bola murcha - 28/05/2018

bola murcha
 
É evidente que estaremos torcendo por nossa seleção, mas a mudança de comportamento de Tite é preocupante. Dono da verdade? Sabe de tudo? A entrevista (de novo na Globo e se contradizendo com relação a entrevistas anteriores qundo dizia não dar prioridades e somente falar em coletivas) dada falando de "Burrão não joga", "Cabeçudo não joga", é de uma prepotência sem limites. É o "novo dono da verdade"? Se ganhar a Copa vira Rei, mas se não ganhar vai ter dificuldades.  Só para apimentar: Os jogadores não convocados são todos "burros" ou... "cabeçudos"? Poderia ter se expressado, pelo menos, usando outras palavras.
 
bola murcha para Marcelinho Paraiba que, devedor de pensão alimenticia e com prisão decretada, simplesmente "sumiu do mapa" e ninguém sabe seu paradeiro. Atualmente  com 43 anos esta jogando no Treze-PB.
 
bola muito murcha para a CBF (COMISSÃO TÉCNICA) que "esqueceu" de tomar providencias com relação aos jogadores convocados e na lista dos trinta e cinco. Dudu, do Palmeiras é um deles e ficou fora do jogo contra o América na Copa o Brasil. O clube somente foi informado ás 18 HORAS pela CBF, ou seja TRES HORAS antes do inicio da partida.  E se perde o jogo e a classificação? Confederações outras pediram autorização á FIFA para que esses convocados jogassem, mas a nossa CBF "deve ter esquecido"...
 
E mesmo sendo o primeiro colocado de seu grupo foi o Santos vaiado por seus torcedores no empate sem gols contra o Real Garcilaso pela Libertadores. Novamente um mau futebol e contra um adversário cheio de limitações, nos levam ao entendimento de que para tentar ago maior na competição terá que melhorar muito seu futebol. E novamente questiona-se o Treinador Jair Ventura...
 
Na estreia de Osmar Loss substituindo Fabio Carille não foi feliz o Corinthians que, mesmo jogando bom futebol, pressionando noventa minutos o adversário mas errando nas conclusões, acabou derrotado pelo Milionarios pela contagem mínima. Perdeu gols, viu o goleiro adversário fazer grandes defesas, mas acabou amargando a derrota. Mesmo assim termina a fase classificatoria da Libertadores na liderança de seu grupo o que he concede algumas vantagens. Diego Haro, do Peru foi muito bem tecnicamente mas deixou muito a desejar na disciplina onde, para atletas colombianos ficou devendo cartões amarelos. Juntamente com o Assistente Victor Raez anulou bem a gol do Milionarios e a gol do Corinthians (lance dificilimo). Para nós não existiu penalidade máxima reclamada pelos colombianos em lance de Balbuena.
 
bola murchapara a absurda irregularidade do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Quando muito dele se espera, mais o torcedor fica decepcionado. Desta vez foi o Sport que veio ao Allianz e merecidamente enfiou 3x2 no, mais uma vez, verdinho. Dificil entender o que acontece e ja começamos também a imaginar falta de treinador. Belas entrevistas, solução para tudo nas palavras, mas uma teimosia que salta aos olhos. Lucas Lima, Guerra, Deiverson, pelo menos estes não jogam e estão sempre "no time". E nesta partida a infelicidade daquele que sempre salvou a equipe estar numa noite ruim. Jailson levou tres gols que ate agora nunca o vimos tomar pelas falhas que cometeu em cada um deles. Dewson Fernando Freitas não interferiu em lances capitais (marcou bem penalidade maxima para o Palmeiras) mas o entendemos com critérios não unifotmes nas marcações ou não marcações de faltas.Nos Cartões Amarelos errou num aplicado a Marcos Rocha e foi bem nos demais aplicados. Seu Assistente Helcio Araujo Neves, por varias razões, mostrou que não está preparado para estar numa primeira divisão nacional.
 
E mais uma vez o Santos não consegue vencer no Brasileirão, o que, certamente, deixará a situação de Jair Ventura praticamente insustentável. Agora foi a vez do Cruzeiro "tirar uma casquinha" do Peixe vencendo-o pela contagem mínima. Venceu com merito. mas pelo que foi a partida um empate "caberia melhor" pelo equilibrio do jogo. Partida jogada basicamente de intermediaria a intermediaria, poucas chances de gol, muitos erros de passes, e bem arbitrada por Paulo Roberto Alves Junior, do Paraná, que esta tendo oportunidades e até aqui não tem decepcionado. Bom condicionamento fisico, coloca-se e movimenta-se bem, teve minimos erros e merece novas oportunidades.
 
Duas partidas sem Carille e duas derrotas é a realidade do momento vivida pelo Corinthians que após estar vencendo ao Internacional, por 1x0, levou "a virada" perdendo por 2x1, e com o gol da vitoria gaúcha marcado após uma infelicidade do jovem Mantuan.
 
 
" QUEM PENSA POUCO ERRA MUITO"

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440