CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL DE CAMPO BRADESCO

CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL DE CAMPO POR DEPARTAMENTO/EMPRESAS LIGADA (MASCULINO) – 2016
NÚCLEO CIDADE DE DEUS

 

REGULAMENTO
 

I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art.1º) Este campeonato interno de futebol de campo tem por finalidade o congraçamento entre os Departamentos e Empresas Ligadas da Organização Bradesco.

Art.2º) O campeonato visa, também, a acentuar e elevar o alto espírito de coleguismo entre todos os envolvidos, por meio da prática esportiva.

Art.3º) O técnico de cada equipe tem a responsabilidade de levar ao conhecimento de todos os seus jogadores o conteúdo e importância deste Regulamento, bem como, de informá-los que não é permitido fumar ou ingerir bebidas alcoólicas e que devem zelar pela boa higiene das dependências. Também deverá participar como observador de jogos de outras equipes, de acordo com a escala estabelecida pela Comissão Organizadora do Campeonato.

II - DA ORGANIZAÇÃO

Art.4º)  A organização do Campeonato caberá à Comissão Organizadora, composta por funcionários do Departamento de Recursos Humanos e por representantes por eles credenciados, cujas funções a que estiverem designados cumprirão e farão cumprir.

Art.5º) Para cada rodada estarão presentes membros da Comissão Organizadora para acompanhamento das partidas, tendo como atribuições:

a)  Acompanhar e fazer cumprir o Regulamento, principalmente com relação aos horários de entrada em campo, não permitindo atrasos, sob risco de pedir ao mesário o relato em súmula e aplicar o WO;
b)  Observar se as equipes apresentaram-se com o uniforme completo (camisa, short e meiões). Em caso de coincidência de cores das camisas das duas equipes, caberá ao Departamento de Recursos Humanos o fornecimento apenas de camisas para a equipe mandante da partida.
c)  Verificar problemas disciplinares das equipes;
d)  Relatar ocorrências;
e)  Resolver problemas que poderão surgir no decorrer das partidas ou mesmo na praça de esportes;
f)   Atribuir notas de avaliação ao trio de arbitragem, de 0 (zero) a 10 (dez), inclusive com observações sobre preparo físico, atrasos e comportamentos comprometedores que possam influenciar no resultado das partidas.

Art.6º) O julgamento de ocorrências do Campeonato caberá à Comissão   Julgadora, composta pelos membros mencionados no artigo 4º, cujas funções a que estiverem designados cumprirão.

Parágrafo Primeiro:   Nos julgamentos será obedecido o código brasileiro de futebol da CBJD e não serão aceitos recursos sobre as decisões tomadas.

Parágrafo Segundo:   Estabelecer regras de comportamento, para evitar ocorrências não condizentes com a prática de esportes.

I-    Para que o Campeonato atinja o seu objetivo é importante fazer cumprir o  que ora se estabelece:
         a)  Em caso de envolvimento de jogadores em conduta desonrosa e não condizente com o esporte, como agressão física a jogadores, árbitro, bandeiras, mesários e representantes da Comissão Organizadora, em jogo ou fora dele, estes serão eliminados sumariamente do Campeonato em disputa, vetados para o próximo campeonato e estarão sujeitos a medidas de ordem administrativa, bem como aos reincidentes não mais será permitida a participação em campeonatos internos promovidos pelo Departamento de Recursos Humanos, nem mesmo em jogos amistosos.
          b)  Para casos de agressão, não caberão recursos (verbal ou por escrito) na tentativa de minimizar ou reduzir a medida imposta.

Art.7º)  A entrada das equipes na praça de esportes será pelo portão da piscina ao lado dos vestiários e, para aquela que participará do jogo seguinte, somente após o término da partida anterior.

Art.8º) Às equipes participantes compete jogar no campo indicado pelo Promotor do evento, nos dias e horários designados.

