BOLA CHEIA - 05/07/2016

 BOLA CHEIA para o Cruzeiro, legitimo Campeão da Copa do Brasil, e que para chegar  a isso passou por São Paulo, Grêmio, Palmeiras, o que lhe dá um maior 'carimbo" de qualidade na competição. Na decisão contra o Flamengo uma partida fraca tecnicamente e onde o medo de perder tirou das equipes a chance maior de ganhar , mas éra decisãoe tudo se tem de respeitar. O 0x0 durante os noventa minutos foi algo justo e castigo seria alguém vencer no tempo normal. Nas penalidades foi a Raposa mais competente, não desperdiçou nenhuma delas e coube ao "astro" Diego perder a sua e determinar a vitória cruzeirense. Capitulo á parte foi a arbitragem de Luis Flavio de Oliveira que, não foi perfeito, teve mínimos erros, "segurou" alguns Cartões Amarelos, mas pelo momento vivido por nossa arbitragem merece todos os elogios e cumprimentos pela serenidade, competencia, e domínio absoluto sobre os jogadores fazendo com que uma grande e nervosa decisão tivesse começo, meio e fim. Éum momento do apito que necessita ser destacado. Parabéns.
 
BOLA CHIEA para o Santos que no Allianz Parque venceu ao Palmeiras por 1x0 e continua na "caça" do lider Corinthians. Partida atípica, dominio palmeirense na primeira etapa com o Peixe saindo esporadicamente em um ou outro contra ataque, mas sem levar grandes perigos para Fernando Prass. E como no futebol nem sempre quem joga melhor vence, foi o Santos totalmente "empurrado" pelo Verdão na segunda etapa e, numa  de suas escapadas rapidas acabou conseguindo o gol e por consequencia a vitória. Vitória justa, aliás, pois seu gol foi marcado legitimamente, mas para o Palmeiras pode-se falar em "injustiça" por ter sido melhor na partida. Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza não foi, para nós, o mesmo bom árbitro do retrospecto, não teve erros determinantes, mas teve critérios distintos no julgamento na marcação ou não de infrações. Nada que invalide sua boa qualidade mas neste clássico não esteve em seus melhores dias.
 
BOLA CHEIA para a Academia Desportiva Manthiqueira, Campeão Paulista da Segunda Divisão. A equipe de Guaratinguetá conseguiu o acesso e o título ao vencar o São Bernardo por 2x1, e para quem não sabe, é clube cujas ações diretivas e de jogadores são calcadas no Jogo Limpo, na Honestidade e tem uma cartilha que regem seus principios do dia a dia. Vale a pena conhecer a Cartilha de Conduta implantada no clube para a partiipação nas partidas. Parabéns, Manthiqueira, e sucesso...
 
BOLA CHEIA para o Corinthians que, mesmo não jogando bem conseguiu um empte muito valioso contra o  Cruzeiro no Minerão, mantendo sua "gordura", e agora sobre o Santos. Primeira etapa totalmente dominada pelos mineiros e com o Timão sem força ofensiva. Já na segunda etapa mudou o Corinthians e passou a ter  maior ação ofensiva na partida, porém faltando o homem da finalização. Teve ainda gol de Balbuena anulado erroneamente por impedimento inexistente, mas conseguiu através de uma penalidade máxima igualar  em 1x1, um resultado que c ertamente o satisfez. Rodolpho Toski Marques teve bom desempenho técnico, fisico e disciplinar, (exceto a dura que levou de Fagner) marcou com acerto penalidade máxima para o Corinthians. Gol anulado de Kazin correto e na ação de Bruno Boschillia, mas gol de Balbuena mal anulado por ação de Vitor Hugo Imazu num impedimento marcado de forma equivocada. Errou numa reversão de arremesso lateral, "sendo juvenil" pois reverteu a cobrança do Cruzeiro por cobrança fora do local de saída de bola (e isto corretamente), mas quando o Corinthians cobrou a reversão, o fez no mesmo local onde foi o Cruzeiro punido.
 
BOLA CHEIA para o São Paulo que venceu ao Sport por 1x0, de quebra saiu da Zona de Rebaixamento, em um resultado que deve, e muito, pelas duas defesas "monstruosas" do goleiro Cidão e as duas dentro dos "49 minutos" da etapa final.
 
