REGULAMENTO GERAL - BALA MISTURA DE FUTEBOL MENORES 2017 - IPE CLUBE

REGULAMENTO GERAL - BALA MISTURA DE FUTEBOL MENORES 2017
 
DA REALIZACÃO E ORGANIZACÃO
 
Artigo 1º - A realização e a organização do Campeonato “Bala Mistura de Futebol Menores 2017” estará acargo da Coordenação do futebol e da Diretoria de Esportes, através do Departamento de Esportes.
 
DOS OBJETIVOS
 
Artigo 2° - Propiciar a prática esportiva através de uma competição saudável e prazerosa, como opção de lazer, a fim de proporcionar a integração sócio-cultural de seus participantes.
 
DO LOCAL E HORÁRIO
 
Artigo 3° - Os jogos serão realizados no Campo de Futebol e Society do Ipê Clube e os horários respeitarão a tabela de jogos confeccionada pelo Departamento de Esportes.
 
DA PARTICIPACÃO
 
Artigo 4º - Todo associado, ao efetuar sua inscrição, adere incontestavelmente aos termos deste Regulamento e do Regulamento Geral do Departamento de Futebol.
 
Artigo 5º - Poderão participar do campeonato os associados do clube desde que estejam em dia com suas obrigações estatutárias.
 
Parágrafo Único - Havendo participação de associado que não esteja em dia com suas obrigações estatutárias, seja qual for o motivo, acarretará a eliminação do mesmo do campeonato, independentemente de constar ou não da súmula da partida.
 
Artigo 6º - Todos os jogadores presentes no momento da partida deverão participar de pelo menos de um tempo do jogo, obrigatoriamente.
§ 1° - Caso este procedimento não seja observado, a mesa anotadora fará constar o fato em
súmula e a equipe da qual o jogador fizer parte, será julgada pela Comissão Organizadora.
 
§ 2° - Todos os jogadores poderão adentrar na quadra no decorrer do jogo, devendo cumprir o
tempo mínimo exigido ou, quando chegar atrasado, o restante do tempo do jogo.
 
Artigo 7º - Caso um jogador já tenha participado por uma equipe no Campeonato “Bala Mistura de Futebol Menores 2017”, não poderá disputar o mesmo campeonato por outra, podendo, posteriormente, a critério da comissão de futebol menor, retornar a equipe de origem.
 
DAS CATEGORIAS
 
Artigo 8º - O Campeonato será dividido em 3 (três) categorias, de acordo com a data de nascimento, como segue:
 
Categoria Nascidos em Local
SUB 8 2011, 2010 e 2009 Campo/Society
Sub 11 2008, 2007 e 2006 Campo/Society
SUB 14 2005, 2004 e 2003 Campo/Society
 
DAS INSCRICÕES
 
Artigo 9º - As vagas serão limitadas e as inscrições ocorrerão de 10 de Julho até o termino de vagas.
 
§ 1 ° - A taxa de inscrição, no valor de R$ 125,00, é destinada a cobrir despesas geradas com a organização do Campeonato e não será devolvida em hipótese alguma.
 
§ 2° - Os atletas que se inscreverem após o prazo limite, serão incluídos na lista de espera.
 
Artigo 10º - Todo atleta deverá apresentar atestado médico, emitido exclusivamente por especialista na area da cardiologia, atestando estar apto à prática do futebol.
 
Parágrafo Único - - A não formalização da entrega da documentação acima exigida, implicará no impedimento do associado em jogar pela sua equipe, até que a sua situação seja regularizada.
 
DA FORMACÃO DAS EQUIPES
 
Artigo 11º - As equipes serão formadas de acordo com a quantidade abaixo:
Futebol de campo/Society: Máximo de 13 (treze) jogadores de linha e 01 (Hum) goleiro (cat.sub 08, sub 11 e sub 14).
 
Parágrafo Único - Em não havendo o número máximo em cada equipe, poderão ser montadas
equipes com número inferior ao estipulado.
 
