Regulamento - São Paulo FC - SOCIETY

campeonato, competição, ndash, exclusivamente, FUTEBOL, REGULAMENTO, SOCIAL, GERAIS, nDISPOSIÇÕES, INTERNO, nDIRETORIA, CLUBE, PAULO, ESPORTES, AMADORES, nCAMPEONATO, SOCIETY
SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE
 
DIRETORIA DE ESPORTES AMADORES – D.E.A
CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY SOCIAL
2017

 

REGULAMENTO

 
CAP.I
DISPOSIÇÕES GERAIS
 
Art. 1º- O campeonato é uma competição exclusivamente dirigida aos associados do SPFC sob responsabilidade da Diretoria de Esportes Amadores, através da Diretoria de Futebol Society Social, tendo como objetivo principal o congraçamento, a integração e fortalecimento do espírito de amizade entre os associados do São Paulo Futebol Clube, além da oportunidade de desenvolver a consciência para a prática de atividade física regular.
 
Art. 2º- Este regulamento estabelece regras, comissões e normas do campeonato, fixando as diretrizes, parâmetros, procedimentos, comportamentos e penalidades aplicáveis.
 
Art. 3º- O campeonato tem caráter permanente, cabendo a Diretoria de Futebol Society Social divulgar a época de sua realização.
 
 
Art. 4º- Situações especiais serão administradas pelo Diretor de Futebol Society Social e coordenadores de categoria para adaptação à infra-estrutura, à grade de programação ou a eventos especiais do Clube / Estádio, podendo haver reprogramação de partidas para dias diversos dos pré-estabelecidos.
 
Art. 5º- Toda reclamação, sugestão ou solicitação deverá ser feita por escrito e/ou via e-mail (alexandre.gaspar@saopaulofc.net), deterça-feira a sexta-feira das 13:00h as 20:00h.
 
 
 
CAP.II
DA DIREÇÃO DO CAMPEONATO
 
Art. 7º- A Diretoria de Futebol Society Social provê uma estrutura permanente de gestão do campeonato, constituída exclusivamente de sócios e com apoio de funcionários do SPFC no desempenho de suas atribuições funcionais.
 
Art. 8º- A critério do Diretor de Futebol Society Social, poderão ser criadas outras Coordenações, bem como serem unificadas ou separadas Coordenações atuais.
 
 
CAP.III
DAS INSCRIÇÕES E NOMES DE EQUIPES
 
Art. 9 º- Os sócios titulares e dependentes legais, quites com suas obrigações sociais, estão habilitados a participar da competição, sob a égide deste regulamento.
 
Art. 10 º - É permitida a inscrição de novos atletas até o final da Fase classificatória.
Art. 11º - É de responsabilidade do patrono entrar em contato com os goleiros.
 
Art. 12 º-O valor da taxa de inscrição é de R$ 120,00 (cento e vinte reais) e será cobrado em 4 (quatro) parcelas, no boleto do associado.
 
Art. 13 º- Todoassociado ao efetuar sua inscrição adere incontestavelmente aos termos deste Regulamento Interno;
 
Art. 14 º-Ao se inscrever, o associado deverá apresentarum atestado médico ou avaliação cardiológica recente (prazo 12 meses) ou assinar o termo de responsabilidade para a prática da atividade física.
 
CAP.IV
DAS REGRAS E DA FORMA DE DISPUTA
 
Art. 15 º- As regras serão adaptadas à realidade da competição.
 
Art. 16 º- Tempo de jogo, serão realizados 2 tempos de 25 minutos.
O tempo de jogo será corrido, sem interrupções do cronômetro exceto em situações especiais (atendimento médico, problemas com a bola, solicitação de tempo técnico), a exclusivo critério do árbitro ou outro descrito neste regulamento;
 
Art. 17 º- O diretor do Futebol Society Social adulto e os coordenadores definirão e divulgarão a tabela de jogos, estabelecendo os horários e datas dos jogos.
 
Art. 18 º - A disputa se dará em turno e returno entre os times da mesma categoria, classificando para Semi final as 04 (quatro) melhores equipes através da somatória de pontos corridos obtidos em todas as partidas. Será usado para caráter de desempate, os critérios descritos no Art. 19º.  Os jogos da fase semi-final e final serão disputados em duas partidas.
 