ESPELHO, ESPELHO MEU... PORQUE AS PESSOAS SE PREOCUPAM MAIS COM A MINHA VIDA DO QUE EU

BOLA CHEIA
 
Bola Cheia para Fernando Prass que, próximo dos 38 anos de idade, é premiado com sua convocação para a Seleção Olímpica. Uma justa e meritória convocação de um atleta responsável, líder por onde passou, e com todo o perfil para se tornar o capitão da equipe.
 
Bola Cheia também para o São Paulo, apesar do alto preço pago, que manteve Maicon no tricolor. Outro atleta que em pouco tempo ganhou o respeito e a admiração de dirigentes e torcedores, e é hoje o maior líder da equipe.
 
Bola Cheia para Grêmio 3x2 Santos em partida de inúmeras alternativas, ótimos momentos, muito equilíbrio e maior felicidade dos gaúchos que marcaram gols aos dois e aos quarenta e quatro minutos na primeira etapa, fazendo 2x0, sofrendo a reação santista na segunda etapa e, novamente no "apagar das luzes" marcando o gol que lhe garantiu os três pontos. Não foi um resultado injusto, mas o Santos fez por merecer um resultado melhor e o empate em dois gols cairia bem pelo que se viu. Eduardo Valadão mais uma vez não nos mostrou ser árbitro já preparado, se realmente for árbitro de qualidade, mostrando-se indeciso, confuso e sem critérios definidos. O "retrato" disto foram as reclamações constantes das duas equipes durante a partida. Concluindo até podemos entender que foi lançado na Série A, e repetimos, se for bom árbitro, sem a retaguarda e orientação necessária nos aspectos psicológicos e comportamentais. Alessandro Rocha Matos, um ótimo assistente, marcou "bobeira" parando um ataque santista por impedimento, e onde Gabriel recebe a bola em seu próprio campo.
 
Bola Cheia para Oscar Roberto Godoi e o título de sua coluna sobre a arbitragem de Grêmio x Santos: "Árbitro ruim irrita até quem está no sofá" e propiciada por Eduardo Thomaz de Aquino Valadão (com todas as letras). Pior ainda é quem como nós, além deste jogo assistiu também á Palmeiras x Santa Cruz com a mesma figura no apito e sendo exatamente como em Porto Alegre. A única diferença é que não assisti no sofá, mas a irritação foi a mesma...
 
Bola Cheia para o Corinthians que foi a Belo Horizonte e não tomou conhecimento do América, equipe fraca e candidata séria ao rebaixamento, vencendo-a sem maiores dificuldades por 2x0 mesmo jogando futebol de baixa qualidade. Primeira etapa dominada pelos alvinegros e pouco mais de equilíbrio na segunda, com os locais tentando chegar mais á meta de Cassio, porém pouco conseguindo de prático. Wagner Reway fazia muito boa atuação até o momento em que marcou penalidade máxima para o Corinthians, que fez ai seu segundo gol, em jogada onde Luciano domina a bola com seu braço cometendo toque, e depois é puxado pelo zagueiro. Infelizmente um erro que pode ter sido determinante no resultado final.
 
Bola Cheia para o Palmeiras 4x0 Figueirense e sem dar a minima chance á equipe catarinense. Superioridade absoluta, mais uma boa apresentação palmeirense que vai crescendo a cada rodada em sua casa e mantendo classificação. O Figueirense muito limitado, sem forças para enfrentar o lider, mas mostrou-se uma equipe que respeitou o adversário não apelando para violencia. Gilberto Rodrigues de Castro Junior desta feita se houve bem tecnicamente, não deixou de marcar  as "faltinhas" que existiram, mas isso não é problema seu e sim das equipes que as cometem. Disciplinarmente não teve grande trabalho, poderia ter aplicado mais um ou outro Cartão Amarelo mas isto não o complicou na partida. 
 