Artigo 12º - Caberá ao Departamento de Esportes a distribuição dos jogadores visando a formação de equipes homogêneas, obedecendo a uma nota que será atribuída a cada um dos participantes, em datas específicas divulgadas antecipadamente, onde os inscritos serão analisados em razão :
 
l Do Índice Técnico
 
DA LISTA DE ESPERA
 
Artigo 13º - A lista de espera obedecerá à ordem de inscrição.
 
§ 1º - Os jogadores da lista de espera poderão ser incluídos nas equipes que não estiverem como número máximo de jogadores, mas não há garantia da participação dos mesmos no
campeonato;
 
§ 2° - Os jogadores da lista de espera poderão substituir os atletas excluídos ou desistentes;
 
§ 3º - Os atletas que desistirem do campeonato, seja por contusão, desistência ou faltas
constantes, poderão ser substituídos, sendo vedado o retorno dos mesmos a participar do
campeonato;
 
§4º - Os atletas que se contundirem durante a disputa do Campeonato, poderão solicitar sua exclusão.
  
Artigo 14º - As substituições serão realizadas após a avaliação do Departamento de Esportes.
Parágrafo Único - O atleta que completar 03 (três) ausências nos jogos, no decorrer do
Campeonato, poderá ser substituído.
 
Artigo 15º - A substituição de atletas far-se-á até o último jogo da 1ª fase.
 
DO UNIFORME
 
Artigo 16º - O atleta receberá uniforme completo composto de: 01 calção, 01 camisa e 01 par de meias.
 
§ 1° - O atleta que desistir ou for excluído da equipe, por qualquer motivo, deverá devolver o
uniforme completo ou efetuar o pagamento de uma taxa no valor de R$ 125,00.
 
§ 2° - Caso o jogador perca o uniforme, deverá efetuar o pagamento de um novo conjunto,
seguindo os valores estipulados no parágrafo 1º supra.
 
Artigo 17º - Não deverá participar da partida o jogador que se apresentar com o uniforme incompleto (meia, calção, camiseta, tênis especifico de futebol de campo, society ou futsal e caneleira), salvo originado pela não entrega quando da inscrição no campeonato em razão de falta no estoque do Clube.
 
Artigo 18º - Fica proibido o empréstimo de uniforme da reserva do estoque do Clube aos atletas no dia da partida.
 
Artigo 19º - O calçado para uso durante os jogos será tênis de uso especifico para futebol de campo, Society ou Futsal.
 
Artigo 20º - Fica obrigatório o uso de caneleira, devendo ser providenciada pelo próprio participante.
 
Artigo 21º - No caso específico do goleiro, será permitido o uso de uniforme alternativo, batas ou camisas emprestadas pelo Clube, desde que aprovado pela arbitragem, não cabendo, nestes casos, qualquer recurso por parte da equipe adversária.
 
DO CONGRESSO TÉCNICO
 
Artigo 22º - O Congresso Técnico será realizado no dia 31/08 local Auditório itens a discutir:
 
l Objetivo do Campeonato;
l Apresentação da Comissão Organizadora;
l Entrega de Uniformes;
l Explicação das regras, regulamento e aspectos gerais do campeonato.
 
§ 1º - Os pais e os jogadores que não estiverem presentes no dia e horário estipulados para a realização do congresso técnico terão que acatar as decisões e resoluções estabelecidas, não cabendo o direito de recurso e protestos posteriores.
 
§ 2° - Os pais e os jogadores que não comparecerem ao Congresso Técnico deverá manifestar
o interesse de se informar sobre a pauta da reunião, não sendo aceito nenhuma reclamação ou protesto de desconhecimento do conteúdo discutido.
  
DO CAMPEONATO
 
Artigo 23º - Neste ano será realizado 01 (um) campeonato de Setembro a Novembro.
 
§ Em caso de diferença de 3 gols a equipe adversária poderá colocar (um) atleta a mais em campo, até o placar retornar aos (dois) gols de diferença. (Apenas categoria sub 08).
 
§ Na categoria sub 08 não haverá placar, nem premiações individuais.
 
