BOLA CHEIA - 13/06/16


Bola Cheia para o XV de Jaú que disputa hoje a segunda divisão paulista, ou seja, a quarta verdadeiramente e que tem uma média em seu estadio de 4.207 torcedores por jogo, e maior que as médias de Fluminense (2.592), Chapecoense (3.395) e América (1.758) no Campeonato Brasileiro. No jogo com a Internacional de Bebedouro foram 5.422 pagantes, enquanto que no Rio de Janeiro jogavam Fluminense x Botafogo para 2.860. Parabéns aos torcedores do Galo da Comarca e que possa retornar rapidamente ás divisões maiores do futebol paulista. Aliás, neste final de semana Botafogo e Vitória jogaram no Rio de Janeiro para 1.201 testemunhas...
 
Bola Cheia (pero no mucho) para o Brasil 7x1 Haiti num jogo de uma só equipe e com a outra mostrando total fragilidade e até mesmo inocencia para praticar o futebol. Poderia ter sido 8,9 ou 10x1 mas nossa seleção também mesmo frente a tal equipe ainda mostra incriveis deficiencias. Louve-se porém o Haiti que foi leal e procurou jogar somente seu futebol, sem indisciplina, anti jogo ou violencia. Valeu pelo resultado, pela goleada, mas nada representou como afirmação e maior expectativa de vencer a Copa America. E que ninguém esqueça de que no futebol existem alguns 7x1 e "outros" 7x1...
 
Bola Cheia para a Ponte Preta 2x1 Chapecoense que, com gol marcado aos quarenta e cinco minutos da etapa final derrubou o ultimo invicto do Campeonato Brasileiro. Partida de muita igualdade, empate faria juz ás equipes, mas foi mais feliz a macaca campineira. E os arremessos laterais irregulares de Reinaldo, lateral pontepretano continuam acontecendo sem que ninguem se de conta. Rodrigo Batista Raposo não interferiu diretamente no resultado, mostrou boa condição física, critérios ás vezes desiguais, necessitando se fazer mais respeitar pelos jogadores.
 
Bola Cheia para o Vasco da Gama pela linda série invicta que foi quebrada no fim de semana pelo Atletico Goianense.  Não perdia há sete meses, 34  partidas invictas, algo que nos dias atuais, pelo equilibrio das equipes, é dificil de se conseguir. Coisa de épocas remotas quando era base da Seleção Brasileira na decada de 50. Somente não se pode comparar a qualidade dos jogadores desta e daquela época...
 
Bola Cheia para o Palmeiras 1x0 Corinthians numa partida em que a primeira etapa foi absolutamente igual, mais de "pegada" de que técnica, disposição e determinação nas disputas de bola, lealdade entre os jogadores poucas oportunidades de gol e 0x0 muito justo. Já na segunda etapa mudaram as coisas e apesar de "pegada" teve muito mais técnica e jogo de conjunto especialmente da equipe alviverde. Defesa muito segura e sem dar maiores oportunidades ao adversário, meio de campo consciente e ataque que por inumeras vezes "rondou' o gol. Um belo jogo, nas caracteristicas de um verdadeito Derby, e vitória com total justiça do Palmeiras.  Arbitragem de Raphael Claus que tecnicamente teve pequenos e irrelevantes erros, entendemos ter existido a falta de Felipe em Prass com conclusão em gol anulado, porém em lance que possibilita diferentes interpretações;  disciplinarmente ficou devendo Cartão Amarelo para Fagner, mas manteve controle absoluto sobre os jogadores, "chegando sempre junto" e impedindo eventuais confusões. 
 
Bola Cheia para o Santos que depois de muito tempo sem vencer fora de casa acabou com tal "sina" vencendo ao Santa Cruz, no Recife, por 2x0 e numa partida em que correu inumeros riscos pela pressão oferecida pela "cobra coral" especialmente na segunda etapa. Mas sem contar com Grafite contundido o  Santa não fez, e o Santos aproveitou-se das oportunidades surgidas para marcar e trazer os tres pontos para casa. Elmo Rezende Cunha arbitrou, não se complicou, mas é árbitro mediano e até mesmo superado.
 
 
TRES COISAS NÃO PODEM SER ESCONDIDAS MUITO TEMPO: O SOL, A LUA E A VERDADE...
 
 NESTE CASO,  A VERDADE ESTÁ NA INCAPACIDADE DE QUEM DIRIGE, DENTRO E FORA DE CAMPO, NOSSA SELEÇÃO.
Leia mais
  1. BOLA CHEIA - 12/11/2018
  2. BOLA CHEIA - 05/11/2018
  3. BOLA CHEIA - 29/10/2018
  4. BOLA CHEIA - 22/10/2018
  5. BOLA CHEIA - 15/10/2018
  6. BOLA CHEIA - 08/10/2018
  7. BOLA CHEIA - 01/10/2018
  8. BOLA CHEIA - 24/09/2018
  9. BOLA CHEIA - 17/09/2018
  10. BOLA CHEIA - 10/09/2018
  11. BOLA CHEIA - 03/09/2018
  12. BOLA CHEIA - 27/08/2018
  13. BOLA CHEIA - 20/08/2018
  14. BOLA CHEIA - 13/08/2018
  15. BOLA CHEIA - 06/08/2018
  16. BOLA CHEIA - 30/07/2018
  17. BOLA CHEIA - 23/07/2018
  18. BOLA CHEIA - 18/06/2018
  19. BOLA CHEIA - 11/06/2018
  20. BOLA CHEIA - 04/06/2018
  21. BOLA CHEIA - 28/05/2018
  22. BOLA CHEIA - 21/05/2018
  23. BOLA CHEIA - 14/05/2018
  24. BOLA CHEIA - 07/05/2018
  25. BOLA CHEIA - 23/04/2018
  26. BOLA CHEIA - 16/04/2018
  27. BOLA CHEIA - 09/04/2018
  28. BOLA CHEIA - 09/04/2018
  29. BOLA CHEIA - 02/04/2018
  30. BOLA CHEIA - 26/03/2018
  31. BOLA CHEIA - 19/03/2018
  32. BOLA CHEIA - 12/03/2018
  33. BOLA CHEIA - 05/03/2018
  34. BOLA CHEIA - 26/02/2018
  35. BOLA CHEIA - 19/02/2018
  36. BOLA CHEIA - 14/02/2018
  37. BOLA CHEIA - 05/02/2018
  38. BOLA CHEIA 29/01
  39. BOLA CHEIA - 22/01/2018
  40. BOLA CHEIA 15/01/2018
  41. BOLA CHEIA 21/12/2017
  42. BOLA CHEIA 04/12
  43. Bola cheia 27/11
  44. BOLA CHEIA 20/11
  45. BOLA CHEIA 13/11
  46. BOLA CHEIA 06/11
  47. BOLA CHEIA 30/10
  48. BOLA CHEIA 23/10
  49. BOLA CHEIA 16/10
  50. BOLA CHEIA 11/10
Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Próximo

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440