Art.9º)
A arbitragem do campeonato estará a cargo de empresa contratada, que fornecerá os profissionais habilitados.
III - DAS INSCRIÇÕES DOS JOGADORES
Art.10) Cada equipe poderá inscrever no mínimo 16 e no máximo 24 jogadores, além do técnico e seu auxiliar, sendo que a estes não será permitida a atuação como jogador de uma equipe e técnico de outra dentro da mesma série.

I-    Após o encerramento das inscrições, somente será permitida a substituição de goleiro e demais jogadores inscritos nas seguintes condições:
            a)     em caso de demissão;
            b)  por contusão grave e mediante apresentação de relatório/atestado médico informando da incapacidade de prática esportiva por período superior ao prazo de duração do campeonato.

I-    Não será permitida a substituição de jogadores cumprindo suspensão.
II-  O jogador que estiver inscrito como jogador de uma equipe e técnico de outra equipe de séries diferentes, caso seja expulso, deverá cumprir a suspensão nas duas equipes em que se encontra inscrito.

Parágrafo Único:   Todos os requerimentos de solicitações de substituições deverão ser direcionados à Comissão Organizadora, a quem caberá a análise e a deliberação.

 Art.11)
Poderão se inscrever para participar deste torneio somente funcionários constantes na folha de pagamento do Departamento ou Empresa Ligada pertencente à Organização Bradesco. Será facultada a participação neste evento da equipe da GP (Guarda Patrimonial).

Parágrafo Primeiro:   O Departamento/Empresa Ligada que possui acima de 1.000 funcionários constantes na folha de pagamento da Matriz poderá inscrever a segunda equipe, não sendo permitida a fusão com outro Departamento/Empresa Ligada.

Parágrafo Segundo:   Para Departamento/Empresa Ligada que já possua uma equipe independente (somente com jogadores que constem na folha de pagamento), não será permitida a fusão com outro Departamento/ Empresa Ligada, para a formação de uma segunda equipe.

Parágrafo Terceiro:  Para Departamento/Empresa Ligada que não tenha outra equipe inscrita, não possua o número de jogadores suficientes para inscrição e queira fazer fusão com outro(s) em semelhantes condições serão aceitos os pedidos, desde que por escrito, informando os nomes, Departamento ou Empresa Ligada da Organização a que pertencem. Poderão unir-se até 3(três) Departamentos/ Empresas Ligadas.

Parágrafo Quarto:   Caso o Departamento/Empresa Ligada não possua goleiro, será permitido trazê-lo de outro Departamento/ Empresa, ficando restrita a sua atuação naquela posição.
 
Parágrafo Quinto:   Qualquer excepcionalidade não prevista neste Regulamento será analisada pela Diretoria do Promotor do evento.


IV - DOS CERTAMES, REGRAS E SEUS FINS


Art.12)
O Campeonato será disputado nas séries A1, A2 e A3, conforme  tabelas a serem entregues na reunião cuja data informaremos oportunamente.

Art.13) Farão parte das séries:

a)    A1, as 12 melhores equipes classificadas do Campeonato de 2015;
b)    A2, da 13ª a 24ª melhores equipes classificadas no Campeonato de 2015;
c)    A3, da 25ª equipe melhor classificada em diante no Campeonato de 2015 e novas equipes inscritas.

Art.14) Será permitida a cada equipe a substituição de seu técnico ou auxiliar a qualquer momento, desde que por escrito, mediante o preenchimento e apresentação de um novo Termo de Responsabilidade devidamente assinado pelo Superintendente ou Diretor do Departamento ou Empresa Ligada.

Parágrafo Primeiro :   No caso de ausência do técnico, em uma ou outra partida, assumirá o seu auxiliar, desde que comunicado ao mesário, que orientará os jogadores dentro de campo.