DAS REGRAS
 
Artigo 24º - As regras serão as mesmas estipuladas pela Confederação Brasileira de Futebol de Campo (CBF) em vigor, excetuando-se as alterações aqui descritas.
 
DO TEMPO DE JOGO
 
Artigo 25º - Para cada categoria será obedecido o seguinte tempo de jogo, com o cronômetro corrido em todo jogo.
Cat. Sub 08 = 03 tempos de 12 minutos.
Cat. Sub 11 = 03 tempos de 12 minutos.
Cat. Sub 14 = 03 tempos de 12 minutos.
 
§ 1º - Haverá intervalo entre o 1º e 2º período apenas para as substituições se necessário; e intervalo de 03 minutos do 2° para o 3° período;
§ 2° - Não será necessária a troca do lado de jogo, do 1° para o 2° período; somente para o 3° período;
 
DA ESPECIFICAÇÃO DA BOLA POR CATEGORIA
 
Artigo 26º - Para cada categoria será obedecido à especificação de cada bola por categoria.
 
Categoria Tamanho da Bola
SUB 8 Nº 4
Sub 11 Nº 4
SUB 14 Nº 4
 
DO NÚMERO DE ATLETAS
 
Artigo 27º - Para o início da partida é obrigatório que a equipe se apresente com o número mínimo de jogadores, devidamente uniformizados:
 
FUTEBOL DE CAMPO - 06 (seis) jogadores;
 
§ 1° - Caso a equipe não se apresente com o número mínimo necessário para iniciar a partida,
será declarada perdedora por W.O.
 
§ 2° - Caso a equipe não tenha goleiro será possível utilizar atletas da categoria e de outra
equipe para complementar (Escolha técnica pelos professores).
 
 DO W.O.
 
Artigo 28º - Somente para a primeira partida de cada rodada haverá uma tolerância de 15 (quinze) minutos para seu início, sendo que as partidas posteriores serão realizadas imediatamente ao término das anteriores, de acordo com o horário estipulado na tabela de jogos.
 
Parágrafo Único - Após a tolerância, a equipe será declarada perdedora por W.O.
 
Artigo 29º - A equipe que for declarada perdedora por W.O. não ponto e o placar será considerado 3 x 0 para o adversário, sendo os gols anotados para o goleiro da equipe presente.
 
Artigo 30º - A competência para a efetivação do W.O. é do árbitro principal da partida.
 
Artigo 31º - Na ausência do árbitro, a partida não será realizada, não podendo configurar o W.O.
 
§ 1º - Somente será caracterizado W.O. quando uma ou ambas as equipes não se apresentarem, para o início da partida, com o número mínimo de jogadores.
 
§ 2º - Na hipótese de W.O. duplo, ambas as equipes sofrerão as consequências do artigo 30º
supra, à exceção da anotação dos gols.
 
DO ABANDONO
 
Artigo 32º - Os jogadores que se retirarem de campo no decorrer da partida, interrompendo-a definitivamente, seja qual for o motivo, poderá, a critério da comissão de futebol menores, ser eliminado do Campeonato.
 
§ 1° - Fica preservado o direito do(s) jogador(es) que não abandonar(em) a partida, o seu
interesse na permanência no restante do Campeonato, desde que relate(m) e assine(m) a
súmula, cabendo, aos ausentes, eventual manifestação.
 
§ 2º - O jogador que provocar a interrupção da partida, além da punição a que se refere artigo
específico, poderá ter sua inscrição para o próximo campeonato condicionada à “Lista de Espera”, independentemente de sua ordem de inscrição.
 
DOS CARTÕES
 
Artigo 33º - Os cartões não serão apresentados em hipótese alguma, em caso de lance perigoso ou atitude anti desportiva interpretada pela arbitragem o técnico será informado para a troca do atleta.
 
DA PONTUACÃO
 
Artigo 34º - Serão computadas as seguintes pontuações para as equipes, dentro da fase em disputa, como segue;
a) Vitória 3 pontos
b) Empate 2 ponto
c) Derrota 1 ponto
d) W.O. 0 ponto
e) *Ponto Extra +1 ponto
*A equipe que se apresentar com número igual ou maior que 7 (sete) atletas ganhará o ponto extra.
 
