bola murcha 29/01/2018

 bola murcha
 
e a bola murcha da rodada anterior, pelos detalhes envolvidos, vai para o São Caetano que abriu mão de seu mando e foi jogar no Pacaembu contra o Corinthians. Dançou... 8.030 pagantes proporcionaram R$ 238.230,00, e as despesas R$ 264.907,82 gerando um prejuizo (além da sapatada de 4x0) de R$ 26.677,82. Bem feito, pois mando não se entrega ao adversário e muda resultados de competição.
 
quase uma irresponsabilidade foi a ação de Thiago Scarascati ao dar continuidade na partida entre São Paulo x Internacional pela Copinha. Um verdadeiro absurdo "tocar" o jogo com raios caindo, estado do gramado nas piores condições possiveis. bola murcha para ele e graças a Deus "algum iluminado" mandou parar tudo, e graças a Deus não termos tido uma tragédia. Alguém teve bom senso, pois o que se via era um árbitro "perdidinho" sem saber o que fazer.
 
bola murcha pra o Santos 0x1 Bragantino com o Peixe voltando a decepcionar  na Vila Belmiro. Não atuou tão mal, mas parou no sistema defensivo armado pelo Massa Bruta e foi prejudicado por erro do competente Bruno Salgado Rizzo, e penalidade maxima não marcada sobre Rodrigão. Salim Fende Chaves foi o arbitro. Está prestigiado fora de campo, mas lá dentro a nós não tem agradado. Até sabe arbitrar, mas seus critérios são extremamente confusos com relação á disciplina, e, repetimos o que aqui ja escrevemos: necessita maior orientação com relação á técnicas de arbitragem. Nada contra esse rapaz, torcemos pra seu sucesso, mas algo necessita ser feito.
 
salvo engano de nossa parte, nem FPF e nem SAFESP dedicaram sequer uma linha com relação ao falecimento de Ricardo Luis de Camargo. Triste, lamentavel e uma bola murcha sem tamanho...
 
bola murcha para os caminhos que estão levando ás eleições do Corinthians: Impugnações de candidaturas, "compra" de votos, "donos" de jogadores candidatos, Comissão Eleitoral "pendendo" para candidato, estatuto sendo desrespeitado, etc. etc. Aguardem aí que, vença quem vencer, (e se a eleição/votação chegar ao fim) vamos ter muita confusão. O Corinthians não merece isso, e como dizem os candidatos ser Presidente é um "grande sacrificio". São cinco candidatos querendo se..."sacrificar" pelo clube.
 
com um gol os 45 minutos da etapa final o Santos minimizou um pouco sua má apresentação contra o bom Ituano, e novamente com gol do menino Rodrygo somente conseguiu o empate por um gol. Muito melhor o Ituano em toda a primeira etapa, não abriu vantagem maior graças aos milagres do goleiro Vanderlei. Melhorou um pouco o Peixe no inicio da etapa final mas não "segurou" essa postura voltando na sequencia a se apresentar mal e merecer nossa bola murcha. Arbitrou Vinicius Furlan, que tinha um trabalho de regularidade, mas acabou cometendo um erro determinante: Não marcou penalidade máxima para o Ituano o que, em tese, poderia alterar o resultado final.
 
 
"QUEM PENSA POUCO...ERRA MUITO"

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440