Após a realização das Semi-Finais e Finais, em caso de empate no tempo normal, será disputada uma prorrogação de 10 min. corridos para definir o vencedor. Em caso de empate haverá a cobrança alternada de pênaltis.
 
 
Art. 19 º- Dos critérios de desempate: Fase de Classificação
1) Maior número de vitórias;
2) Maior saldo de gols;
     4) Confronto direto;
5) Menor número de Derrotas;
6) Menor número de cartões vermelhos;
7) Menor número de cartões amarelos;
8) Sorteio.
 
Art. 20 º- Contagem de Pontos
Vitória = 3 pontos
Empate = 1 ponto
Derrota = 0 ponto
W.O. =  - 6 PONTOS
           
Art 21 º A equipe que não comparecer ao jogo na data e horário definido vão ser caracterizados WO, a equipe perderá a partida pelo placar de 3x0 e será penalizada com perda de 3 pontos na classificação.
Nenhum dos dados referente à artilharia e ao goleiro menos vazado será computado nas partidas caracterizadas WO. E irá para o último lugar na classificação geral, caso ocorra o W.O. duplo, o critério de desempate será o mesmo do Art.19.
 
 
CAP. V
DAS FAIXAS ETÁRIAS
Art 22 º A competição será realizada com atletas de 34 anos a 45 anos na categoria “A” e acima de 45 anos categoria “B”
 
CAP.VI
DOS UNIFORMES
 
Art. 23 º- Os associados deverão apresentar-se com o uniforme da competição.
OBS: O NÃO COMPARECIMENTO DO ATLETA PARA O JOGO TRAJANDO O UNIFORME DA COMPETIÇÃO E CANELEIRAS, IMPLICARÁ NO IMPEDIMENTO DA SUA PARTICIPAÇÃO NA PARTIDA.
 
 
CAP.VII
 DA SUSPENSÃO, INTERRUPÇÃO E ADIAMENTO DAS PARTIDAS.
 
Art. 24 º- Qualquer suspensão, adiamento ou interrupção de jogo, só será válido com a prévia autorização da supervisão do campeonato interno. Cabe a mesma julgar os pedidos ou situações que possam provocar estas ocorrências;
 
Art. 25 º- Os jogos adiados, suspensos ou interrompidos serão remarcados em dias e horários estipulados pela organização do campeonato interno.
 
CAP.VIII
ARBITRAGEM

 
Art. 26 º- Os jogos serão conduzidos por árbitros de entidades independentes, contratados para esse fim.
 
Art. 27 º -O árbitro é a autoridade máxima na partida prevalecendo sua decisão sobre a de qualquer outra pessoa, independentemente de sua situação hierárquica. Ao árbitro compete relatar em súmula, tudo aquilo que julgar procedente, usando suas próprias palavras e definições.
 
 
 
CAP. IX
DOS JULGAMENTOS, DA JUSTIÇA DESPORTIVA, DAS MEDIDAS DISCIPLINARES E DAS PENALIDADES.

 
Art. 28 ºcada série de três cartões amarelos recebidos pelo atleta durante o Campeonato resultará em suspensão automática de uma partida que deverá ser cumprida no primeiro jogo subsequente ao do recebimento do 3º (terceiro) cartão amarelo.
 
Art. 29º No início das fases de play-off, os atletas que permanecerem com até 2 (dois) cartões amarelos da fase de classificação, terão seus cartões zerados. O atleta que tiver levado o 3º (terceiro) cartão amarelo na última partida da fase classificatória deverá cumprir a suspensão automática descrita no caput deste artigo, na partida subsequente, mesmo que a referida partida esteja na fase eliminatória.
 
 
Art. 30ºO atleta expulso ou eliminado de quadra estará automaticamente suspenso da próxima partida de sua equipe.
 
Art. 31ºO patrono da equipe que colocar jogador irregular na partida receberá as punições impostas pela Comissão Disciplinar, podendo ser excluído do Campeonato.
 
Art. 32ºTodos os participantes do Campeonato Interno de Futebol Society Social 2015, dependendo de seus atos, estarão sujeitos às punições da JD – Justiça Desportiva, TJD – Tribunal de Justiça Desportiva – e Comissão Disciplinar do São Paulo Futebol Clube, podendo em algumas situações serem punidos no Campeonato e no âmbito social do São Paulo Futebol Clube.
 
 
 
São Paulo, 16 de Agosto de 2017
 Diretoria de Futebol Society Social

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440