Parágrafo Segundo:   A equipe que também inscrever o técnico na condição de jogador deverá atentar para:

a)  Em partida de sua equipe deve optar, antes do seu início, com registro em súmula, se atuará como técnico ou como jogador, não podendo atuar nas duas funções.
b)  Caso seja expulso como jogador cumprirá suspensão normalmente, não sendo permitida também a sua atuação como técnico enquanto em suspensão.
c)  Caso opte como técnico numa partida e, no seu andamento, falte um jogador, não poderá jogar, valendo a 1a opção constante na súmula.
d)  Caso opte como técnico e seja punido com suspensão por má conduta, cumprirá normalmente, não sendo permitida também a sua atuação como jogador, enquanto em suspensão.

Art.15)
Caso haja transferência de funcionários entre Departamentos ou Empresas Ligadas e estes ainda não tenham sido efetivados, serão aceitas suas inscrições, desde que solicitadas por escrito pela Gerência do Departamento e confirmada pelo Departamento de Recursos Humanos, e que não tenham sido inscritos em outro Departamento/Empresa Ligada.

Parágrafo Primeiro:  Em caso de transferência de funcionários após o início do campeonato em disputa poderão continuar jogando normalmente pelo Departamento /Empresa Ligada pelo qual foram inscritos. 

Parágrafo Segundo:  Em caso de desligamento do funcionário, o jogador estará automaticamente eliminado do campeonato, isto é, a partir da data do aviso de sua dispensa. Caso algum jogador disputar uma partida, já estando na condição de desligado, a equipe perderá 3 pontos, independentemente do resultado daquela partida.

Parágrafo Terceiro:  Em caso de encerramento de contrato do Estagiário ou Aprendiz o jogador deverá ser excluído e poderá ser inscrito novamente após sua contratação efetiva, em substituição, conforme condições previstas no artigo 10.

Art.16) Ao jogador participante, "incluindo o técnico e seu auxiliar", caberá a apresentação de um documento de identificação (original), que contenha fotografia, antes do início de cada partida, sem o qual não terá condições de participar do jogo ou permanecer no banco.

Art.17) Somente poderão permanecer no banco de reservas o técnico, seu auxiliar e os jogadores devidamente uniformizados.

Parágrafo Único:    Não será permitida a utilização de tênis, chuteiras com travas de alumínio ou metálica, e nem de uniformes com cores diferentes que venham descaracterizar o seu conjunto.

Art.18)   Para a contagem de pontos será obedecido o seguinte critério:

a) WO - 0 (zero) ponto.
b) Derrota - 0 (zero) ponto.
c) Empate - 1 (um) ponto.
d) Vitória - 3 (três) pontos.

Art.19) A equipe que cometer o WO estará automaticamente desclassificada do Campeonato em disputa, sendo impedida de disputar o campeonato seguinte e rebaixado de série. Os jogadores inscritos não poderão participar do campeonato seguinte.
        
      Haverá alteração na contagem de pontos, a saber:

a)  Caso a equipe desclassificada por WO dentro da fase tenha obtido alguma vitória em jogos anteriores, a equipe perdedora receberá o ganho de pontos considerando a contagem mínima de 1 x 0.
b)  Caso a equipe desclassificada por WO, dentro da fase, tenha sofrido derrota em jogos anteriores a equipe vencedora permanecerá com os pontos, porém, com a vantagem mínima de 1 x 0, independentemente do resultado do jogo. Quanto às demais equipes que ainda não se confrontaram com a equipe que cometeu o WO, ganharão os pontos com a contagem mínima de 1 x 0.
c)  Em caso de empate, a equipe adversária ganhará os pontos, com a contagem mínima de 1 x 0, desconsiderando o resultado do jogo.
d)  Caso ocorra WO na 1a partida, serão computados os 3 pontos às equipes do mesmo grupo e a contagem será de (1 x 0).
e)  Para apuração da premiação de artilharia, serão desconsiderados os gols anotados contra a equipe que gerou o WO.

Parágrafo Primeiro:
 Caso um jogador inscrito tenha assinado a súmula numa partida em que ocorrer o WO e seja transferido de Departamento/Empresa Ligada, será permitida a inscrição no campeonato seguinte.

Parágrafo Segundo: A equipe que cometer a reincidência de WO terá suspensão dobrada, podendo até ser excluída dos campeonatos futuros. 

