BOLA CHEIA - 05/02/2018

BOLA CHEIA
 
Aqui a BOLA CHEIA é muito mais pela classificação á fase seguinte da Copa do Brasil que pelo resultado numérico alcançado e futebol jogado. Madureira 0x1 São Paulo mostraram o Tricolor melhor que o fraco adversário, mas que mesmo assim assustou, mas ainda muito longe de ser uma equipe para ser respeitada. Dominou a primeira etapa, mas voltou para a segunda com fraco futebol apesar de perder gols, aliás como o adversário que também teve uma ou outra oportunidade para marcar.  Ao final o Tricolor foi vaiado pelos torcedores. Rafael Traci esteve bem tecnica e disciplinarmente, um único lance de duvida quando se reclamou penalidade maxima para o São Paulo por "mão na bola", mas que ficamos com sua decisão de não marcar. Preferimos entender que a distancia entre os jogadores e a velocidade da bola não permitiam ao defensor agir deliberadamente. Foi mais um lance que oientações absurdas desvirtuaram as marcações e/ou não marcações quando se trata de mão.
 
e no final de semana, já pelo Paulistão, pouca coisa mudou apesar de mais uma vitoria e esta por 2x0 sobre o Botafogo. Um primeiro tempo deficiente do São Paulo que apesar de ter mais a bola consigo viu o Pantera chutar duas bolas contra as traves e ainda perder outra oportunidade de gol. Melhorou pouco na segunda etapa, Botafogo novamente perdeu gols, mas uma penalidade máxima "matou" o jogo na segunda etapa. Vitória merecida com gols legitimos e nenhuma interferencia da arbitragem, mas de futebol muito longe do ideal para uma equipe grande. Raphael Claus esteve muito bem na partida e sem a minima contestação. E a ele somente uma observação: Hoje você é um diferenciado, portanto observe melhor os arremessos laterais.
 
com um inicio e um reinicio de jogo espremendo o Santos em seu campo, com gols aos 2 e aos 4 minutos, um em cada etapa, mas uma vez o Palmeiras mostrou sua força e segue invicto no Paulistão. Foram 15 minutos iniciais quase perfeitos marcando um gol e acertando uma bola na trave de Vladimir, arrefecendo depois e permitindo ao adversário estar mais com a posse de bola. No reinicio o mesmo "script" e segundo gol marcado. Dai para frente mais administrou, sofreu um gol (com irregularidade) mas não teve em momento algum sua quinta vitoria consecutiva ameaçada. Flavio Rodrigus de Souza (elogiado por Arnaldo) não foi nenhum desastre, conduziu razoavelmente bem, mas voltou a querer ser "a figura do jogo" deixando de marcar faltas claras, errando ( e aí por erro de visão) no gol santista quando no lance imediatamente anterior a bola saiu pela linha de fundo e para Tiro de Canto. Segurou bem a disciplina com o uso dos Cartões Amarelos, conversou demais explicando ações, porém não interferiu no vencedor, e somente no resultado final.
 
numa partida que se afigurava dificil pra o Timão, na pratica acabou sendo partida tranquila, poucas dificuldades, e vitoria merecida sobre o Novorizontino pela contagem mínima. Um bom jogo na primeira etapa, tanto Corinthians como Novorizontino jogaram boa partida, mas uma etapa final mais "arrastada" e de quase nenhuma emoção. Vinicius Gonçalves Dias Araujo teve bom desempenho, já é um dos árbitros de ponta na competição. Pequenos erros, nada de determinante, boa colocação e movimentação, enfim uma boa arbitragem.
 
 
SABE... MEIA VERDADE É UMA MENTIRA INTEIRA.

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro

9390050

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua Luís Mariani, 46, Sala 8 Centro
Mauá,SP   9390050
Work:11 3392-5440