DOS CRITÉRIOS PARA DESEMPATE
 
Artigo 35º - Serão adotados os seguintes critérios para desempate, dentro da 1ª fase em disputa:
 
1º) Maior número de pontos extra;
2°) Maior número de vitórias;
3°) Melhor saldo de gols;
4°) Maior número de gols pró;
5°) Menor número de gols contra;
6°) Sorteio a ser realizado pela Comissão Organizadora.
 
DA ARBITRAGEM
Artigo 36º - A escala da arbitragem ficará a cargo da empresa contratada, não cabendo qualquer veto ou recurso da decisão da mesma.
 
FORMA DE DISPUTA
 
Categorias Sub 8 e Sub 11
 
Artigo 37º - O campeonato ocorrerá em 02 (duas) fases distintas, denominadas: Fase Classificatória, Fase
 
Final então, se consagrará o vencedor da competição.
 
Artigo 38º – Na Fase Final, os confrontos ocorrerão da seguinte forma:
 
Final Amarelo: 1º Colocado x 2º Colocado
 
Final Roxo: 3º Colocado x 4º Colocado
 
Final Branco: 5º Colocado x 6º Colocado
 
§ 1° - Persistindo o empate, haverá cobranças de penalidades máximas (Regra CBF).
 
Categorias Sub 14
 
Artigo 38º - O campeonato ocorrerá em 03 (Três) fases distintas, denominadas: Fase Classificatória, Fase SemiFinal e Fase Final então, se consagrará o vencedor da competição.
 
Artigo 39º Na Fase Classificatória, as equipes jogarão entre si, em turno único, classificando-se para a Fase SemiFinal todas as equipes.
Artigo 40º – Na Fase Semifinal, as 04 (quatro) equipes classificadas disputam, em jogo único, as vagas na Fase Final.
 
Semifinal 1: 1º Colocado x 4º Colocado
Semifinal 2: 2º Colocado x 3º Colocado
 
§ 1° - Nesta fase semifinal, serão classificadas para a fase final as duas equipes que obterem maior pontuação em seus respectivos confrontos;
§ 2° - Em caso de empate, será considerada vencedora a equipe melhor classificada na Fase
classificatória.
 
Artigo 41º – Na Fase Final, os confrontos ocorrerão da seguinte forma:
 
Final Amarelo: Perdedor Semifinal 1 x Perdedor Semifinal 2
 
Final Roxo: Vencedor Semifinal 1 x Vencedor Semifinal 2 
 
§ 1° - Persistindo o empate, haverá cobranças de penalidades máximas (Regra CBF).
 
DAS DISCRIMINACÕES DAS PENALIDADES (Apenas casos graves observados pela organização e relatados em súmula pela arbitragem).
 
Artigo 42º - Conduzir-se deslealmente durante a partida, retardando-se o andamento, interrompendo-a propositadamente e/ou reiteradamente. Pena - Suspensão de 1 a 2 jogos.
 
Artigo 43º - Conduzir-se com violência na disputa da partida, salientada a gravidade da falta na súmula pelo árbitro. Pena - Suspensão de 1 a 5 jogos ou eliminação do Campeonato.
 
Artigo 44º - Agredir ou tentar agredir o(s) árbitro(s) e ou mesário(s). Pena - Suspensão de 2 a 5 jogos ou eliminação do Campeonato.
 
Artigo 45º - Agredir ou tentar agredir o companheiro ou o adversário durante ou após a partida. Pena - Suspensão de 2 a 5 jogos ou eliminação do Campeonato.
 
Artigo 46º - Ofender moralmente os árbitros, as autoridades esportivas, diretivas do Clube, os companheiros ou os adversários. Pena - Suspensão de 1 a 3 jogos.
 
Artigo 47º - Abandonar o local da partida durante o seu transcurso, sem permissão do árbitro, exceto por motivo de acidente ou força maior. Pena - Suspensão de 1 a 3 jogos.
 
