revertida para o fundo de reserva da Super Liga Mundial de Esportes Amador.
 
CAPÍTULO VIII - Da Condição de Jogo dos Atletas
Art. 16° - As Equipes poderão inscrever atletas até 72 horas antes da realização da 1º rodada da PRIMEIRA rodada da Copa.
§ 1º- Poderão participar da copa somente os atletas regularmente inscritos que preencham as seguintes condições:
 
a)CATEGORIA PRINCIPAL a idade mínima será de 16 (dezesseis) anos de idade desde que devidamente autorizados pelos pais ou responsável no ato da inscrição.
§ 1º- A inscrição será feita mediante o preenchimento de ficha fornecida pela Super Liga Mundial de Esportes Amador com os respectivos números da Carteira de Identidade e devidamente assinada por todos os atletas e pagamento da TAXA DE INSCRIÇÃO NO VALOR DE R$ 600,00 (seiscentos reais) pelas equipes novas e R$500,00 (quinhentos reais) pelas equipes que participaram da Bola de Ouro.
§ 2º- A documentação deverá ser protocolada na sede da Super Liga Mundial de Esportes Amador que dará condição de jogo ao atleta até o penúltimo dia anterior à realização da primeira rodada em que o mesmo participará desde que a documentação necessária para a inscrição esteja completa (ficha de inscrição preenchida conforme instruções na mesma e devidamente assinadas). Ao encerramento das inscrições, a Super Liga Mundial de Esportes Amador publicará em Boletim a relação dos atletas inscritos das equipes em condições de jogo para participar da copa.
§ 3º- O registro e/ou a inscrição do atleta, não lhe dá condição de jogo. Pois, esta só será dada mediante liberação da Super Liga Mundial de Esportes Amador.
§ 4º - Além dos suplentes, só poderão estar no banco mais duas pessoas, devidamente identificadas e registradas na súmula, como um Diretor, um Treinador.
Art. 17° - Os atletas de cada equipe, 20 (vinte) minutos antes da hora marcada para o início da partida, deverão assinar a súmula correspondente, após se identificarem perante o representante ou Arbitro. Em hipótese alguma será permitida a assinatura da súmula e, consequentemente, a participação na partida, do atleta que não se identificar, sendo que a equipe infratora será penalizada com a perda dos pontos da respectiva partida.
§ 1º- A identificação será feita mediante a apresentação da carteira de identidade ou outro documento com fé pública desde que tenha fotografia.
§ 2º- A assinatura da súmula deverá ser feita, primeiramente, pelos atletas da Equipe que tenha mando de campo.
Art. 18° - O atleta inscrito por uma Equipe não poderá competir por outra.
 
CAPÍTULO IX - Da Ordem e da Segurança das Partidas
Art. 20° - Compete à Equipe que tiver mando de campo, providenciar com a devida antecedência, duas bolas para realização da partida.
Art. 21° - Nas partidas em que houver necessidade da troca do uniforme, salvo acordo entre as Equipes disputantes, a troca será efetivada pela Equipe que for mandante.
Parágrafo único - Caso não haja mando de campo a troca de uniforme será feita por uma das Associações, determinada por sorteio que será realizado pelo Árbitro.
 
CAPÍTULO X - Da Arbitragem
Art. 22° - A arbitragem, das partidas ficará a cargo de árbitros e auxiliares contratados pela Super Liga Mundial de Esportes Amador.
Art. 23° - Nenhuma partida deixará de ser realizado pelo não comparecimento do Árbitro e de seus auxiliares.
§ 1º - Na falta de um ou mais integrantes da equipe de arbitragem, caberá aos presentes à decisão pela realização ou não da partida, inclusive pela inclusão de outros elementos à equipe, pertencentes ao quadro da Super Liga Mundial de Esportes Amador.
Art. 24° - O Arbitro só dará início à partida, após verificar pessoalmente, terem os atletas das equipes disputantes assinados a súmula do jogo, depois de suas identificações.
Art. 25° - Após a realização da partida, o Árbitro deverá elaborar a súmula e seus relatórios técnicos e disciplinares em modelos próprios, fornecidos pela Super Liga Mundial de Esportes Amador, e entregá-los em envelope fechado a Super Liga Mundial de Esportes Amador.
 
CAPÍTULO XI - Das Infrações e Penalidades
Art. 26° - Ressalvadas as sanções de natureza regulamentar, aqui expressamente prevista, as infrações disciplinares serão processadas e julgadas na forma estabelecida no Código Brasileiro Disciplinar de Futebol - CBDF.
Art. 27° - A inobservância das disposições deste REGULAMENTO sujeitará o infrator às seguintes penalidades, que serão aplicadas pela Super Liga Mundial de Esportes Amador, conforme o caso, independentemente das demais sanções de competência da Justiça Desportiva:
 
a) advertência;
b) repreensão por escrito;
c) inversão do mando de campo;
d) perda de pontos;
e) multa;
f) suspensão;
g) eliminação do campeonato; e
h) desfiliação.
 
