BOLA CHEIA 30/10

BOLA CHEIA para o Grêmio que, com Luan inspirado, acertou uma partida perfeita contra o Barcelona em Guayaquil e fazendo um 3x0 que lhe dá absoluta tranquilidade na segunda partida em Porto Alegre, para chegar á finalissima da Libertadores da América. Importante também o verdadeiro milagre feito pelo goleiro Marcelo Grohe quando a partida ainda estava indefinida. Se nenhum desastre acontecer teremos o Grêmio fazendo, novamente, uma final.
 
 
BOLA CHEIA para os "novos" Campeões Mundiais, vencedores do antigo Mundial de Clubes disputado entre 1960 e 2004, e somente agora reconhecidos pela FIFA e que faz o futebol brasileiro ser o país com maior numero de campeões. Santos em 1962 e 1963, Flamengo em 1981, Grêmio em 1983 e São Paulo em 1992 e 1993 são os "novos" Campeões. Desta forma, entre os brasileiros, o São Paulo passa a ser o maior Campeão Mundial com três conquistas.
 
 
BOLA CHEIA para o São Paulo 2x1 Santos, conseguindo finalmente o tricolor vencer duas partidas seguidas, aiviar-se com relação ao rebaixamento, e tudo isto jogando um belo futebol, envolvendo e não dando a minima chance ao peixe. Uma primeira etapa de alta qualidade, fez 2x0 e poderia ter  feito mais, envolvendo completamente o adversário que tinha, para ajudar, incriveis falhas defensivas de marcação. E nisto tudo o incrivel péssimo futebol de Lucas Lima, distante e desinteressado, errando passes em sequencia e mostrando até em sua fisionomia. que está jogando por obrigação e não por prazer. Segunda etapa pouco mais de equilibrio mas mesmo assim com o tricolor novamente superior. Anderson Daronco não teve grandes problemas na partida, errou na não marcação de algumas faltas, não houveram penalidades máximas reclamadas pelos santistas, mas poderia ter marcado uma em Marcos Guilherme. E com certeza teremos mais uma semana conturbada com as uniformizadas lá pelos lados da Vila Belmiro, e além da dispensa de Levir Culpi...
 
 
BOLA CHEIA para o goleiro Paulo Vitor, do Grêmio, que fez alguns "milagres" frente ao Avai, garantindo o empate dos gaúchos; para o goleiro Wilson, do Coritiba, que além de defesas outras, defendeu duas penalidades máximas cobradas por Diego Souza, do Sport; Aranha responsavel pela vitória da Ponte Preta sobre o Corinthians;  Marcos do Atlético Goianiense que fez também alguns "milagres" além de defender uma penalidade máxima
 
 
"SEJA SÁBIO POR PROCURAR SABER MAIS, E NÃO POR DEMONSTRAR QUE SABE"

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440