Art. 20) Na fase em disputa os critérios de desempate serão:

a)     pontos ganhos;
b)     numero de vitórias;
c)      saldo de gols;
d)     gols a favor;
e)     gols contra;
f)       confronto direto;
g)     menor número de cartões vermelhos e/ou amarelos;
h)     menor número de faltas;
i)       sorteio.

Art.21) O Campeonato será disputado aos sábados, domingos e feriados, se julgados  conveniente.

Art. 22) Quanto aos acessos e rebaixamentos entre as séries:

I-    Série A1A última colocada dos grupos A e B serão rebaixadas para a série A2, no próximo Campeonato.
II-  Série A2as 2 melhores equipes classificadas (Campeã e Vice-Campeã) conquistarão o direito de acesso à série A1do próximo Campeonato. A última equipe colocada dos grupos A e B serão rebaixadas para a série A3 no próximo campeonato.
III-    Série A3- as 2 melhores equipes classificadas (Campeã e Vice-Campeã) conquistarão o direito de acesso a série A2 do próximo Campeonato.

Art.23) Em todas as fases NÃO HAVERÁ tolerância de tempo para o início das partidas, exceto na condição prevista no artigo 24.

Art.24) As partidas somente serão iniciadas com a presença de um médico no local da partida, devendo as equipes aguardar as decisões tomadas pela Comissão Organizadora.

Art.25) As partidas terão a duração de 70 minutos, divididas em 2 dois tempos     de 35 (trinta e cinco) minutos cada, com intervalo de 10 (dez) minutos, exceto nas Fases Semifinal e Final, que será de 80 (oitenta) minutos (40 x 40), com 10 (dez) minutos de intervalo.

Parágrafo Único:  Na Fase Final (jogos da Semifinal e Final), caso terminarem empatados, o critério de desempate será a cobrança de 5 penalidades máximas para cada equipe. Persistindo o empate, haverão cobranças alternadas até se definir o vencedor.

Art.26) Os jogos em andamento que foram interrompidos por motivos justos, decisão dos Juízes ou pela Comissão Organizadora, obedecerão:

I- jogados acima de 3/4 da partida;
      - será considerado o resultado do momento em que a partida foi interrompida.
II- jogados de 1/4 a 3/4 da partida:
      - será marcada nova data, considerando o resultado do momento em que a partida foi interrompida, disputando-se o tempo restante.
III- jogados menos de 1/4 da partida:
      - será marcada nova data, considerado o novo jogo, integralmente.

Parágrafo Único:   Não se enquadram neste artigo os casos de necessidade de encerramento da partida por não haver o número mínimo exigido de 7 (sete) jogadores.

Art.27) Todos os jogos a realizar no transcorrer deste Campeonato, cujas  equipes não tenham mais chances de classificação (jogos para cumprir tabela), poderão ser cancelados, a critério da Diretoria do Promotor do evento, pelas razões: evitar o WO; preservar o campo e evitar custo desnecessário com arbitragem.

Art.28)   O adiamento ou antecipação de jogos será decidido pela Comissão Organizadora, ficando a seu critério a determinação de novas datas.

Art.29)
O técnico ou auxiliar de cada equipe deverá indicar os jogadores reservas e os que iniciarão a partida, dirigindo-se à mesa para fornecer os seus nomes e documentos comprobatórios, com antecedência de 5 a 10 minutos antes do início da partida.

Parágrafo Único:  Caso este artigo não seja respeitado, o técnico e seu auxiliar estarão automaticamente suspensos da referida partida, não podendo permanecer na praça de jogo, somente na arquibancada.

Art.30)
A partida só será iniciada se estiverem presentes e em condições de jogo, no mínimo, 7 (sete) jogadores de cada uma das equipes que disputarão aquela partida.

