BOLA CHEIA - 26/11/2018

BOLA CHEIA
 
BOLA CHEIA para o Palmeiras que mesmo jogando novamente um primeiro tempo irregular, apesar de dominar e não ser ameaçado, voltou "pilhado" na segunda etapa e liquidou o América fazendo 4x0 e, agora sim, colocando as duas mãos na taça. O futebol de alta qualidade de Dudu e a entrada da "pilha", ops, de Deyverson no lugar de Borja "mataram o jogo".  Acabou sendo um jogo tranquilo pelo resultado final, mas seu torcedor esteve "com a pulga atrás da orelha" por boa parte da primeira etapa, e depois até com "gol fake" do Grêmio vibrou. Paulo Roberto Alves Junior (mais um do Paraná...) mostrou novamente ainda não ser árbitro preparado, pode até evoluir, mas tem de aprender muita coisa ainda. Paulão, no banco, recusou-se a mostrar o numero de sua camisa quando recebeu Cartão Amarelo e seu xará afinou não dando o Cartão Vermelho. Carlinhos, já "amarelado" cometeu falta dura para novo amarelo e ele "fez de conta" que não viu seguindo o jogo. Duas situações de falta de personalidade. Tecnicamente perdeu vantagens e seu "mérito" maior, mal colocado, foi fazer tabela com William no primeiro gol do Palmeiras. No cartola marcaria pontos pela "assistência". Mas teve acerto também na anulação do gol de Deyverson com o jogo ainda 0x0 por estar impedido, e...atendendo assinalação do assistente Luciano Roggenbaum.
 
BOLA CHEIA e boa sorte ao Cuca, Treinador do Santos, pelo momento que vive em relação á sua saude. Tenha fé e tudo dará certo. Aqui comentavamos que o sentiamos triste durante os jogos, e faziamos alusão aos desentendimentos com a Presidencia, mas não era esse seu problema. Força, cara...
 
BOLA CHEIA para Fortaleza, CSA, Avai e Goiás novos integrantes da Serie A do Brasileirão. Infelizmente a Macaca Campineira, Ponte Preta, não conseguiu a necessária vitória na ultima rodada da competição. 0x0 contra o Avai não foi suficiente e para quem viu o jogo foi, inacreditável, o gol perdido por Victor Rangel aos "50" minutos da etapa final. Era a bola do acesso...
 
BOLA CHEIA na ultima rodada do Brasileiro para as equipes catarinenses. O Avaí volta á Primeira Divisão e o Criciuma evita o rebaixamento vencendo ao Sampaio Corrêa.
 
BOLA CHEIA para o Santos que ao vencer o Atlético Mineiro garantiu, pelo menos, uma vaga na Sulamericana.Jogo agradavel, muitas chances de gol, com o Santos podendo ate ter maior resultado numérico. Estranho somente a participação do goleiro Vanderelei que nas ultimas partidas não tem sido o mesmo goleiro de antes. O jogo marcou a despedida de Renato, antes de craque, um homem e aqui o cumprimentamos. Arbitragem de Leandro Pedro Vuaden de nivel apenas regular, sem maiores problemas técnicos, mas não gostamos disciplinarmente. Expulsou bem a Carlos Sanchez, mas bem depois de ficar devendo Cartão Vermelho para Alison, do Santos.
 
BOLA CHEIA para o CSA, unico clube a ter três acessos seguidos no futebol brasileiro. Da Serie D para a Serie C omo Vice Campeão em 2016, da Série C para a Série B como Campeão em 2017 e agora da Série B para a Série A. Campanhas meritórias e que mostram o acerto do trabalho de um Clube que estava na Segunda Divisão Alagoana em 2010.
 
BOLA CHEIA para o agora Decacampeão Brasileiro, com campanha irrepreensível, vinte e duas partidas de invencibilidade, poucos sustos tomados, com Felipão renovado e movimentando todo o grupo de jogadores, tomando conta do vestiário, acabando com vaidades, respeitando e sendo respeitado. Parabéns Palmeiras, com primeiro tempo cuidadoso, não se expondo, e tentando controlar a partida. Na verdade não conseguiu pois o  Vasco jogava sua vida na partida e pressionava mais. Mas como quase sempre aconteceu, o Verdão veio "pilhado" na segunda etapa e pressionou a equipe carioca até que vem para o jogo o "talismã", o iluminado "menino maluquinho" Deyverson, e novamente faz o gol que valeria o titulo de Campeão Brasileiro de 2018. Palmeiras 1x0 Vasco da Gama foi resultado justo e com o Vasco da Gama e seus torcedores aceitando e não criando problemas de disciplina no estádio. Parabéns ao Palmeiras pela conquista e que a calmaria diretiva volte a reinar para novas conquistas. Arbitrou Rafael Traci e não se complicou. Foi bem tecnicamente mas afoito no campo disciplinar, usando alguns cartões que seriam desnecessarios.
 
 
"SOU RESPONSAVEL PELO QUE FALO, NÃO PELO QUE VOCÊ ENTENDE..."
 

Fale Conosco

Segunda a Sexta - 09:00 as 18:00
Sáb. e Dom. - 07:30 as 13:30
11 3392-5440
aagsp@aagsp.com.br
Obrigado por sua visita
Volte Sempre
  

Associação de Árbitros da Grande São Paulo

Rua do Bosque, 1904

01136001

11 3392-5440

photo AAGSP - Associação de Árbitros da Grande SP
Work:
Rua do Bosque, 1904
Mauá,SP   01136001
Work:11 3392-5440