Art. 28° - A agressão física, TENTADA OU CONSUMADA, ao Arbitro e seus auxiliares, dirigentes, atletas, torcedores e empregados.
§ 1º - Se os fatos mencionados neste artigo forem imputáveis à Equipe visitante, estará ela sujeita às mesmas sanções previstas para a Equipe visitada.
§ 2º - A tentativa de agressão ao árbitro e seus auxiliares, importará na suspensão do atleta infrator da copa.
§ 3º - A agressão física, tentada ou consumada, bem como a cusparada no árbitro e/ou seus auxiliares, importará na eliminação do agressor da copa.
§ 4º - A Junta Desportiva, cargo da Super Liga Mundial de Esportes Amador, terá autonomia para julgar todos os casos de indisciplina, podendo para tanto, absolver, penalizar com advertência, suspensão por até 01 (um) ano e/ou eliminação da Copa e da Super Liga Mundial de Esportes Amador, dos infratores (atletas, dirigentes ou membros de toda e qualquer equipe) que forem expulsos ou excluídos de qualquer partida.
Art. 29° - O atleta que for expulso de campo ou do banco de suplentes, ou por ter recebido o terceiro 3º cartão amarelo, fica automaticamente suspenso para próxima partida da copa.
Art. 30° - A Equipe que não apresentar sua equipe, até 5(cinco) minutos antes da hora marcada para início da partida, salvo motivo de força maior, plenamente comprovado, ficará sujeita a multa a ser definida pela Junta Desportiva da Super Liga Mundial de Esportes Amador.
§ 1º - Na hipótese prevista neste Art., o árbitro aguardará até 15 (QUINZE) minutos após a hora marcada de início da primeira partida de cada rodada, findos os quais a Equipe regulamentar presente será declarado vencedor por W.O aplicando-se contra a equipe infratora o maior placar negativo obtido na fase em favor da equipe regular.
Art. 31° - Nenhuma partida do Campeonato poderá ser iniciada ou reiniciada com menos de 7(sete) atletas, em quaisquer das Equipes disputantes.
§ 1º - Se o fato previsto no parágrafo anterior ocorrer com ambas as Equipes, as duas serão declaradas perdedoras, pelo escore de três a zero (3x0).
 
CAPÍTULO XII - Disposições Gerais e Finais
Art. 32° - Critérios de desempate a serem utilizados neste Campeonato:
a) Maior número de vitorias;
b) Confronto direto;
d) Menor número de cartões (amarelo e vermelho);
e) Saldo de gols;
f) Menor saldo de gols sofrido;
g) Maior saldo de gols feito;
h) sorteio na sede da Super Liga Mundial de Esportes Amador 24 horas após a realização da partida.
Parágrafo único - estes critérios serão aplicados a cada fase, considerando os dados próprios, exceto nas partidas de decisão de títulos.
Art. 33° - Cada equipe poderá inscrever até 25 (vinte e cinco) atletas isentos de taxa de inscrição. Os atletas inscritos além dos vinte e cinco só terão a inscrição confirmada mediante o pagamento de uma taxa no valor de R$ 20,00 (vinte reais) por cada novo atleta inscrito.
c) O atleta que receber três (3) cartões amarelos estará automaticamente suspenso da próxima rodada. O mesmo vale para o atleta que receber um (1) cartão vermelho.
d) Os cartões amarelos recebidos na fase classificatória não serão zerados na mudança de fase da competição.
Art. 34° - As partidas terão a duração de 70 minutos, divididos em dois tempos de 35 minutos, com intervalo de 10 minutos.
Art. 35° - Cada equipe é obrigada a apresentar, antes do início da partida, uma bola em condições de jogo, condição esta atestada pelo árbitro. A equipe ou as equipes infratoras perderão os pontos da partida em caso de cometimento de tal irregularidade.
Art. 36° - As equipes deverão estar obrigatoriamente trajadas de meião, calção e camisetas.
Art. 37° - SUBSTITUIÇÕES: CINCO SUBSTITUIÇÕES POR PARTIDA, MAS SOMENTE COM AUTORIZAÇÃO DO ÁRBITRO OU DA MESA.
Art. 38° - Para efeito de julgamento de recurso, será composta, sempre que necessária, uma junta formada por no mínimo 03 (três) e no máximo 05 (cinco) membros indicados pela Super Liga Mundial de Esportes Amador.
§ 1º - Esta junta é soberana e as equipes não poderão interpor recursos de suas decisões.
§ 2º - Em caso de empate no julgamento de uma lide, caberá ao Presidente da junta proferir o voto de desempate.
Art. 39º - Será determinado pela Super Liga Mundial de Esportes Amadoro local e horário para entrega de documentação.
Art. 40° - Os casos omissos no presente Regulamento serão dirimidos pela Diretoria Colegiada da Super Liga Mundial de Esportes Amador.
 

CAPÍTULO XIII - FORMA DE DISPUTA

Art. 41º - A Copa será disputada em 04 (quatro) fases, 1º fase ELIMINATORIAS, Oitavas, Quartas, Semifinal e Final, conforme tabela em anexo. SE CLASSIFICAM AS DUAS PRIMEIRAS EQUIPES DE CADA CHAVE.
 
§ 1° - Na Final, as equipes vencedoras da semifinal decidirão o título em uma única partida que deve ser realizada no campo definido pela Super Liga Mundial de Esportes Amador, em disputa do título de Campeã e Vice-Campeã da 2º Copa U.D.V – União da Várzea.
I. Caso ocorra empate no tempo normal, serão cobrados tiros livres diretos da marca do pênalti, 5 (cinco) pênaltis para cada equipe, na forma regulamentar, para conhecer o Campeão e Vice-Campeão.
 
 
São Paulo (SP), 28 de FEVEREIRO de 2016.
 
 
_____________________________________________
 
Carlos Neves
SUPER LIGA MUNDIAL DE ESPORTES AMADOR – U.D.V

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440