Art.31) A equipe que cometer além de 25 (vinte e cinco) faltas coletivas no tempo integral da partida será penalizada com um tiro livre direto a ser cobrado na distância de 16,50m, frente ao gol, em qualquer ponto sobre a linha da grande área.
No momento da cobrança os jogadores deverão ficar fora da grande área e atrás do semicírculo, podendo o goleiro avançar até a linha da área de meta. Essa penalidade somente será executada quando a falta for cometida fora da área penal.

Art.32)  O banco de reservas poderá ser completado a qualquer momento.

Art.33)
O jogador substituído poderá retornar a qualquer momento no decorrer da mesma partida, após autorização da arbitragem.

Art.34) O jogador expulso do campo de jogo deverá dirigir-se imediatamente ao vestiário e em seguida à arquibancada, não podendo permanecer na praça de jogo. Estará automaticamente suspenso da próxima partida. Serão tomadas medidas disciplinares esportivas baseadas no relatório do árbitro ou do representante presente da Comissão Organizadora.

Parágrafo Primeiro: 
 Caso este Artigo não seja cumprido, estará o técnico ou seu auxiliar, desde que registrados em súmula como tal, automaticamente suspenso da próxima partida, não podendo acompanhar a equipe no vestiário para passar instruções.

Parágrafo Segundo
: Caso o motivo da expulsão seja de natureza grave, brigas ou envolvimento nelas, o jogador estará eliminado do campeonato em disputa e vetadopara o seguinte. No caso de reincidência, estará vetado a participar de campeonatos ou eventos promovidos pelo Departamento de Recursos Humanos.

 Art.35) O jogador que for advertido com o 1º cartão amarelo deverá cumprir 5 minutos de suspensão (sem substituição) dentro da partida, mediante controle da mesa. Caso o jogador receba o 2º cartão amarelo, será expulso (cartão vermelho).

Parágrafo Primeiro:  Caso o cartão amarelo seja aplicado ao goleiro, esse também deverá cumprir a penalidade de 5 minutos de suspensão. Nesse caso, o goleiro reserva poderá assumir a posição, desde que substitua um jogador de linha; poderá, ainda, um jogador de linha assumir a posição de goleiro.

Parágrafo Segundo:  Caso o jogador, por ato de indisciplina, após receber o cartão amarelo seja penalizado pelo árbitro com cartão vermelho, ainda dentro de Campo, será cumprida a condição de expulsão; caso essa suspensão ocorra fora de campo, durante o cumprimento da penalidade dos 5 minutos, o jogador expulso deverá cumprir a suspensão, não podendo ser substituído por outro jogador.

Art.36) O Termo de Responsabilidade instituído é entregue às equipes no momento da inscrição e é parte integrante deste regulamento, cujo teor devem tomar conhecimento e cumpri-lo na sua íntegra.
Parágrafo Único           Sua devolução, devidamente assinado, é condição para que cada equipe adquira o direito de participação no Campeonato em disputa.

Art.37)
As medidas disciplinares constantes neste Regulamento serão extensivas aos técnicos e respectivos auxiliares.

Art.38) O Jogador, técnico e auxiliar que se encontrar no banco de reservas, e caso venham cometer algum ato de indisciplina como dirigir palavrões ao árbitro, bandeirinhas, mesário ou representantes da Comissão Organizadora, se relatado em súmula pelo árbitro ou objeto de relatório pelo representante presente, será julgado, podendo ser suspenso. A suspensão poderá variar de uma partida a eliminação do Campeonato em disputa.

Art.39) Não serão aceitas reclamações por desconhecimento do regulamento.

Art.40) O Campeonato obedecerá as disposições deste Regulamento e outros artigos que poderão ainda ser incluídos no decorrer do certame, se assim julgar necessário a Comissão Organizadora.

V - DA PREMIAÇÃO

Art.41) Serão oferecidos troféus e medalhas às equipes Campeã e Vice das séries A1, A2 e A3.

Art.42) Serão premiados os artilheiros e equipes menos vazados (pela média de gols: com mais jogos disputados e menos gols tomados) das Séries A1, A2 e A3.

Parágrafo Único:  No caso de empate entre artilheiros será considerado aquele que anotar menos gols de pênalti.

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440