BOLA CHEIA 25/09

BOLA CHEIA para os jogadores brasileiros pré selecionados entre outros 48, e que estarão cincorrendo á Seleção da FIFA: São eles Daniel Alves, David Luiz, Marcelo, Thiago Silva, Casemiro, Phillipe Coutinho e Neymar. Tite está relacionado entre os 12 Treinadores finalistas.
 
BOLA CHEIA para o Grêmio que eliminando ao bom Botafogo chegou ás semifinais da Libetadores da América. Falem o que quiserem, ironizem como quiserem, mas Renato Gaucho revela-se uma surpresa altamente positiva como Treinador. Sarrista, gozador, mas mostra que entende do riscado e faz de sua equipe uma equipe altamente competitiva. Num time de futebol é quase que vital o fato de seu Treinador "falar e ouvir " a lingua dos boleiros", e não palestras e orientações cheias de táticas, esquemas, "xptos", "wqpts", e tantas outras invenções marqueteiras que nada resolvem.
 
BOLA CHEIA para o Santos 1x0 Atlético Paranaense em partida de grandes dificuldades, até sendo dominado na primeira etapa aceitando a proposta de jogo de seu adversário que tocava a bola com segurança. Melhorou o peixe na etapa final, passou a dividir mais a posse de bola, criou algumas chances de gol, mas sem que o Atlético não o incomodasse. Ao final, com o gol de Bruno Henrique conquistou a equipe praiana tres pontos importantes, na sua luta, ainda, de brigar por algo melhor na competição. Muito bom o trabalho de Ricardo Marques Ribeiro que, quando não se faz de vedete, quando faz seu trabalho com discrição e sem tentar aparecer demais é bom árbitro.
 
BOLA CHEIA para o Fortaleza que depois de oito anos volta á Segunnda Divisão Brasileira, a Série B. Equipe de forte torcida, quase centenária e que neste acesso á Série B foi dirigida pelo Treinador Antonio Carlos Zago. Outro que chega á Série B é nosso São Bento da cidade de Sorocaba. A eles nossos parabéns.      
 
BOLA CHEIA (de novo) pra Renato Gaucho e a pergunta que fez durante a semana: "Com todo respeito, o que aquele árbitro fica fazendo atrás do gol?"  Diriamos a ele, que o que ele fica fazendo não é o que deveria fazer, mas o que ele deveria fazer todos sabem mas ninguém os cobra. Para quem conhece muitos árbitros, diríamos ainda que ele "não põe a mão na cumbuca" e deixa seu companheiro central com o "pepino na mão" (que aliás lhe pertence). E quem está com o "pepino na mão" espera a ação do "companheiro" adicional que não ajuda (pois o "pepino" não é seu) e a dizer que na duvida, e sem a ajuda, preferiu deixar seguir... Ou seja: Um espera o outro e o outro espera o um. Vocês já perceberam que nos lances de área penal aumentou incrivelmente a quantidade de polêmicas e erros depois da implantação do "Árbitro Adicional"?
Um espera o outro... o outro espera... o um.
Simples assim... Renato Gaucho.
 
BOLA CHEIA para o publico presente ao Morumbi no São Paulo x Corinthians. Foram exatos 61.142 torcedores que constituiram o maior público do futebol brasileiro em 2017. Em se tratando de torcida única, nossos parabéns á coletividade tricolor.
 
BOLA CHEIA para o Palmeiras que no Rio de Janeiro venceu ao Fluminense pela contagem mínima e mantém suas esperanças de algo melhor neste Brasileirão. Foi imensamente superior na primeira etapa, pouco ou quase nada permitiu ao adversário que inoperante mostrou as razões deste momento ruim. Na segunda etapa melhorou o  Tricolor, mas nada que o fizesse jogar mais que o Verdão, e este de maneira inteligente foi administrando o r esultado até o final, tendo inclusive mais chances para "matar" o jogo. Não gostamos de Anderson Daronco na primeira etapa, e isto pela permissividade aos defensores locais que abusavam das faltas, leves, mas parando sempre o jogo e não tendo uma presença física para inibir tais situações. Deixou ainda de marcar penalidade máxima, clara, sobre Dudu e "na cara" de mais um "poste" que se omitiu. Melhor na segunda etapa e sem que o Flu seguisse com as faltas constantes teve seu trabalho facilitado.
 
ABRA OS SEUS BRAÇOS PARA AS MUDANÇAS, MAS NÃO ABRA MÃO DE SEUS VALORES....

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440