ENTREVISTADO DO MÊS

Oliveira, Paulo, filhos, nNasci, Eutran, Moreira, Fatima, tiver, CASADO, esposa, nasceu, nascimento, estado, civilLEANDRO LEÃO DE OLIVEIRA

Nos fale onde nasceu , data do nascimento, estado civil, nome dos pais, esposa e filhos se tiver.

Nasci em São Paulo, em 18/10/1978, CASADO, Pai: Eutran Leão de Oliveira, Mãe: Fatima Moreira de Oliveira, Esposa: Andréa Maria da Silva Alves, Filhos, Katharine Fernandes Leão de oliveira, Kaio Alves Leão de Oliveira , karoline Alves Leão de Oliveira.
 
Quando começou a atuar? Onde surgiu a ideia de se tornar um árbitro.... Teve apoio da família ?
-
Comecei atuar pela Federação Paulista de society, turma 2006. Apitava alguns rachões em peladas aos finais de semana, depois disso um amigo me indicou o curso de society. Minha família nunca foi nem a favor nem contra, mais sabia que eu sempre gostei de apitar jogos.
 
Onde foi seu primeiro curso e em que ano? Lembra-se de alguns companheiros que fez o curso com você?
- Depois de trabalhar algum tempo no society, fui cursar FPF turma 2007, infelizmente não tive o prazer de trabalhar na FPF, pois fui reprovado no teste físico, em 2008 fui apresentado a AAGSP empresa que até hoje tenho o prazer em prestar serviços. Tenho muitos amigos hoje atuando pela FPF, não tenho como citar todos, mais não posso deixar de citar duas pessoas: Saulo Felix e Daniel Sotille.
 
Se lembra da sua primeira escala e quem eram seus companheiros ?
- Minha primeira escala foi no dia 31/05/2008 pela AAGSP, no campo Jardim são Paulo ( jogos da cidade ) nesse ano ainda apitávamos em dupla. Infelizmente não consigo me lembrar com quem trabalhei.
 
Qual o fato mais engraçado que já aconteceu em campo e o mais triste ?
-
O fato mais engraçado não foi nem dentro do campo e sim fora, um árbitro chegando ao mesmo ônibus que um time, pois tanto o time, quanto o arbitro foram parar em campo errado, para uma partida final dos jogos da cidade, ai depois aconteceu de tudo dentro do campo, e o arbitro sendo acusado de ser do time.  O mais triste com toda certeza é quando somos agredidos, isso não aceito e nunca aceitarei.
 
No seu ponto de vista quais as maiores dificuldades na carreira de um árbitro?
-
A maior dificuldade que temos é sair do conforto de nossas casas para fazer aquilo que realmente gostamos e muitas vezes não somos valorizados, respeitados etc...
 
O que a arbitragem trouxe de melhor a sua vida?
-
Posso dizer que arbitragem trouxe muitas coisas boas para minha vida, conheci muitos lugares que talvez não teria a oportunidade de conhecer, e acima de tudo, as amizades que fiz esses anos todos.
 
Em qual porcentagem a arbitragem ajuda na sua renda ?
- Digo com toda certeza, arbitragem já colaborou em 99% na minha renda mensal, hoje graças a Deus me ajuda muito. Talvez em 40%, pois tenho outra fonte de renda.
 
Como você se sentiu quando foi um dos escolhidos para ir para o sorteio da Liga Paulista para atuar num jogo profisssional ?
-
Saber que meu nome estaria em um sorteio de jogo profissional me deixou muito feliz, (seria um sonho realizado ) infelizmente não fui sorteado, mais agradeço primeiramente a Deus e a dona Rita pela oportunidade e toda sorte ao meu ao meu parceiro Carlos Farias.
 
Você aconselharia um amigo a ser arbitro de futebol ?
-
Sinceramente sim, tenho um exemplo ai na AAGSP. um grande amigo que indiquei e deu certo  Jacildo Antonio de Paula.
 
Nos conte um pouco sobre você fora do campo..
-
Falar sobre eu, não é nada fácil, rs. Quando consigo alguma folga ao finais de semana, procuro curti ao máximo, curto ficar em casa, até mesmo faxinado a casa e cuidando de meus dois filhos que moram comigo, a mais velha é fruto do meu primeiro casamento, mora com a mãe, gosto de jogar bola e ficar com os amigos fazendo um churrasco e tomando uma cervejinha para descontrair, no mais acho que é isso.
 
Prato preferido.... Hobby.... Filme...
Prato Preferido – uma bela macarronada com bife parmegiana preparado por mim.
Filme: A espera de um milagre
HOBBY – Churrasco e cerveja
LIVRO - Biblia

Deixe aqui algo a ser registrado e que gostaria de postar.
-
Dona Rita, quero aqui agradecer a você de coração por todos esses anos que estamos juntos, sei que nada é fácil, mais continue firme e forte, conte sempre comigo.

Você aconselharia um amigo a ser arbitro de futebol ?
-
Sinceramente sim, tenho um exemplo ai na asp. um grande amigo que indiquei e deu certo,  Jacildo Antonio de Paulo. 
 
Agora finalize nosso papo da maneira que melhor lhe convier e até mesmo por algo que gostaria de dizer
-
QUERO AQUI  AGRADECER A CADA UM DOS AMIGOS QUE FIZ ESSES ANOS TODOS DE ARBITRAGEM, NÃO TENHO COMO CITAR NOMES, MAIS DEIXO UM GRANDE ABRAÇOS EM TODOS, CONTINUAMOS FIRMES E FORTES NESTA JORNADA CHAMADA ARBITRAGEM,,, DEUS ABENÇOE A TODOS!!!!

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440