Bola Cheia para o Corinthians 4x0 Flamengo num resultado merecido, mas que pelo andamento da partida, com o Flamengo melhor e exigindo milagres de Cassio, não deixando o Corinthians jogar, e com maior dominio das ações, ninguém se arriscaria a "palpitar". A estrela de Romero e as defesas de Cassio foram fatores determinantes para uma belissima vitória frente ao muito bom Flamengo. Heber Roberto Lopes conduziu bem a partida mas com gestos "fortes" e desnecessários, além de desnecessária expulsão do Treinador flamenguista. Nenhum erro tecnico determinante e contendo bem as indisciplinas.
 
Bola Cheia para o lider Palmeiras 3x1 Sport que finalmente consegue bom resultado fora de sua casa, fortalecendo anda mais sua posição no campeonato. Jogo dificil e com o Leão em alguns momentos colocando em risco a vitoria esmeraldina. Mas o grande prejuizo para o Verdão fica refletido para a partida seguinte, contra o Santos e na possibilidade de estar sem cinco de seus titulares: Gabriel Jesus, Roger Guedes e Thiago Martins com terceiro amarelo são desfalques certos, além de Moisés e Tche Tche que sairam com contusão muscular. Anderson Daronco no apito teve mais acertos que erros:Não existiram duas penalidades máximas reclamadas, e a que marcou para o Palmeiras acertou, Errou ao não validar uma cobrança rapida de infração para o Sport e quando seu atacante saia "na cara" do gol. Os assistentes erraram, um cada um, em saidas de bola pela linha de fundo e que não aconteceram.
 
E para encerrar, bola cheia para o futebol paulista que coloca três, Palmeiras, Corinthians e Santos entre os quatro primeiros do Campeonato Brasileiro.
 
 
"SAUDADE NÃO TRAZ NINGUÉM DE VOLTA, POR ISSO VALORIZE ENQUANTO O TEM, E O PROBLEMA DA DECEPÇÃO É QUE ELA NUNCA VEM DE UM INIMIGO"...
 
 
 
Leia mais
  1. BOLA CHEIA 16/10
  2. BOLA CHEIA 11/10
  3. BOLA CHEIA 02/10
  4. BOLA CHEIA 25/09
  5. BOLA CHEIA - 18/09/2017
  6. BOLA CHEIA - 11/09/2017
  7. BOLA CHEIA 28/08
  8. BOLA CHEIA - 21/08/2017
  9. BOLA CHEIA - 14/08/2017
  10. BOLA CHEIA - 07/08/2017
  11. BOLA CHEIA - 31/07/2017
  12. BOLA CHEIA - 24/07/2017
  13. BOLA CHEIA - 17/07/2017
  14. BOLA CHEIA - 10/07/2017
  15. BOLA CHEIA - 03/07/2017
  16. BOLA CHEIA - 26/06/2017
  17. BOLA CHEIA - 19/06/2017
  18. BOLA CHEIA - 12/06/2017
  19. BOLA CHEIA - 05/06/2017
  20. BOLA CHEIA - 29/05/2017
  21. BOLA CHEIA - 22/05/2017
  22. BOLA CHEIA - 15/05/2017
  23. BOLA CHEIA 07/05
  24. BOLA CHEIA 01/05
  25. BOLA CHEIA - 24/04/2017
  26. BOLA CHEIA - 17/04/2017
  27. BOLA CHEIA 11/04
  28. BOLA CHEIA - 03/04/2017
  29. BOLA CHEIA - 27/03/2017
  30. BOLA CHEIA - 20/03/2017
  31. BOLA CHEIA 13/03
  32. BOLA CHEIA - 06/03/2017
  33. Bola Cheia - 26/02
  34. BOLA CHEIA - 20/02/2017
  35. BOLA CHEIA - 13/02/2017
  36. BOLA CHEIA - 06/02/2017
  37. BOLA CHEIA - 30/01/2017
  38. BOLA CHEIA - 23/01/2017
  39. BOLA CHEIA - 16/01
  40. BOLA CHEIA - 09/01/2017
  41. BOLA CHEIA - 19/12
  42. BOLA CHEIA - 12/12/2016
  43. BOLA CHEIA - 05/12
  44. BOLA CHEIA - 28/11/2016
  45. BOLA CHEIA - 21/11
  46. BOLA CHEIA - 14/11/2016
  47. Bola cheia - 07/11
  48. Bola cheia - 24/10
  49. BOLA CHEIA - 17/10
  50. BOLA CHEIA - 10/10
Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440