BOLA CHEIA 06/11

BOLA CHEIA para o Santos 3x1 Atlético Mineiro, na  Vila Belmiro, e com a equipe praiana mostrando que também está nos calcanhares de Corinthians e Palmeiras. Aliás, no sábado dormiu na vice liderança aguardando o que aconteceia m Corinthians x Palmeiras no domingo. Jogo bom, bem disputado, predominancia santista e como Atlético com alguns "repentes" durante os noventa minutos. Mar ou seu primeiro gol no minuto final do primeiro tempo, levou o empate no segundo, mas depois sacramentou a vitória com nmais dois gols, construindo assim uma justa vitória. Bom trabalho de Wilton Pereira Sampaio (melhorou muito este árbitro) sem polêmicas, bem tecnica, fisica e discplinarmente.
 
 
BOLA CHEIA para o São Paulo que, depois de alguns conseguiu vencer três partidas consecutivos em Campeonatos brasileiros. São Pauloo 1 x 0 Atlético Goianiense refetiu quem melhor se houve na partida, especialmente na primeira etapa onde conseguiu seu gol através (novamente) de Hernanes. E agora, traquilamente o fantasma do descenso abandonou o Morumbi e agora o tricolor poderá até alçar vôos maiores no nível internacional. Por sua vez o Atlético Goianiense, e com toda certeza, dificilmente irá escapar da degola e deverá etar na Série B em 2018. Braulio da Silva Machado se houve bem na arbitragem não teve problemas disciplinares, nenhuma polêmica tecnica, e resumindo-se teve um bom trabalho.
 
 
BOLA CHEIA para o Corinthians 3x2 Palmeiras, com o Timão aproximando-se ainda mais do titulo brasileiro depois de resultados adversos e desconfiança de seus torcedores. Um primeiro tempo espetacular, as duas equipes jogando um futebol bonito, atletas se respeitando, e muitas oportunidades de gol. Quatro gols marcados nesta etapa, o que nos dava a impressão de um segundo tempo ainda melhor e muitos gols, mas nada disso aconteceu e o que se viu foi um jogo nervoso, indisciplinado, catimbado ao extremo, erros de arbitragem, e muita pressão palmeirense em busca do empate que acabou não acontecendo. Mas de qualquer forma foi um verdadeiro "Derby" com todas as variantes que este classico oferece e que levou 46.000 pessoas ao estádio. Anderson Daronco esteve muito bem na primeira etapa, deu azar no erro de seu assistente Elio Nepomuceno que não marcou impedimento de Romero no primeiro gol corinthiano, marcado penalidade maxima para o Timão, mas com auxilio de seu Adicional, Eleno Todeschini. E não foi somente o jogo que mudou na etapa final pois S.Sa. também não se apresentou bem, ferindo inclusive a regra de jogo quando não expulsou Gabriel, que já estava amarelado, e  adentrou o campo de jogo sem autorização da arbitragem.  Afinou e foi fraco neste momento comprometendo todo seu trabalho. Entretanto "não afinou" no final da partida quando expulsou Deyverson.
 
 
 
"O BAMBU QUE SE CURVA É MAIS RESISTENTE QUE O CARVALHO QUE RESISTE"

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440