bola murcha - 23/04/2018

bola murcha
 
Acredite quem quiser mas o presidente do Corinthians Andrés Sanches, em entrevista, teve a desfaçatez de numa resposta dizer: "SOU CORINTIANO. ME TRANSFORMEI PRESIDENTE DO CORINTHIANS E NO FUTEBOL SE NÃO ROUBAR NÃO GANHA NADA". e o pior é que ninguém, nenhum órgão, nenhuma entidade constituida, enfim, ninguém responsável o cobra. Que belo exemplo dá o "nobre deputado" aos mais jovens.  bola murcha para mais esta irresponsabilidade...
 
E o São Paulo continua sua "via crucis" sem nada ganhar, e faz tempo. Será que é por força da declaração acima? Desta feita até que fez um bom jogo, teve a infelicidade de enfrentar uma equipe com o futebol moderno implantado por Fernando Diniz, mas não se pode justificar que, ganhando por 2x0 deixasse o adversário chegar ao empate e o desclassificar na Copa do Brasil. Não faltou luta, a equipe se entregou á partida, teve chance de fazer o terceiro gol, mas quando a fase é ruim nada dá certo. bola murcha para o Tricolor que fatalmente voltará a receber críticas de seus torcedores, exigindo mudanças novamente. E para quem não sabe, já são 18 eliminações a partir de 2013 e em diferentes competições. Gostamos da arbitragem de Wagner Nascimento Magalhães que, técnica e disciplinarmente teve o jogo sempre em suas mãos.
 
E a "sapatada" tomada pelo Vasco da Gama na Libertadores? RACING 4X0 VASCO o deixa como lanterna de seu grupo e entendemos eliminado. Somente um milagre o salvará... E nesta derrota até milagre teve, pois Martin Silva defendeu duas penalidades máximas durante a partida, senão...
 
Nem mesmo as defesas de Vanderlei foram o suficientes para o Santos evitar sua primeira derrota no Brasileirão. Jogando na Bahia uma partida equilibrada e que na verdade não  merecia perder, acabou sendo surpreendido quando o empate parecia definitivo, ao levar o gol aos exatos "49 minutos" e sem nenhuma chance de recuperação. Teve chances durante o jogo para marcar, mas um certo preciosismo de seus atacantes (Rodrygo e Gabriel) no momento das conclusões acbou estragando jgadas em que o gol parecia eminente. Mais um bom trabalho de Claudio Francisco Lima e Silva que quando surgiu na Série A não nos fazia crer que poderia dar certo no apito. Esteve bem tecnica e disciplinarmente, teve o jogo ás suas mãos e está de parabens.
 
 
"NA DUVIDA ESCOLHA O SILÊNCIO. ELE INCOMODA, CHATEIA, IRRITA, NÃO GASTA SUAS ENERGIAS E AINDA PRESERVA SUA IMAGEM..."

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440