Artigo 48º - Agredir física ou moralmente uma pessoa vinculada às Comissões e Diretoria por fatos ligados ao Campeonato, em qualquer dependência do Clube. Pena - Suspensão de 2 a 5 jogos ou eliminação do Campeonato.
 
Artigo 49º - Atitudes consideradas antidesportivas poderão, a critério da comissão de Futebol Menores, serem encaminhadas à comissão de disciplina.
 
Artigo 50º - A aplicação das penas será balizada pelo histórico do atleta, bem como da sua efetiva participação no ocorrido, servindo como fator atenuante ou agravante.
 
DA APLICAÇÃO DAS PENALIDADES E DAS DEFESAS
 
Artigo 51º - Ficam sujeitos aos dispositivos deste regulamento todas as pessoas inscritas, colaboradores e demais participantes do Campeonato.
 
Artigo 52º - As penalidades a serem aplicadas são as seguintes:
a)- Desclassificação da partida;
b)- Advertência;
c)- Suspensão de 1 a 5 jogos;
d)- Eliminação do Campeonato;
Artigo 53º - Os casos de agressões, conflitos e outros de natureza grave deverão constar em súmula e serão encaminhados à Comissão de Futebol Menores para outras penalizações, de acordo com o Regulamento deste Campeonato.
 
Artigo 54º - Caberá à Comissão de futebol Menores aplicar as penalidades deste regulamento, não cabendo qualquer outro recurso.
 
Parágrafo Único - Além do regulamento, a comissão poderá valer-se do relatório do árbitro, do
delegado de partida, de testemunhas e do relatório da Comissão de Futebol Menores.
 
DA PREMIACÃO
 
Artigo 55º - Ficam instituídos os seguintes prêmios, nas respectivas categorias:
 
a)Medalhas para todos atletas;
b)Troféus para o artilheiro e defesa menos vazada (Exceto categoria sub 08);
 
§ 1 – Receberá a premiação de defesa menos vazada o goleiro da equipe, caso a equipe não
tenha goleiro, o técnico indicará um representante para receber a premiação.
 
§ 2 – Os troféus serão entregues para os patrocinadores das equipes, caso haja.
 
DAS MUDANÇAS E ADIAMENTOS DAS PARTIDAS
 
Artigo 56º - A tabela do campeonato deverá ser respeitada, obedecendo-se as datas e horários estabelecidos, cabendo apenas à Comissão Organizadora a sua alteração.
 
Artigo 57º - O Árbitro e os integrantes da Comissão Organizadora são os únicos autorizados a interromper ou suspender a partida, quando ocorrer:
 
a. Conflito entre Atletas, Coordenadores e/ou Técnicos das Equipes;
b. Falta de luz ou motivo de força maior;
c. Falta de Segurança, dentro ou fora de quadra.
 
Artigo 58º - Suspensa a partida em qualquer tempo de jogo, a partida terá continuidade, reiniciando-se com a mesma contagem do momento de sua interrupção e com a mesma súmula.
 
DAS DISPOSICÕES FINAIS
 
Artigo 59º - Após a apresentação deste regulamento, todos são conhecedores de suas responsabilidades, nas quais, em especial, os pais ou responsáveis dos atletas inscritos na competição, têm a ciência que disputam este campeonato por livre e espontânea vontade, isentando, de qualquer responsabilidade e acidentes que venham a sofrer o Ipê Clube, seu Presidente, o Vice, os Diretores e organizadores da competição. Assumem também as despesas médicas e hospitalares decorrentes de quaisquer acidentes que porventura venham a sofrer durante o evento.

Artigo 60º - Os casos omissos ou de interpretação duvidosa do regulamento, serão analisados, podendo ser revistos e reeditados pela Comissão Organizadora.
 
Artigo 61º - Qualquer dúvida sobre o teor deste regulamento deverá ser questionada por escrito à comissão de Futebol Menores até o término da terceira rodada da 1°. Fase.

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440